Painéis fotovoltáicos

Governo do Estado atrai indústria que pode gerar mais 4 mil empregos na Bahia

Projeto inovador visa atender 25% do mercado nacional nos primeiros 5 anos de operação e promete gerar 3 mil empregos diretos e 4 mil indiretos.

08/07/2024 às 22h25, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

indústria de Painéis Fotovoltáicos vai gerar 3 mil empregos diretos e 4 mil indiretos
Foto: Fernando Vivas/GOV-BA

O Governo do Estado deu um passo concreto para consolidar a atração de investimento de dois bilhões de dólares para a instalação da primeira fábrica de painéis fotovoltaicos da América Latina, que será em Camaçari. Durante audiência realizada nesta segunda-feira (8), em Salvador, o governador Jerônimo Rodrigues assinou um protocolo de intenções com a empresa alemã Si&Mex Solutions.

📲 NOTÍCIAS: siga o canal do Acorda Cidade no WhatsApp

O projeto inovador visa atender 25% do mercado nacional nos primeiros cinco anos de operação e promete gerar 3 mil empregos diretos e 4 mil indiretos, consolidando a Bahia como um polo industrial de relevância internacional no setor de energia renovável. “É mais emprego, renda e desenvolvimento sustentável para a nossa Bahia”, comentou o governador, em suas redes sociais, sobre a novidade.

A CBPM (Companhia Baiana de Pesquisa Mineral) terá uma participação de 5% no empreendimento, que será implementado na Bahia. A parceria inclui o fornecimento anual de 2 mil toneladas de quartzo e até 500 toneladas de sílica de alta pureza para os processos industriais da fábrica.

Reforçando a importância da transversalidade de governo para promover o desenvolvimento socioeconômico, o projeto está sendo construído também em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur), a Secretaria de Ciência e Tecnologia (SECTI) e a Bahiainveste, além das secretarias da Fazenda (Sefaz) e do Desenvolvimento Econômico (SDE).

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. É muito bom e importante a captação de indústrias para o nosso estado, mas infelizmente por conta de logística e boa vontade política, Feira de Santana, a 1ª e maior cidade do interior da Bahia, não vem sendo contemplada com essas indústrias! Já passou da hora dos políticos da nossa cidade deixarem de rivalidades entre si e ao menos fazer indicações e adequações, para a cidade também poder entrar no hall de geração de emprego e renda! O aeroporto mais uma vez está sendo desativado para vôos domésticos, por isso torna Feira de Santana, isolada dos investimentos! Muitos alegam a pequena distância entre Feira e Salvador, que torna inviável os investimentos. Campinas em São Paulo, fica mais perto de São Paulo e tem um aeroporto que funciona, tanto com vôos domésticos, bem como transportes de cargas! Chega de tanto embrólho e vamos lutar para Feira sair da berlinda, onde só quem ganham são os políticos!!!
    ACORDA CIDADE!!!

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade