Feira de Santana

Águas das chuvas podem ter motivado mortes de tilápias na Lagoa Grande

Para o Chefe de Educação Ambiental, o grande problema das lagoas, assim como de Feira de Santana e outras regiões, é a falta de captação e tratamento de esgoto.

15/04/2021 17h00, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Gabriel Gonçalves

Uma grande quantidade de peixes da espécie tilápia foi encontrada morta na Lagoa Grande, no bairro Caseb em Feira de Santana. De acordo com o Chefe de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), João Dias, as fortes chuvas que caíram nos últimos dias na cidade, podem ter provocado essa taxa de mortalidade.

"É do nosso conhecimento técnico-científico, dois tipos de mananciais, aquele corrente que é chamado de lótico e de água parada como nas lagoas, chamados de lênticos. Nesses mananciais lóticos, a probabilidade de acontecer mortes de peixes, é bem menor comparado aos outros mananciais, porque existem alguns fatores que mudam nos parâmetros da água e isso pode matar os peixes. Assim como esta situação, o que também pode provocar a morte dos peixes, é alta densidade de tilápias por m³ dentro da lagoa, mas o que detectamos aqui, foram as chuvas que aconteceram na cidade e essas chuvas trouxeram águas novas com sedimentos particulares que caíram na lagoa e alteraram os parâmetros, como a turbidez, o OD, oxigênio dissolvido e junto com a temperatura, esses fatores somados, fizeram com que grande quantidade de tilápias fossem mortas, o que se torna normal tendo em vista que o processo de requalificação dessas águas, que estão totalmente poluídas", explicou.

Foto: PMFS

Para o Chefe de Educação Ambiental, o grande problema das lagoas, assim como de Feira de Santana e outras regiões, é a falta de captação e tratamento de esgoto.

"O problema da poluição está presente na Lagoa Grande, assim como outras lagoas aqui da cidade e infelizmente no Brasil inteiro. O governo tem investido pouquíssimo na questão de captação e tratamento de esgoto aqui em Feira de Santana. Ao exemplo da Lagoa Grande, onde aconteceu a mortalidade dos peixes está sob intervenção da Conder, órgão do Estado e está passando por um processo de requalificação. Foram liberados recursos do governo para fazer captações e o tratamento do esgoto, já foram construídas estações elevatórias e esperamos que no ano que vem, a Lagoa Grande possa estar melhor e essas mortes dos peixes, deixem de acontecer", disse.

Com informações do repórter Ney Silva do Acorda Cidade

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade