Eleições 2022

Ação incentiva jovens a tirar título de eleitor em colégio estadual de Feira de Santana

O prazo para tirar o primeiro título de eleitor, regularizar a situação do documento ou solicitar transferência do local de votação termina em 4 de maio.

06/04/2022 06h25, Por Andrea Trindade

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Laiane Cruz

Estudantes do Colégio Estadual Carmem Andrade Lima, em Feira de Santana, estão fazendo uma campanha para impulsionar os jovens a tirar o título de eleitor.

O idealizador da ação, Ruan Pedroso, que é diretor da União Estadual dos Estudantes Secundaristas e também desenvolve um trabalho voluntário no colégio de liderança do Movimento Estudantil, informou que oito estudantes estão envolvidos na divulgação e realização do processo.

“Temos cerca de 660 alunos aptos a tirar o título de eleitor. Nós montamos postos no Colégio Carmem Andrade com notebook, impressora, para que os alunos venham fazer o requerimento do título com algum dos voluntários. Muito se diz que os jovens são o futuro do Brasil, mas pra que nós de fato sejamos o futuro, precisamos estar envolvidos com a democracia e o processo eleitoral”, afirmou Ruan Pedroso, em entrevista ao Acorda Cidade.

Ele ressaltou ainda sobre a importância de conscientizar a juventude sobre a sua participação nesse processo.

“Estamos ajudando a definir o futuro da nossa nação. Então aqui no Carmem Andrade, os jovens que têm dúvidas sobre esse processo podem nos procurar tanto no turno matutino quanto vespertino. Essa ação é realizada somente neste colégio, mas existem orientações no site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do TRE-BA (Tribunal Regional Eleitoral), sobre como os jovens podem estar realizando a solicitação do primeiro título ou regularização", declarou o jovem ao Acorda Cidade.

Foto: Arquivo Pessoal

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) anunciou ontem (5) que 445,5 mil jovens entre 15 e 18 anos tiraram o primeiro título de eleitor no mês de março. Segundo o TSE, a emissão de novos títulos teve crescimento de 27,6% em relação ao mês de fevereiro deste ano, quando 349 mil eleitores emitiram o documento.

De acordo com o levantamento, a procura pelo primeiro título foi maior entre os jovens com 17 anos. Nessa faixa etária, 158,9 mil documentos foram concedidos em março.

O prazo para tirar o primeiro título de eleitor, regularizar a situação do documento ou solicitar transferência do local de votação termina em 4 de maio. Após a data, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração poderá ser feita nos registros.

Para verificar se há pendências, o eleitor deve entrar no site do TSE e checar se há algum débito em seu nome pela aplicação de multa por não ter votado em eleições anteriores, caso mais comum de irregularidade.

O primeiro turno será realizado no dia 2 de outubro, quando os eleitores vão às urnas para eleger o presidente da República, governadores, senadores, deputados federais, estaduais e distritais. Eventual segundo turno para a disputa presidencial e aos governos estaduais será em 30 de outubro.

Acorda Cidade com informações da Agência Brasil 

Siga o Acorda Cidade no Google Notícias e receba os principais destaques do dia

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade