Bahia

‘É uma inversão de valores muito grande’, desabafa Flávio José sobre seu afastamento dos palcos

José comenta que as festas juninas têm dado espaço a estilos musicais como funk, e limitado o tempo de artistas tradicionais.

02/07/2022 19h51, Por Acorda Cidade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foto: Jefferson Peixoto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O sanfoneiro Flávio José contou neste sábado (2) que já admite a possibilidade do afastamento dos palcos, em meio a uma desvalorização do forró e da cultura nordestina. O artista está na grade do último dia de shows no Parque de Exposições, em Salvador.

“Olha eu venho de uma geração em que a gente via o São João muito tradicional, música autêntica, as escolas, e as crianças com festinhas juninas, mostrando os tipos de música que se faz nessa época. Hoje eu não vejo mais.”

José comenta que as festas juninas têm dado espaço a estilos musicais como funk, e limitado o tempo de artistas tradicionais como ele: “É uma inversão de valores muito grande”.

Sobre a pandemia, o cantor conta que não saiu de casa. “Foram dois anos e meio trancado, literalmente. Eu não saía para canto nenhum, eu ficava trancado e com medo”.

Ele ainda lançou que aos poucos está se ajeitando para o retorno dos eventos, e que crê que logo “tudo isso irá passar”.

Fonte: Bahia Notícias

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

  1. Francisco Alberto disse:

    Eu Francisco Alberto concordo com o maior cantor de forró Flávio José, nossa festa de são João não é mais amesmacoisa:Perdeu o encanto das festas do passado,na minha opinião no Brasil principalmente nonordeste temos muitos cantores de forró, que desta forma os organizadores estão é contribuindo para uma possível instincao de uma festa tão linda que é a nossa com tantos cantores de forró tão bons que temos porque não contratam os forrozeiros? Não tenho nada contra os stilos musicais mas o que quero falar é tudo tem o tempo e nomês de são João, equeremos ouvir é nosso forró por favor não acabem com a nossa tradição!

    1. Lucas disse:

      Em Berimbau teve Lá fúria na grade de atrações.

      1. Valdomiro Souza santos disse:

        É isso mesmo que agente ver nos dias atuais,,muitos artistas que nada vem acrescentar com os festejos tradicionais.Nao entendemos o porque dos autênticos forrozeiros serem substituídos por Bandas de pagode por exemplo ,e sem contar que são mais caros,,deve haver um interesse por trás de tudo isso.

    2. Sandra disse:

      Concordo plenamente no que disse. Se é São João, toca forró.

    3. Rita Daltro disse:

      Concordo plenamente com vc e Flávio José mas isso já vem acontecendo a algum tempo, mais ou menos uns 25 a 30 anos.
      Gosto de vários gêneros musicais mas ‘cada um no seu quadrado ‘.

    4. Cícero Ferraz disse:

      Enquanto os prefeitos e secretários de cultura estiverem no bolso dos empresários destes estilos musicais predadores, vai ser disso para pior.

    5. Braulio souza disse:

      São João e tradição,não o que acontece hoje às festa perdendo seu encanto.
      Artistas completamente sem noção tocando músicas nada a ver com a festa. Grande parte da contratação de estilos diferentes passa pelas prefeituras que visam outro tipo de situação .
      LAMENTÁVEL.

    6. Veradete disse:

      Penso da mesma forma. Cada estilo no seu tempo. Como é que você vai para uma festa de forró e chega lá o cantor canta reggae, funk, música sertaneja? Ninguém merece.

  2. Gliceval Carneiro disse:

    É a ganância tomando o lugar do forró autêntico. Se sertanejo não tem nada haver,imagine o tal de funk.
    Tudo isso gera desvio de recursos públicos

  3. Marcone Santiago disse:

    Certíssimo. Nessa festa mesmo do Parque de Exposições de Salvador, umas bandas nada haver tocando no período junino, mas como tem ouvidos que funcionam como p*nico fazer o que neh

    1. Clebson Gomes disse:

      Ninguém merece

    2. Eliana Maria Santos de Jesus disse:

      Com certeza

  4. Fábio Alves souza disse:

    Flávio José tem toda razão , nosso são João perdeu sua essência, bandas que não tem nada haver com o são João estão tendo prioridade, nossa cultura nordestina não pode se perde , as raízes nordestina é o forró!

    1. Fábio disse:

      Alguns anos o são João vem sofrendo com essas bandas de funk , pagode , sertanejo, a tradição do são João é o forró e o que mais temos aqui no nordeste e até em outras capitais é banda de forró de qualidade! Por que não contratar banda de forró? Tem empresários ganhando com isso? Respeita as raízes nordestina e o são João, queremos ouvir o estilo do são João o forró raiz e não bandas que não tenha haver com a festa! Respeita a tradição, a cultura nordestina!

  5. Nilton souza disse:

    Concordo com vc Flávio,aqui em birinbau o que vi foi cantores de modinha enrolando no palco e vc mesmo com sua idade deu um show de profissionalismo, carisma e música de qualidade, parabéns que vc possa levarnossa cultura por muitos anos.

    1. Silva Leite disse:

      Discordo de Flávio José , ele tá reclamando pois ele tá deixando de ganhar 150 mil reais , são todos miseráveis pagam uma miséria aos seus músicos colaborarem , Alcymar Monteiro é a mesma miséria .

  6. Léo disse:

    Concordo com o Flávio!
    São João é só FORRÓ e mais nada.

  7. João disse:

    Concordo plenamente! Nada contra mas vê Psirico e outros cantando no porque de exposições só porque está na Bahia não justifica, a festa é junina e assim vamos perdendo as tradições. Os outros artistas terão o ano todo pra cantar/tocar.

  8. Lindonildo Amorim disse:

    É um absurdo ao forró, afronto à cultura do nordeste! Você não vê forró em baile de funk, festival de rock e etc.
    No nordeste, banalizaram o forró com sertanejo, funk, pagode e etc.. Está na ora da sociedade nordestina, exigir que no São João só possa ser tocado o legítimo forró, deveria ser proibido tocar outros estilos de musicas.
    Além disso, em nome da preservação da musica de Luiz Gonzaga, não deveria ser permitido que as verbas para festa de S. João, passasem de % pré estabelecido pela lei, de forma que inibisse esse abuso de prefeitos que usam o São João, para promover verdadeiras orgias orçamentárias, em detrimento da masica tradicional nordestina, que é o Forró.
    Ou seja, temos que entender que S. João deva fortalecer o forró, assim como o carnaval preserva o samba, sobretudo Rio de Janeiro e S. Paulo.
    Hojé em dia, período de S. João, nos deixa muito triste, sentimento de frutação, onde a maquina capitalista, atropela a cultura popular, para termos ritmos que , jamais poderiam ser tocados no S. João, é a cultura nordestina que deve sobrepor quaisquer interesses.

    1. Everaldo disse:

      Muito complicado uma vez que em um pais onde a diversidade cultural tem suas origens seja no sul , leste ,oeste , com suas origens , a ganância oportuna faz perder o brilho, onde já se viu em pleno festejo junino contratar alok para fazer show pirotécnico pois isso aconteceu vergonha para esse que se diz artista e outros e outros .

  9. Everaldo disse:

    Muito complicado uma vez que em um pais onde a diversidade cultural tem suas origens seja no sul , leste ,oeste , com suas origens , a ganância oportuna faz perder o brilho, onde já se viu em pleno festejo junino contratar alok para fazer show pirotécnico pois isso aconteceu vergonha para esse que se diz artista e outros e outros .

  10. Adenilson Souza da Silva disse:

    E Concordo plenamente com Flávio José e mais esses cantores de pagode e de axé os tais: Daniela Mercury,Bel Marques,Armonia do samba, Léo Santana, Claudia Leite, etc deveria ter vergonha na cara e respeitar os cantores de forró do nosso Estado da Bahia, pois todos ganham fortunas o ano todo e os forrozeiros esperam com tanta esperança as festas junina para poderem ganhar um dinheirinho aí esses aproveitadores inventam de cantar forró para tirar os nossos artistas dos palcos.
    Gosto da atitude do governo de Pernambuco que não querem esses aproveitadores da Bahia na festa junina de lá, a Cláudia Leite foi expulsa do palco em uma festa junina lá, parabéns ao governo de Pernambuco e que todos os Estados do Nordeste façam isso porque as festas junina é para cantores de forró fora essa gente miseráveis, também acho que esses sertanejos mantidos a besta não devem serem contratados para nossas festas eles não são Nordestino.
    Porque o rock rio não coloca forró?
    Então está na hora dos políticos Nordestino criarem uma lei para as festas junina só terem cantores de forró, temos cantores maravilhosos no nosso Nordeste não precisamos desses aproveitadores para que nossa festa seja brilhante.
    Vamos fazer um manifesto a favor dos nossos forrozeiros.
    Viva o forró, viva o Nordeste.
    Fora os Mercenários, fora os aproveitadores, fora essa gente desrespeitosa.

    1. Cláudia disse:

      Perfeito! Certíssimo!!!

      1. João lopes disse:

        É um verdadeiro pé no saco. Ver certos tipo de música em pleno são João. Tá na hora de se fazer um.protesto contra essa falta de respeito com nossa musica raiz! O verdadeiro forró nordeetino. E.flavio José nós representa muito bem! Viva o verdadeiro.forró. viva a.cultura nordestina!

  11. CarlA disse:

    Errado não está, vejo nossa cultura do Nordeste muita rica e bonita. E que não precisa trazer nesse período Junino atrações que não tenha nada a ver com nossa tradição.

  12. Lícia Sacramento Paixão disse:

    Concordo com Flávio José!
    Acho falta de respeito com os cantores de forró, pois é a única época que o estilo musical se destaca e vem outros estilos tirar a essência da tradição. Sou fã de Flávio José!

  13. Lícia Sacramento Paixão disse:

    Concordo plenamente com Flávio José!
    Só tem uma época do ano em que os cantores de forró tem oportunidade de se apresentarem com maior evidência. Ao contrário dos outros estilos musicais. Mesmo assim a ganância toma conta. É lamentável!
    Sou fã de Flávio José, Ademário Coelho, Alcimar Monteiro. .

  14. Rosemarie Silva Mendes disse:

    Tinha muita admiração por ele, mas depois que vi o tratamento grosseiro que ele da a banda fiquei decepcionada, depois de dois anos de pandemia e tantos s precisando voltar ele devia da força pra todos e não vim a público ameaçar parar de cantar com certeza o são João não vai acabar, esse ano todos tiveram chances, todas as bandas de forró tiveram a oportunidade de cantar, teve festa pra todos , Flávio José deve está é cansado pela idade!

  15. Vilson Carlos Barreto da Gama disse:

    Faça como eu. Caia fora!!!!

  16. Betenea Rodrigues disse:

    Concordo plenamente com Flávio José,nunca ouvi um trio elétrico tocando fofo no carnaval.
    Temos q. Preservar nossa cultura junina nordestina. Amo são João,adoro Flávio José

  17. Gilvan disse:

    Concordo plenamente, estão tirando tudo aquilo que representa os festejos juninos, estive em Santo Antônio de Jesus e em determinado momento todo nosso grupo se perguntou se era proibido tocar forró no São João, uma vergonha e indignação total.

  18. Gilvan Ney da Natividade disse:

    O que é bom está acabando e o ruim está prevalecendo.

  19. Antônio Pereira de Lucena disse:

    É uma aberração em pleno são João, contratar banda de funk e outros ritmos que não tem nada a ver.
    Alguns brasileiros sem noção do que é história, tradição e cultura nordestina, destroem a nossa história e sentem se os inovadores.
    Coitados, quanta pobreza cultural.
    Flávio José, só nos resta lamentar.

  20. WILSON LAGOS ISSA disse:

    o lixo musical atual, está ganhando espaço, infelizmente teremos que conviver com o que não presta.

  21. Agê Mrlo disse:

    Ele tem q se afastar mesmo e fazer uma reciclagem.
    Tenho inúmeros cds desse cantor, eu era apaixonada, deixei de ser fã apesar de gostar das músicas e ainda ouvi-las.
    Fui no show dele. Eu e minha comadre que também era fã, Compramos mais alguns cds e no final fomos pedir p ele autografar, não tinha multidão. Tava tudo calmo. Ele nos tratou super mal. Muito mal educado, mal humorado, Amargo!!!
    Também eu não insistir, caímos fora. Depois desse dia eu aprendi. Cantor só precisa que vc compre o cd dele e pronto.

  22. Leide disse:

    É realmente lamentável o que está acontecendo com a tradição junina. Infelizmente muitas cidades estão priorizando nas suas festas, atrações com estilos musicais diferentes do forró. São João e São Pedro deveria ter apenas forró.

  23. JEAN CjeaHARLES NUNES ROCHA disse:

    Certíssimo, o Flávio José! Está uma vergonha a aplicação dos recursos públicos. Trazem atrações que nada tem a ver com o São João, despremtigiando a cultura nordestino As parecem terem um cunho político excessivo!

  24. Jamilton da Costa santos disse:

    Concordo com Flávio José…funk festa junina sem noção.

  25. Zeca disse:

    Infelizmente somos um povo desunido, e muitos vão de encontro a cultura e bons costumes. O ideal seria o Ministério Público interver nessas contratações e exigir que deem prioridades aos artistas da terra. O público também deveria abandonar o shows desses artistas com seus estilos musicais fora de época.

  26. Joilson Oliveira disse:

    Infelizmente nossa cultura nordestina, nossa tradição de forró, está comprometida pela invasão de outros ritmos que não tem nada a ver com a festa em si. Sou fã número um de forró e ouço o ano inteiro, independente de festa junina. Mas esse ritmo só tem seu espaço na mídia quando chega o mês de junho, que é o mês desses músicos terem mais oportunidades. Dito isso, é injusto, e até uma falta de respeito, que outros ritmos tenham a oportunidade de se apresentar. Mas a questão é justamente a ganância, nem todos querem saber de cultura e acabam transformando a festa em um circo de horrores.

  27. João Francisco Pinheiro disse:

    É MUITO TRISTE, NESTE PAÍS NÃO PODEMOS MAIS NOS ESCANDALIZARMOS COM NENHUM ABSURDO; FLÁVIO JOSÉ CHEIO DE RAZÃO DESAFA E VEJAM QUE ESTA DENÚNCIA NÃO É DE QUALQUER UM; FLÁVIO JOSÉ É O HERDEIRO DA SANFONA NORDESTINO: EU VI, SOU TESTEMUNHA OCULAR, QUANDO DOMINGUINHO INTERROGADO SOBRE QUEM FICARIA EM SEU LUGAR – VISTO QUE ELE (DOMINGUINHO) HAVIA RECEBIDO O ENCARGO DE LUÍZ GOBZANGA- ELE NÃO PENSOU MUITO E FALOU: “TEM UM RAPAZ AÍ, FLÁVIO JOSÉ MUITO BOM… AÍ ESTÁ A NOMEAÇÃO POR QUEM DE DIREITO PODE FAZER; SÓ DOMINGUINHOS PODERIA REPASSAR, PORQUE RECEBEU…TEM VÍDEOS PARA CONFIRMAR. DITO ISTO, ENVERGONHA-ME AS PREFEITURAS NO AFÃ DE DESVIAR RECURSOS PÚBLICOS, CONTRATA ARTISTAS COMBINADOS COM O ESQUEMA E DEIXA DE FAZER O SÃO JOÃO COM DEVETIA: COM FLÁVIO, TOM OLIVEIRA, AMAZAN, TRIO N8RDESTINO, OS TRÊS DO NORDESTE, ELBA RAMALHA, MANOEL DIÓGENES, WALDONES, SIRANO, JOÃO BANDEIRA, JÚNIOR BANDEIRA, ENTRE TANTOS OUTROS. NÓS, QUE CONHECEMOS O SÃO JOÃO, COMO SEMPREX FOI E CONHECEMOS O FORRÓ DEF ORIGEM, ENVERGONHADOS NOS SOLIDARIZAMOS COM FLÁVIO JOSE E MUITOS OUTROS QUE 3STÃO INDIGNADOS COM ESTA REALIDADE. MELHOR SERIA QUE COBRASSEM A COTA OU O INGRESSO DE CADA UM, MAS NÃO FIZESSEM ESTA PALHADA. ESSES OUTROS ESTILOS DE MUSICAS TEM SEUS MOMENTOS, NADA CONTRA, MAS CADA UM NO SEU DEVIDO LUGAR. FIQUE TRANQUILO FLÃVIO JOSÉ E TODOS OS OUTROS GRANDES NOMES DA MÚSICA NORDESTINA, O FORRÓ NÃO CAIRÁ JAMAIS, DIFERENTEMRNTE DESSA TURMA AÍ, QUE SÃO VENTOS PASSAGEIROS.

    1. Marlene disse:

      Coberto de razão!

  28. Ranael disse:

    Flávio José, parabéns pelo seu comentário!
    Nesse País os governantes estão mais preocupados em ganhar dinheiro e fazer média com empresários…não valoriza a cultura de seu povo.

  29. Arnaldo Gomes disse:

    Estive em Lençóis no mesmo dia que Flávio e sua filha Lara Amélia se apresentaram….para minha surpresa vi a filha dele tocando em seu repertório músicas sem identificação com a festa junina. Exemplo não deveria vir de casa?
    Já o filho dele, Maike José, em seu show em Mucuge, só tocou músicas do autêntico forró nordestino.

  30. Jeane Freitas disse:

    Concordo! Fui ao show no Parque de Exposições no dia 30. Fiquei pasma com a presença do Parangolé e a chatice da Solange Almeida. Se não fosse Adelmário Coelho, minha noite seria uma droga. Saí antes da Juliete entrar, porque não quis ver onde ia dar.

  31. Rômulo disse:

    Lixo musical acabando com a melhor época do ano,o bom e tradicional São João,prefeitos cabeçudos detonando a cultura com péssimas contratações.Que volte a tradição do pé de serra!

  32. Rita de Cassia matos de Andrade disse:

    Eu acredito que estão tentando apagar da memória dos nordestino o pai do forró que foi e sempre será Luiz Gonzaga, forró é forró, funk e sertanejo está totalmente fora de forró, nada haver, vamos cultivar nossas raízes, o forró está na nossa alma, o Flávio José está certíssimo. pra continuarmos com a nossa tradição junina, os responsáveis pelas festas juninas deixem de contratar esses cantores que não tem nada haver com a melhor festa que existe no nosso país!

  33. Sheylla Leite disse:

    Concordo plenamente, a falta de respeito com o nosso forró. É muito triste, presenciado o que estão fazendo com os nossos forrozeiros. Infelizmente o público aceita este desrespeito.

  34. Janio Alves disse:

    Digo isso há muito tempo. Na Bahia, em especial, os festejos no interior, deram vez as um carnaval fora de época, com músicas e cantores que nada tem a ver com tradição junina. Já há alguns anos, quando morava em Cruz das Almas, os mais jovens se revoltavam, quando via, na grade de programação, do São João, maioria forrozeiros, pois queriam axé, num claro desprezo pela tradição. Lamentável!

  35. Otávio de jesus pereira disse:

    Certíssimo Flávio José!
    Esses ritmos baiano que são verdadeiros lixos não pode nem tocar nesse período, são músicas de zumbis.

  36. Daniel disse:

    Concordo plenamente com Flávio José é gasto do mesmo jeito

  37. Geison disse:

    Foi-se o tempo em que forró dominava as festas juninas! Tudo mudou! E pra pior ! Nem as rádios ajudam! De maio a junho,tocam pouco demais o forró! As outras mídias nem se falam! Os prefeitos ajudaram nesse contexto de destruição da cultura nordestina! Seria uma boa ideia,o Flávio José focar no eixo Rio,São Paulo e Espírito Santo,o Trio Nordestino fez isso,e está dando certo! Não adianta ficar por aqui dando murro em ponta de faca! Vai pro Sudeste,que os nordestinos de lá,amam o forró! E quem não gosta do Flávio José,para de comentar sobre ele! É muito melhor!

    1. Plausível sua fala!! disse:

      Plausível sua fala. Lamentavelmente, as festas Juninas, estão perdendo a tradição e o verdadeiro sentido.

  38. Abinael Meneses da Hora disse:

    A mídia consumista acabou com o axé e agora está fazendo a mesma coisa com o forró, os políticos querendo de qualquer maneira barganhar os votos de um povo ignorante, estupido, que não está nem ai para o custo de vida, vai permitindo essas arbtritariedades.

  39. Abinael Meneses da Hora disse:

    Estão assassinando o forró como fizeram com o axé, e ainda contam como apoio de pessoas estúpidas e idiotas que só querem saber de festas a qualquer custo

  40. Joseane Santana disse:

    Concordo com Flávio José, sou dessa época e hoje vejo as festas junina se transformando em Carnaval. Amo o forró, principalmente o das antigas. Não podemos deixar isso acabar e mudar a essência dessa festa tão linda!

  41. Silvio Roberto disse:

    Os empresários da música não estão nem aí para a cultura, só querem ganhar dinheiro, então se juntam com secretários de cultura que nada entendem de cultura, prefeitos corruptos, povo alienado. Enfim o cenário perfeito para acontecer essas coisas.

  42. Dilson malbar disse:

    Errado são os contratantes,pois só deveriam contratar só forró.

  43. Paulo Roberto disse:

    Essa situação já vem a anos acontecendo. Até nas vaquejadas nas festas de peão, colocam bandas de, pagode, de axé, funk e pouco forró e sertanejo. Eu fico indignado com isso. O que tem a ver Léo Santana com São João? O que tem em comum Lafúria com festas juninas? O forró pouco aparece em carnaval e micareta. A oportunidade dos forrozeiros ganhar dinheiro, é nas festas juninas. Mas, são substituidos por artistas de outros seguimentos. Espero que mudem essas atitudes.

  44. Vange disse:

    Gosto muito de música como Samba, Rock, Forró, MPB e Reggae, mais quando chega a Boa época junina só tenho ouvidos para forró como de Flávio José, Santanna, Virgílio, Targino Gondim, Ademário Coelho e etc…

    1. Tilda Brasileiro disse:

      Bom dia,
      Concordo com Flavio José, o ano todo podemos ouvir qq tipo de música, más gente, por favor, nesta época junina, tem e é preciso ser o forró pé de serra mesmo. Flavio José, Targino Gondim, Adelmario Coelho, Tarcísio do Acordeom, etc.

  45. Silvio Roberto disse:

    Todos culpados as prefeituras, os empresários que vendem até a mãe se puderem, e a mídia que não se pronuncia a respeito.

  46. Solange disse:

    Verdade. Eu amo Flávio José. E ele está certíssimo. Tinha que ter Targino Gondim, trio nordestino, estaca zero, Del Feliz e outros nomes do nosso forró.

  47. Solange disse:

    Verdade. Eu amo Flávio José. E ele está certíssimo. Tinha que ter Targino Gondim, trio nordestino, estaca zero, Del Feliz e outros nomes do nosso forró.
    Carnaval é carnaval. Essas bandas deviam se apresentar no carnaval.
    São João teria que apresentar só banda de forró. Principalmente o forró pé de Serra. Tanta banda boa de forró que nsobt oportunidade, aí bota Juliette 😡 canta o que AFF.
    Vamos valorizar nossa raiz.

  48. Claudio disse:

    Só para deixar registrado: Flávio José, o melhor forrozeiro do mundo! Infelizmente, o São João está sendo invadido por esse monte de lixo! Sejam bem vindos ao nordeste esquerdista!!

  49. Marlene disse:

    Apoio integralmente a declaração de Flávio José .

  50. Beto disse:

    É uma vergonha que prefeituras contratem bandas que nada tem haver com a tradição São João. São festas tradicionais que tem que ser preservadas com o nosso forró. Nada haver trazer bandas de pagode ou funk. A ganância não pode se sobrepor a cultura de uma região.

  51. Deus Carmo disse:

    Falo deste problema da descaracterização do São João no meu romance Noite em Paris que publico no blogue de mesmo. Isto significa o avanço do sistema capitalista mundial que impõe sua cultura uniforme, matando toda cultura regional e nacional. O sistema capitalista privilegia o que vende mais, em detrimento da cultura regional. É globalização total que a obriga as pessoas comerem a mesma comida, beberam a mesma bebida, vestirem a mesma roupa, ouvir e dançar a mesma música extinguido toda forma de cultura regional e nacional, obrigando as pessoas pensarem da mesma forma. É a transformação do ser o humano em gado, em simples produtor e consumidor e quando não mais puder produzir, nem consumir ser mandado para o matadouro.

  52. José Luiz Ferreira Lima disse:

    Bem faz Recife que não permite a dita música baiana em seu carnaval. Pernambuco.proteje seus artistas. A Bahia é uma vergonha. Governo comunista.

  53. Tiago disse:

    só falou a verdade esse ícone do forró,infelizmente os secretários e prefeitos só estão visando o dinheiro e deixando o verdadeiro forró de lado.

  54. José Neiva disse:

    Concordo plenamente,O São João é uma festa tradicional do nordeste , mas a culpa de tudo isso são os preferidos e os empresários que contratam, nada contra aos outros ritmos,mas o momento é do forro.

  55. Adriana disse:

    Concordo com Flávio, eu tenho 30 anos, curto de todo estilo musical mas eu to achando o mundo ta ficando chato, perdendo as tradições, tudo muito fake, muita dancinha de tik tok, gente tem isso o ano todo e quando chega o clima bom de sanju eles metem isso no meio, saudade dos velhos tempos…

  56. Adriana disse:

    Concordo plenamente, sinceramente a era digital ta destruindo o mundo, tem esses estilos o ano inteiro, tik tok e tudo mais, ai chega no momento do forro daquele negócio bom do São João, eles querem meter essas coisas pelo meio e bota 1 ou dois cantores de forro so pra dizer que teve…

  57. Marilene disse:

    Concordo plenamente com Flávio José. Não é desmerecendo os outros artistas, mas realmente a tradição musical junina está se acabando.

  58. Paullo Bindá disse:

    Concordo em partes, achei radical demais a posição do artista, os gestores geralmente contemplam outros estilos por que é o momento de contratar e atender a todas as faixas etárias, hoje a contratação fora de datas festivas nao é recomendada ao gestor, acho que existe tb uma devasagem de valores no mercado do forró tradicional, mas ai é o mercado que dita. Será que a sanfona pesou um pouco tb kkkk Vai parar nada, ai é pura pressao.

    1. Marcio disse:

      Caro Paullo Bindá, o desabafo do Flávio José não sugere excluir o artista e sim o ritmo que não tem nada a ver com o forró pois, existem verdadeiros artistas da musica a exemplo do Luiz Caldas que todos o associam com o axé algo natural devido as suas raízes mas são poucos que tocam um forró pé de serra como ele que ao subir ao palco deixa logo o aviso ao publico de que “nem solicitem para tocar axé que não tacarei” e leva ao publico um verdadeiro show de forró pé de serra com duas horas ou mais de duração.
      O Bell Marques dentro do seu ritmo mais eletrizante leva um forró interessantes ao público porém, o que não pode acontecer no São João são artistas tocarem musicas de funk e outros ritmos que não tem nada a ver com os festejos juninos.
      Quanto ao Flávio José ele ama o que faz e não vai desistir e dar espaço para o que ele tanto combate nos festejos juninos.

  59. Luciano disse:

    Olá, fico muito triste com este desabafo, principalme quando vem de um dos melhores forrozeiro lamentável isso, a Geração de jovens que está vindo agora e quem dita? Tradição e respeito a Cultura já.

  60. Paulo Henrique disse:

    Daqui uns Dias pra curti um Forro nos Festejos Juninos vou ter que ir Pra Caruaru aonde respeitão as tradições porque a Bahia tá Virando uma Copia dos outros estados que só querem saber de músicas sem contexto sem História arrocha não é Forro ,sertanejo Não é Forro ,aonde não se toca um acordeon (sanfona) não pode ser chamado de Forro ,Preferir mil vezes um Trio nordestino que tocou lá no condomínio que o Parck de exposições!

  61. Realidade disse:

    Parte da culpa é do próprio povo. Se as pessoas vão ver funk em festa junina, o recado que passam é que está tudo bem

    Os maiores culpados são os gestores, mas o povo também têm responsabilidade nisso

  62. EDERSON JOSE ANUNCIACAO FERREIRA DOS SANTOS disse:

    A falta de educação e falta de referências culturais da população, descolamento da realidade social e cultural dos prefeitos e secretários da cultura dos municípios e estados da federação ( outros interesses), contribuem para esse processo de desvalorização dos festejos traducionais juninos

  63. seu dé do cavaco disse:

    infelizmente meu amigo,, é a realidade, essa geração não dá valor as musicas boas, que prestam,,, é uma pena,,

  64. Ednilson Bezerra dos Santos disse:

    Concordo 100% com o Flávio José.
    Como nordestino, tenho muito orgulho do São João tradicional e vendo tocar outras músicas nas comemorações juninas que não sejam forró, é um absurdo.
    Vamos valorizar a nossa cultura.
    Flávio José, estamos juntos, sou seu,fã.
    ” Eu me criei, matando a fome com tareco, e
    mariola…”
    Grande abraço!

  65. Lcl disse:

    Coisa da esquerda coisa da desgraça do PT aí cabi vcs escolher entre ser conservador ou a libertinagem esses cão quer mudar até a cor da bandeira do Brasil

  66. Marcio disse:

    O nosso querido Flávio José está certíssimo, desse jeito vão acabar com o forró e a cultura nordestina.
    O maior exemplo é o Axé que através da Daniela Mercury e outros mais abriram as portas para outros ritmos no carnaval de Salvador como o sertanejo e introduzindo até musica eletrônica e o resultado foi que acabaram com a musica baiana onde as bandas locais se sustentavam com o seu publico local e hoje cantor nenhum quer ter a sua carreira tocando axé.
    Esse alerta foi feito pelo saudoso Morais Moreira mas os empresários visavam apenas moda e dinheiro abriram as portas para outros ritmos e com isso acabaram com a nossa música.
    As rádios locais fizeram parcerias nas suas programações com rádios do sul do país que só tocam o sertanejo e funk fechando as portas para as musicas nordestinas.

  67. Carlos silva disse:

    Concordo plenamente
    Essa nova geração esta acabando com as festas juninas tradicionais. Daqui alguns anos vai ser
    Carnaforro não demora muito e uma pena.

  68. Iolanda disse:

    Viajei para Santo Antônio de
    Jesus e comentei sobre isso, shows nada a ver com forró, é uma triste realidade. Festa Junina com Harmonia do samba, Leo Santana e outros artistas que não cantam música nordestina

  69. Olga Olive disse:

    Pois é…percebi o mau humor dele na transmissão da TVE.Mas ele está certo, cada um no seu quadrado.

  70. Edmilson Matias disse:

    Concordo plenamente com Flávio José. Invez dos nossos cantores de forró, coloca essas porcarias que não têm nada haver com nossa cultura NORDESTINA do nosso São João que é festa mais alegre que temos. Infelizmente estão acabando com nossa cultura do nosso São João.

  71. Arnaldo disse:

    Falou a verdade é igual o carnaval dá Bahia mudou totalmente hoje é uma verdadeira merda acabaram com o carnaval agora vão acabar o forró tradicional

  72. Diemes disse:

    Simplesmente chamam o que o povo pede.
    Se hoje em dia essa geração retardada quer ir pra rua ouvir virais do tiktok, os governantes vão atender o pedido.

  73. Magda disse:

    Verdade querido! Nosso amado São João ficando decadente. Outros estilos q façam suas próprias festas.
    Amamos vc Flávio

  74. Roberto Sena porto disse:

    Concordo com o Flávio sou nordestino e sempre gastei das festas junina e fico triste com essa invenção de valores.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade