Anvisa interdita novos medicamentos

02/03/2010 às 17h14, Por Dilton e Feito

Compartilhe essa notícia

Atendendo a recomendação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Diretoria de Vigilância Sanitária e Ambiental (Divisa), da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), informa à população que foi suspensa a fabricação, distribuição, comércio e uso, em todo o território nacional, de todos os produtos saneantes domissanitários, sujeitos ao regime de vigilância sanitária, fabricados pela Contra-Tipo Química Ltda., com sede em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Os produtos não possuem registro/notificação na Anvisa.

A agência determinou também, como medida de interesse sanitário, a interdição cautelar, em todo o país, do lote 142989, com validade até novembro deste ano, do medicamento Dexalgen 5 mg, injetável, fabricado pela Eurofarma Laboratórios Ltda., com sede em Campo Belo, São Paulo. A interdição tem prazo de 90 dias, contados a partir de 17 de fevereiro.

A Anvisa determinou ainda a interdição cautelar, pelo mesmo prazo, dos lotes 0803049 e 0803059 do medicamento Taxofen (Citrato de Tamoxifeno), 20 mg, comprimidos revestidos, com validade até março de 2013, fabricado pela Blausiegel Indústria e Comércio Ltda., com sede em Cotia, São Paulo.
 

Informações da Agecom

Compartilhe essa notícia

Categorias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Notícias

image

Rádio acorda cidade