Acorda Cidade - Dilton Coutinho

17 de Janeiro de 2022
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 14/01/2022 10h56.

Moradores pedem término das obras em rua do Parque Ipê

A obra começou em novembro, mas com as chuvas a empresa paralisou o serviço e depois retomou de forma lenta.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Moradores pedem término das obras em rua do Parque Ipê
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

 Laiane Cruz

Moradores do bairro Parque Ipê pedem celeridade do serviço de pavimentação a paralelepípedo, que está em andamento na Rua Portuguesa de Desportos. A obra começou em novembro, mas com as chuvas a empresa paralisou o serviço e depois retomou de forma lenta.

De acordo com um morador da via, João Gildete de Souza, que reside no Parque Ipê há mais de 48 anos, o serviço está demorando muito para ser concluído.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Está devagar. Começou no mês de novembro, levou uma temporada, e a chuva começou de novo e voltou a desmanchar. Quando chove a desce de novo”, informou à reportagem do Acorda Cidade.

O diretor da Superintendência de Operações e Manutenção (Soma) da prefeitura, João Vianey, explicou, em resposta à queixa dos moradores, que no final de agosto para início de setembro, uma rede se rompeu na rua após chuvas. O serviço de recuperação dessa rede foi iniciado, mas houve dificuldade da empresa contratada em adquirir o material.

“Na Rua Portuguesa de Desportos houve uma situação de ocorrência de chuva no final de agosto e início de setembro, e rompeu uma rede antiga com trinta anos de executada, e a gente precisou obstruir o segmento da via. Houve um tempo para que a gente pudesse adquirir o material para substituir a rede. Houve um atraso no início em virtude da dificuldade do material que foi utilizado ali. Foi feita a recuperação, o reaterro, e na questão do pavimento tivemos algumas dificuldades em decorrência da chuva, o que atrasou, e a empresa que foi contratada para fazer esse serviço teve também dificuldade na aquisição do paralelo”, esclareceu o diretor da Soma.

Ainda segundo ele, o serviço foi reiniciado e novas chuvas degradaram o que estava feito. “A empresa já recompôs o paralelepípedo de um segmento, e estamos aguardando o complemento para concluir a obra. É só o paralelepípedo chegar para que a gente possa concluir esse serviço”, garantiu.

 

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Feira de Santana

Diretoria da OAB Feira se reúne com representantes do BRB para discutir situação dos depósitos judiciais

O BRB é o atual ente responsável pelos depósitos judiciais, fianças e recursos destinados ao pagamento de ...

Sindicato dos Bancários alerta para alto número de infectados com covid-19 nas agências
Feira de Santana

Sindicato dos Bancários alerta para alto número de infectados com covid-19 nas agências

O sindicato vem cobrando dos bancos que adotem protocolos de segurança sanitários mais rígidos

Campanha Natal de Prêmios sorteia carro 0km e vales-compras de 1 mil; confira os ganhadores
Feira de Santana

Campanha Natal de Prêmios sorteia carro 0km e vales-compras de 1 mil; confira os ganhadores

Em entrevista ao Acorda Cidade, o diretor da CDL, Roberto Lima, considerou a campanha um grande sucesso e para...

Vídeo

Aos 71 anos, morador de Feira de Santana viaja a pé para Salvador Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 14.01:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram