Brasil

A seguradora pode recusar o seguro auto; entenda

A seguradora pode recusar o seguro auto e isso ainda surpreende muita gente. Mas existem motivos que justificam a situação.

30/09/2021 08h33, Por Gabriel Gonçalves

image image image image image

Compartilhe essa notícia

image image image image image

PUBLICIDADE

Acorda Cidade

Quando se está procurando um produto para comprar, imagina que a empresa tem a intenção de vendê-lo. Nesse momento acontece uma surpresa e a seguradora pode recusar o seguro auto.

Inicialmente as pessoas não entendem o que está acontecendo, afinal, elas querem um serviço. Por outro lado, a seguradora está recusando um novo cliente.

Por mais estranha que a situação pareça, ela realmente acontece. Por não ser algo tão frequente e divulgado deixa muitos motoristas surpreendidos.

Por que a seguradora pode recusar o seguro auto?

Primeiro é preciso entender qual a intenção do seguro de carro. Ele visa proteger o veículo de certos riscos e eventualidades.

Em alguns casos, após fazer a análise do veículo, perfil dos motoristas e outros fatores, as seguradoras chegam a conclusão que o carro corre tantos riscos que não vale a pena fazer um seguro.

Por exemplo, um veículo que sofreu uma colisão anterior e foi para leilão por ser considerado como perda total. Há quem compre o carro para recuperar e colocar de volta nas ruas, solicitando, inclusive, um seguro para carros de leilão.

Mas, por já ter sido condenado terá um risco bastante elevado e isso é um fator para algumas seguradoras negarem proteger o bem.

Como funciona caso a seguradora recuse o seguro?

A seguradora faz a cotação do veículo e recebe as informações. Nesse momento a seguradora já pode detectar os riscos e fazer a negativa. Nesse caso ela tem o prazo de 15 dias e deverá informar o motivo pelo qual está se negando a segurar o veículo.

Há outros casos em que a pessoa cota, faz a adesão e somente depois descobre que a seguradora negou. Algumas vezes pode já ter sido paga uma parcela do seguro ou outro valor.

Nessa situação a seguradora terá os mesmos 15 dias para fazer a negativa e apresentar os motivos. Quando isso acontece, a pessoa deve receber todo o valor que já foi pago de volta.

É importante saber que durante o período de análise a seguradora pode solicitar alguns documentos. Eles ajudarão a entender se o carro será aceito ou não.

Após feito o pedido, o futuro segurado deve entregar esses documentos. Enquanto isso não acontece, o prazo fica suspenso e só é retomado após a entrega.

Isso significa que quanto mais tempo a pessoa enrolar para entregar o que foi pedido, por mais tempo se prorroga a análise e possível recusa ou aceitação.

O que pode fazer a seguradora recusar o veículo?

Existem diferentes fatores, eles estão ligados a riscos extremos. Dentre as situações em que a seguradora pode recusar o seguro auto, estão:

● Carros com mais de 15 anos de fabricação uma vez que o tempo pode ser um fator de colocar em perigo o desempenho e funcionamento.

● Veículos que não são mais produzidos porque pode ser difícil encontrar peças de reposição para eles.

● Placas e documentos com irregularidades, sendo um indicativo de possível fraude. Essa mesma regra se aplica ao chassi remarcado.

● Carros importados de alto valor uma vez que a indenização desses é elevada e as peças de alto custo.

● Quando existe reprovação na vistoria, pois nesse caso foram encontradas irregularidades e problemas de conservação e funcionamento.

● Condutor com problemas de perfil como possui uma habilitação suspensa ou cassada.

● Problemas com a apólice anterior como omitir informações ou não quitar os débitos com a seguradora.

O que eu faço quando existe recusa do seguro?

Se a intenção é ter um seguro para o carro é possível seguir alguns caminhos. Dependendo do motivo da negativa a situação pode ser simples de regularizar.

Se a CNH está vencida, basta renovar o documento e fazer um novo pedido para a seguradora. Como o que gerou a recusa foi regularizado, há grandes chances do seguro ser aprovado.

Entretanto, em alguns casos não há muito o que fazer. Seria preciso tentar em outras seguradoras até encontrar uma que aceite segurar o veículo na condição em que ele se encontra.

Quando se tenta por seguros mais restritos em relação a cobertura, como os de roubo e furto, pode ser mais fácil conseguir a aprovação.

A seguradora pode recusar o seguro auto, por isso tome todos os cuidados para se precaver e evitar essa situação.

Compartilhe essa notícia

image image image image image image

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Mais Notícias

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

image

Rádio acorda cidade