Acorda Cidade - Dilton Coutinho

19 de Janeiro de 2022
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 24/11/2021 12h30.

Comissão de feirantes da Marechal Deodoro solicita revogação de decreto na Câmara

Os feirantes utilizaram a tribuna livre na manhã desta quarta-feira (24).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Comissão de feirantes da Marechal Deodoro solicita revogação de decreto na Câmara
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Uma comissão de feirantes da rua Marechal Deodoro em Feira de Santana, utilizou a tribuna livre da Câmara Municipal na manhã desta quarta-feira (24), para solicitar ao prefeito Colbert Martins, a revogação do decreto que permitia a presença dos trabalhadores no local, até o último domingo, dia 21 de novembro.

Ao Acorda Cidade, uma das feirantes, Sônia Pereira de Jesus, explicou que todos os comerciantes estão trabalhando sob pressão, com medo que algo possa acontecer, e por conta disso, muitos não conseguem dormir com tanta preocupação.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

"Nosso objetivo aqui, é que o prefeito quebre este decreto, porque estamos com medo, estamos assustados, não estamos nem dormindo direito de tanta preocupação. Ele já sentou para conversar com a gente, mas o decreto permanece e nada foi confirmado. Estamos sendo ameaçados de expulsão do local e continuamos em busca desta negociação. Estamos aqui, para que ele possa nos escutar, que ele tire esse decreto, que sente com a gente novamente para conversar, precisamos de um diálogo, queremos dar continuidade com o nosso trabalho, não queremos ficar fazendo novas manifestações, fechando rua, indo para porta de prefeitura. Assim como os outros feirantes, eu trabalho trazendo todos os produtos da agricultura familiar de Maria Quitéria, é caju, tangerina, castanha, além das outras pessoas que trazem de Pé de Serra, Água Grande, são várias pessoas, sem falar dos outros distritos", disse. 

Nas redes sociais, os feirantes divulgaram uma nota aberta. Confira:

Terceira Carta da Feira da Marechal à Sociedade Feirense


Fizemos uma vigília em frente à Prefeitura de Feira de Santana entre a noite da segunda-feira (15) e a manhã da terça-feira (16) da semana passada, momento em que finalmente o prefeito Colbert Martins Filho recebeu o movimento A Feira da Marechal é Patrimônio para uma conversa. Pela primeira vez, o governo municipal abriu um processo de negociação conosco após quase um ano de luta. Isso depois de sete pedidos formais de reunião, várias manifestações de rua, inúmeras entrevistas na mídia, realização de audiência pública na Câmara Municipal e denúncias sobre o caso encaminhadas através da Comissão de Reparação e Direitos Humanos para diversas instituições voltadas à garantia de direitos na Bahia e Brasil.

Reafirmamos, nessa primeira reunião, o desejo de que a requalificação da rua Marechal Deodoro seja junto com a permanência organizada da Feira. Também explicamos que as “opções” apresentadas pelo governo, o Pau da Miséria ou feiras de bairro, não oferecem segurança, infraestrutura ou viabilidade econômica. Mais que isso, mostramos que temos um projeto técnico alternativo. Embora o prefeito tenha reconhecido que ir para as feiras de bairro ou Centro de Abastecimento não seja solução, o mesmo afirmou que nosso projeto é “inviável”. Então, solicitamos que seja mostrada a avaliação técnica por escrito. Após falarmos de exemplos de feiras organizadas no centro urbano de Salvador, o prefeito viabilizou a ida de uma comissão com feirantes, nossa assessoria técnica e representação da Prefeitura para conhecer as experiências das feiras na rua Joana Angélica e na Avenida 7 de Setembro. Depois disso, o combinado seria uma nova reunião na última sexta-feira (19) para seguir com as discussões e chegarmos a um entendimento que permita a permanência organizada da Feira da Marechal.

Recebemos com tristeza a notícia que o prefeito, alegando impossibilidade de comparecer em função de uma viagem, não poderia se reunir conosco na sexta como sinalizado. Além disso, mesmo após nossos pedidos e o indicado na conversa com o prefeito, o decreto municipal que definiu este domingo (21) como o prazo para a nossa expulsão da rua Marechal Deodoro não foi suspenso pelo governo. Essa situação, até pela permanente ameaça que representa, na nossa avaliação não é correta e dificulta o desenvolvimento do processo de negociação. Na manhã desta segunda-feira (22), para mostrar a nossa disposição de luta, fizemos uma nova manifestação de alerta reivindicando duas coisas simples: a imediata suspensão do decreto e retomada das reuniões de negociação!

Reforçamos a nossa abertura de sempre para o diálogo, mas também a certeza de que a Feira da Marechal pode permanecer e conviver com a requalificação do centro da cidade. Temos contado com o apoio de instituições como Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico (IBDU), da União Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras Camelôs, Feirantes e Ambulantes do Brasil (UNICAB) e também da Arquidiocese de Feira de Santana por meio do Vicariato para Ação Social. Convidamos todo o povo feirense a também apoiar a permanência organizada da Feira da Marechal, garantia de sustento para centenas de famílias e patrimônio cultural a ser preservado e valorizado! 

 

(Por Gabriel Gonçalves, com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade)

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Prefeito de Santa Bárbara estuda acesso em avenida para beneficiar lanchonetes prejudicadas por duplicação da BR-116 Norte
Feira de Santana

Prefeito de Santa Bárbara estuda acesso em avenida para beneficiar lanchonetes prejudicadas por duplicação da BR-116 Norte

Segundo Edfrâncio de Jesus, devido aos prejuízos sofridos a esses comerciantes, ele elaborou um projeto para...

Duplicação da BA-502, que liga Feira a São Gonçalo deve começar em março, diz governador
Política

Duplicação da BA-502, que liga Feira a São Gonçalo deve começar em março, diz governador

A informação, foi confirmada pelo governador Rui Costa, em visita ao município de Santa Bárbara nesta quar...

'Não confirmo', diz Rui Costa sobre candidatura ao Senado
Política

'Não confirmo', diz Rui Costa sobre candidatura ao Senado

Indiciado pela Comissão Parlamentar de Inquérito da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o governa...

Vídeo

Com sonho de ser jogador de futebol, feirense de 9 anos usa a criatividade para treinar em casa Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta terça-feira 18.01.22:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram