Acorda Cidade - Dilton Coutinho

28 de Janeiro de 2022
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Variedades

Todas as notícias
Publicado em 10/12/2021 11h57.

Ansiedade de Final de Ano: entenda por que algumas pessoas ficam angustiadas nesta época

A psiquiatra Lívia Castelo Branco, da Holiste Psiquiatria, explica que a pandemia deve potencializar a sensação de angústia neste fim de ano
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Ansiedade de Final de Ano: entenda por que algumas pessoas ficam angustiadas nesta época
Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Acorda Cidade

Muitas pessoas aproveitam o mês de dezembro para traçar metas para o próximo ano, descansar e celebrar com a família. Contudo, para algumas pessoas esta época é marcada por uma angústia sem motivo aparente e problemas de saúde mental. A psiquiatra Lívia Castelo Branco, da Holiste Psiquiatria, conta que a ansiedade de fim de ano é ocasionada principalmente pela frustração por atividades que não foram executadas e pela insegurança em relação ao futuro.

“Com a pandemia, apesar de já termos muitas flexibilizações, ainda sofremos muitas restrições sociais e impactos econômicos deste período tão atípico. Por este motivo, a preocupação frequentemente observada nas pessoas neste período do ano está superdimensionada em 2021, gerando dificuldade na tomada de decisões, conflitos de relacionamento, aumento do consumo de substâncias e até mesmo transtornos de ansiedade”, explica a psiquiatra.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o Brasil é o país mais ansioso das Américas: cerca de 9,3% da população brasileira enfrenta problemas de ansiedade. O transtorno é caracterizado pela sensação de medo, preocupações frequentes, dificuldade de concentração, insônia e sintomas físicos, tais como palpitações, inquietação, tremores e falta de ar. Os sintomas causam prejuízo nas relações sociais, rendimento no trabalho e qualidade de vida, demandando apoio profissional para a melhora do quadro.

“A ansiedade é uma resposta natural do organismo que surge como reação emocional a um perigo potencial, descrita como uma apreensão negativa em relação ao futuro. Ela se torna um problema de saúde mental quando o nervosismo é desproporcional ao estímulo, vem em grande intensidade ou frequência, ou por tempo prolongado, interferindo na vida do indivíduo”, detalha.

De acordo com a psiquiatra, atividades de lazer, tais como reunir os amigos ou assistir um filme, podem ser uma estratégia importante, mas nem sempre suficiente para o alívio da ansiedade. Para colaborar, a profissional indica a organização de uma rotina diária com realização de exercícios físicos, práticas como yoga ou meditação, e a busca de suporte emocional. O acompanhamento psicológico se torna fundamental nos casos em que estas medidas não surtiram efeito e quando há persistência dos sintomas, é necessário integrar também o uso de medicações sob orientação de um psiquiatra.

Quando o assunto é saúde mental, a informação é o primeiro passo do tratamento. Para saber mais sobre o tema, acesse: https://holiste.com.br/

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

'É preciso repensar a linguagem utilizada com pessoas trans', afirma psicanalista
Comportamento

'É preciso repensar a linguagem utilizada com pessoas trans', afirma psicanalista

No BBB, a cantora Linn da Quebrada dá uma boa resposta para repensar a utilização de linguagem com pessoas ...

Saiba como manter um ambiente agradável em copas e cozinhas integradas
Reformas

Saiba como manter um ambiente agradável em copas e cozinhas integradas

Detalhes ligados à composição do ambiente podem ser decisivos para que a casa seja funcional e aconchegante...

Saiba como fazer um chá de bebê virtual
Chá de Fraldas

Saiba como fazer um chá de bebê virtual

Tradicional evento familiar pode ser adaptado para ocorrer na internet.

Vídeo

Covid-19: com poucos funcionários, drive-thru da prefeitura gera longas filas na Ayrton Sena Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 28.01.22:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram