Polícia

Acusado de matar corretor de imóveis é transferido para presídio de Salvador

Em entrevista ao Acorda Cidade, o diretor do Conjunto Penal, Edmundo Memeri Dumet, informou que a transferência é um procedimento normal.

11/08/2014 14h59, Por Kaio Vinícius

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Andrea Trindade

O ex-agente penitenciário Gregório dos Santos Teles foi transferido na última sexta-feira (8) do Conjunto Penal de Feira de Santana para o Presídio da Mata Escura, em Salvador.

Ele foi preso no último dia 30 de julho em cumprimento a mandados de prisão expedidos pela justiça e é apontado pela polícia como o autor do assassinato do corretor de imóveis Gil Marques Porto Neto, ocorrido no dia 21 de maio deste ano, no bairro Kalilândia. O crime foi motivado, segundo as investigações, por conta da venda de um terreno.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o diretor do Conjunto Penal, Edmundo Memeri Dumet, informou que a transferência é um procedimento normal. Ele não confirmou sobre possíveis riscos que o acusado poderia correr na prisão em Feira, mas disse que poderia ocorrer algum problema com os outros detentos. “Cuidamos sempre da integridade física de nossos detentos e por precaução resolvemos transferi-lo para Salvador”, disse o diretor.

Leia também: 'Não há dúvidas da participação de Gregório na morte de empresário', afirma delegado

Caso Gil Porto: acusado nega crime e diz que tem gente grande envolvida em morte

Polícia elucida assassinato e investiga esquema de venda ilegal de terrenos

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade