São João da Bahia

São João no Pelourinho traz programação tranquila e diversificada para toda a família

Para a frequentadora, Verena Bach, o grande destaque do São João do Pelourinho vai para a qualidade da festa e de forma gratuita.

22/06/2024 às 14h56, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

Pelourinho São João da Bahia
Foto: Jefferson Machado

As grandes atrações do primeiro dia do São João do Pelourinho, como Virgílio, Gerônimo e a banda Catuaba com Amendoim, com certeza marcaram o público. Mas não é apenas isso que faz sucesso por lá: para moradores e turistas, o Pelourinho continua sendo a melhor opção para quem quer curtir o São João raiz com muita segurança, grande estrutura, longe dos engarrafamentos das estradas e, ainda assim, com muita tradição.

📲 NOTÍCIAS: siga o canal do Acorda Cidade no WhatsApp

Quem disse que só quem pega o “caminho da roça” pode curtir o São João de verdade?! Para o comerciante Áquila Santos, apesar do grande valor dos festejos juninos do interior, aqui em Salvador tem o “afago”, o clima gostoso da capital. “É possível sim trazer a tradição, o arrasta-pé, a harmonia, onde até as crianças podem se divertir. Com certeza tem um pouquinho da roça”, comentou.

Pelourinho São João da Bahia
Foto: Jefferson Machado

Para a frequentadora do Centro Histórico, Verena Bach, o grande destaque do São João do Pelourinho vai para a qualidade da festa e de forma gratuita, para o povo. “Pelourinho é para todos os bolsos. Isso é maravilhoso. Ter acesso a uma festa linda, com segurança, transporte 24 horas…aqui é só alegria”, completou.

No quesito segurança, os portais e todas as estratégias para uma festa de paz são coordenados pelo Centro Integrado de Comando e Controle, que reúne mais de 16 órgãos para garantir a tranquilidade do público. Baianos e visitantes também contam com o monitoramento do Corpo de Bombeiros e postos de primeiros socorros montados no circuito do Pelourinho.

Pelourinho São João da Bahia
Foto: Jefferson Machado

Para o casal de turistas, Marcos e Eliane Coimbra, de Joinville (SC), encontrar uma festa tão linda e organizada com certeza foi uma das grandes surpresas desta viagem de segunda lua de mel. “Isso aqui é maravilhoso. Organização fantástica, tem muito policiamento na rua. A gente como turista se sente muito seguro”, disse ela. Já para Marcos, o que contou para a escolha do destino, sem dúvida, foi poder vivenciar uma experiência cultural. “O amor que o povo tem pela Bahia, não só o povo nativo daqui, mas quem ama a cultura. Assim, conseguimos manter a tradição e passar adiante. As pessoas que estão nos visitando e que podem agregar e levar um pedacinho daqui, como eu estou levando com a minha esposa. Parabéns ao povo baiano!”.

No palco principal, a banda de forró estilizado e com mais de 20 anos de estrada, Catuaba com Amendoim, mostrou que nem só de pé de serra se vive um São João. O público pode conferir os grandes sucessos da banda, como a famosa música ‘Saga de um Vaqueiro’ cantada em coro pela multidão que lotou o Largo do Pelourinho, na sexta-feira (21).

Além de uma programação diversificada, que enaltece os artistas locais, o São João da Bahia mistura ritmos e traz o que é sucesso no Brasil. “A gente vem de Fortaleza (CE) para somar, juntamente com outras grandes atrações. Isso, com certeza, engrandece o evento e pra gente é uma honra fazer parte dessa festa”, afirma o vocalista da banda Eudinho.

Em seguida, com sua famosa mistura de ritmos latinos, o cantor Jorge Zarath subiu ao palco com uma promessa: fazer o povo dançar! Para ele, essa pluralidade de bandas enriquece o evento, sem perder a tradição junina. “No São João eu faço questão de montar um repertório que contemple grandes nomes, como Luís Gonzaga, Dominguinhos, Falamansa, Stakazero, a minha ideia é fazer com que todos participem e essa grande mistura nos permite isso”, afirmou o artista.

Pelourinho São João da Bahia
Foto: Jefferson Machado

Há quem goste da tradição, mas no que depender da aposentada Ângela Oliveira, a festa junina pode seguir assim: diversificada, alegre e para todos os gostos. “Eu amo o São João daqui, porque a cada esquina tem uma banda diferente, ritmos, pessoas diferentes e gostos também. Isso é riqueza, besta é quem não sabe curtir”, brincou ela.

Para encerrar a noite desta sexta-feira (21), o cantor e compositor Gerônimo fez um show pra ficar marcado. Baianos e turistas se deliciaram com os sucessos do artista e a mistura de ritmos do samba, axé, ijexá, reggae, dentre outros. Nem a chuvinha que caiu no final da apresentação foi capaz de fazer o público arredar pé. O cantor não só colocou todo mundo pra dançar, como fez o Largo virar um verdadeiro palco de quadrilhas juninas.

Pelourinho São João da Bahia
Foto: Jefferson Machado

Com mais de 50 anos de carreira, o artista ainda enalteceu o trabalho de segurança montado para os festejos juninos no Centro Histórico, o que, para ele, é de extrema importância para que baianos e visitantes possam se sentir seguros e contribuírem para uma festa linda e de muita paz.

Além do palco principal no Largo do Pelourinho, a festa, que traz como tema “O melhor do mundo é o nosso”, conta com outros equipamentos com uma programação bem diversificada, como os palcos da Praça Tereza Batista, Largo Pedro Arcanjo, Largo Quincas Berro D’água e a tradicional Sala de Reboco. A festa foi oficialmente aberta na sexta e segue com essa programação diversa até o dia 24 de junho. A programação do São João da Bahia é promovida pelo Governo do Estado.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade