As exigências de Fabinho

A garantia de não perder o mandato seria uma das exigências do deputado para aderir ao governo Wagner.

15/03/2010 às 10h34, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Foto: Divulgação

Garantia de não perder o mandato, liberação das emendas ao Orçamento da União, principalmente as que destinam recursos para Feira de Santana (para ajudar o governo do prefeito Tarcízio Pimenta) e compromisso em dar andamento às obras do Centro de Convenções e da avenida Nóide Cerqueira. Estas seriam as exigências, digamos assim, do deputado federal Fernando de Fabinho para aderir ao grupo do governador Jaques Wagner. Agora tem um detalhe. O governador disse, em entrevista à imprensa feirense, que estes dois últimos pedidos todo mundo já fez. Até eu.
 

Dia do Consumidor

 Foto: Secom

Os consumidores feirenses não terão atendimento no Procon nesta segunda-feira (15). É que toda a equipe estará nas ruas da cidade, fazendo uma campanha educativa para registrar a passagem do Dia Mundial do Consumidor. A ação inclui distribuição da cartilha informativa 2010 e visita a estabelecimentos comerciais. De acordo com o diretor do Procon, Magno Felzemburg, a data é um momento de reflexão, muito mais do que de comemoração. “O que se comemora no Brasil é o fortalecimento da defesa do consumidor, mas a conduta do fornecedor é lamentável, porque você precisa ir para a Justiça para fazer cumprir o que está na lei”, afirmou.
 

Falta conscientização

Foto: Andréa Trindade/Acorda Cidade

Magno Felzemburg destacou que o fornecedor precisa se conscientizar de que cabe a ele resolver os problemas com o cliente. Ele lembrou que são duas décadas de vigência do Código de Defesa do Consumidor e tudo que o Procon faz está escrito na legislação, é só cumprir. “Hoje estaremos nas lojas conversando sobre isso e ouvindo sugestões”, disse Felzemburg.

Não pode baixar a guarda

Mas o dia não será somente de conversas. As equipes vão aproveitar para verificar mercadorias, porque o entendimento é que não pode baixar a guarda, porque o consumidor é lesado constantemente. Magno Felzemburg citou o exemplo do banqueiro: “É a maior vergonha. O Banco Central proíbe a cobrança de tarifa de emissão de boletos e todos cobram, isso sem falar nos 15% de encargos financeiros para pagamento da fatura do cartão de crédito atrasado”.

Linhas telefônicas congestionadas

Foto: Andréa Trindade/Acorda Cidade

Na última sexta-feira, 12/03/10, no programa "Acorda Cidade",  o Juiz José Brandão, da Comarca de Santo Estêvão-BA, responsável pela medida do "Toque de Acolher" ("Toque de Recolher") na Bahia, foi o entrevistado do programa. Poderia ser apenas mais uma etrevista como tantas outras, contudo, diante da sucesso do "Toque de Acolher" e do nova Portaria que combate a evasão escolar ("Toque de Estudo e Disciplina – TED"), recentemente publicada, houve um verdadeiro alvoroço por parte dos ouvintes, um verdadeiro clamor da população de Feira e cidades próximas, clamando pela medida e aplaudindo o Magistrado.

As linhas telefônicas ficaram conhestionadas.A Coordenadora do Curso de Direito da Faculdade Nobre , Gerusa Gomes, e o Delegado de Polícia de Antõnio Cardoso, Marcelo Neves, confessaram que tentaram ligar para a rádio para darem seus testemunhos, mas os telefones só davam ocupados. Eram várias pessoas ligando.

O Juiz ainda recebeu convites para dar palestras em escolas de Feira. Alguns ouvintes ligavam pedindo para o Juiz se transferir para suas cidades e outros ainda disseram que iam fazer uma abaixo-assinado para trazer o Magistardo para Feira de Santana. Para o Juiz, a enorme repercussão  decorre da violência entre os jovens e do sucesso do Toque de Acolher e da nova portaria Toque de Estudo e Disciplina. (Ascom/Magistrados de Santo Estevão).

Comissões técnicas de FPI

A Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer divulgou a criação das comissões técnicas de Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) para a 72ª edição da Micareta. A publicação foi domingo (14). As comissões criadas têm por finalidade fiscalizar a estrutura da festa e todos os serviços prestados durante a Micareta.As comissões, formadas por 25 membros divididos entre representações do Governo Municipal, 2º Grupamento de Bombeiro Militar e da Polícia Militar, entre outros órgãos, estão divididas em três grupos de trabalho. A Micareta 2010 acontece de 15 a 18 de abril tendo a África como tema. (Secom).

Presidente fanfarrão

O vereador Getúlio Barbosa classificou o presidente estadual do Partido dos Trabalhadores (PT), Jonas Paulo, como um “fanfarrão”, afirmando que o mesmo na verdade integra o PB – Partido da Boquinha.  “A direita mais retrógrada está do lado deles”, provocou o vereador do Partido Progressista (PP).

Espírito de porco

Quando os vereadores discutiam um requerimento do vereador Marialvo Barreto, as atenções saíram totalmente do foco da matéria. Tudo porque o oposicionista Roberto Tourinho chamou o prefeito Tarcízio Pimenta de “espírito de porco”. Os governistas reagiram e até quem estava disposto a votar favorável acabou ficando contra. E o líder do governo, vereador Ewerton Carneiro (Tom), subiu à tribuna e conclamou a bancada a derrubar o requerimento. Não deu outra.

A luta continua

O vereador Otávio Joel de Araújo fez um longo pronunciamento na tribuna da Câmara, analisando a questão da sucessão estadual. Ele disse que nada está definido e lembrou que na eleição passada o então governador Paulo Souto tinha 60% de aprovação popular e não conseguiu se reeleger. No final do discurso, o vereador usou a célebre frase “A luta continua”, que se tornou bordão entre os petistas. Mas na verdade o sargento estava somente repetindo o seu slogan, que por sinal nunca mudou, desde que entrou na política. Mas que confundiu, confundiu.
 

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade