Bahia

20ª Parada do Orgulho LGBT+ em Salvador será realizada neste domingo (10); veja a programação

O evento tem início a partir das 11h30, no Campo Grande, mas a bertura oficial do cortejo dos trios começa às 15h.

08/09/2023 às 19h54, Por Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

Foto: Genilson Coutinho

Com o tema “Por mais diversidade no mundo coorporativo”, a 20ª Parada do Orgulho LGBT+ da Bahia será realizada neste domingo (10), no centro de Salvador. O evento tem início a partir das 11h30, no “Palco da Diversidade”, no Campo Grande, com apresentações de artistas transformistas e atrações musicais.

A abertura oficial do cortejo dos trios começa às 15h, sob o comando da artista transformista Bagagerie Spielberg, com execução do hino nacional pela cantora A Dama do Pagode, Alanna Sarah, apresentação da cantora Juliana Ribeiro, coroação das madrinhas e padrinho e discurso de autoridades, no trio oficial do Grupo Gay da Bahia. Em seguida, o cortejo segue com mais oito trios levando muita música eletrônica e shows.

Este ano, o evento terá como madrinhas Márcia Teixeira, promotora de justiça do MPBA; Ana Paula Matos, vice-prefeita de Salvador e a ministra da Cultura, Margareth Menezes, e padrinho Bruno Monteiro, secretário de Cultura da Bahia.

Ações sociais e de cidadania

O evento vai promover a testagem sorológica para detecção do HIV/Aids e Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), além da disponibilização de preservativos de uso interno e externo.

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) instalará uma unidade móvel no Largo do Campo Grande, das 10h às 20h, para orientar e encaminhar vítimas de violência, agressão ou qualquer tipo de assédio.

A realização da VII Semana da Diversidade e da 20ª Parada do Orgulho LGBT+ da Bahia, é do GGB e Grupo Quimbanda Dudu, com apoio do Governo do Estado da Bahia, através da Secretaria de Turismo (Setur), Secretaria de Cultura (Secult), Secretaria da Saúde (Sesab), Secretaria da Segurança (SSP), Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi) e Secretaria de Comunicação (Secom), Prefeitura Municipal de Salvador, Dow Química, InterPride, Atacadão Atakarejo e Inklusão.

Confira a programação:

Palco da Diversidade

Shows de artistas transformistas:

Sissy Zeta Jones

Suzzy D’costa

Duda Baroni

LuXodó

Scarleth Sangalo

Michelle Loren

Ferah Sunshine

Valerie O’Hara

Spadina Banks

Mary Jane Beck

Terça LGBTrans

Atrações musicais:

Frevança Elétrica

Chocolate Batidão

Nininha Problemática

Cortejo Afro

Aila Menezes

Cortejo de trios

Trio do Grupo Gay da Bahia

Atrações: A Dama e Juliana Ribeiro

Trio da Diadorim (Centro de Estudos em Gênero, Raça, Etnia e Sexualidade da UNEB)

Trio APLB Sindicato

Trio TorcidaLGBT Tricolor

Trio Léo Kret do Brasil

Atrações: Léo Kret do Brasil, O Kannalha, A Ninfeta e Miguella Magnata

Trio LGBTrans+ Tamojuntes

Atrações: Desfile do Michelle dos Caralhosss, Ball Majestrava, DJ Nola Criola, MCs Malayka SN e Verenna, apresentação de A Travestis, Portela Açúcar, Aloísio Menezes, Vércio, Levita, Yara Sereya, Naja Kontra, Tecnoplanta, Atikum, Zoe, Senhoramar, Callanga, Libre Ana, Guigga + Toffalini e Aglei.

Trio Camila Parker

Atração: DJ Koky Santos

Trio Boate Tropical

Trio Grupo Gay da Liberdade

Atrações: Samba do Pretinho e DJ Edy Ferraz

*Homenagem ao comunicador Raimundo Varela

Os trios seguirão o seguinte trajeto: Campo Grande, Av. Sete de Setembro, Mercês, Piedade, São Pedro e Praça Castro Alves com retorno pela Rua Carlos Gomes, Senador Costa Pinto, Aflitos, até o Palácio da Aclamação, com término às 20h.

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia. Participe também dos nossos grupos no WhatsApp e Telegram

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Só não pode fazer Marcha pra Jesus, Parada da Família Cristã, Parada da Democracia, Parada da Família Tradicional, Parada contra a Violência, e outras, sob risco de irem presos.

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade