Aumento da criminalidade na Bahia é tema de especialistas

28/03/2010 às 11h49, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Especialistas em segurança pública do Brasil, Colômbia, México, Panamá, Paraguai, Venezuela, Chile e Argentina além de policiais, políticos, advogados e estudantes participaram do seminário Segurança Pública – Um Desafio Político na América Latina, promovido pela Fundação Liberdade e Cidadania, entidade ligada ao Democratas, e pela Fundação Konrad Adenaur, no Hotel Pestana. Apesar do debate ser internacional, os problemas de segurança na Bahia, no Nordeste e no Brasil estiveram no centro das discussões.

 
Secretário Nacional de Segurança Pública no governo Fernando Henrique, o ex-coronel PM José Vicente da Silva Filho mostrou-se alarmado com o aumento da violência na Bahia. “São Paulo teve uma queda de 39% no índice de homicídios e na Bahia esse índice subiu 90% nos últimos três anos. E é alarmante que apenas 6% desses assassinatos serão elucidados. É preciso investir mais na polícia”, afirmou José Vicente

Prefeituras
 
O secretário da Segurança Pública do Estado da Bahia, César Nunes, declarou que, como não participou do evento, não tem conhecimento dos números apresentados, mas que está à disposição para esclarecer qualquer dúvida sobre o Plano de Segurança Pública do Estado. “Apresentei o plano em 2008, na Assembléia Legislativa, pouco depois de assumir a pasta. Toda contribuição, que não seja partidária, mas que seja pertinente é bem-vinda”, disse Nunes. O secretário destacou o papel das prefeituras na segurança da Bahia: “Somos parceiros das administrações municipais. Tanto que a Polícia Militar é quem treina, por exemplo, as equipas das guardas municipais”.
 
A participação do poder local nas ações de segurança foi também tema do seminário. “Hoje, no Brasil, o modelo de segurança pública está muito dependente dos governos federal e estadual. 
 
O secretário de segurança de São Paulo, Antônio Ferreira Pinto, também participou do seminário e fez  questão de destacar a influência do abuso de bebidas alcoólicas no aumento da criminalidade. As informações são do Correio.

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade