Acorda Cidade - Dilton Coutinho

29 de Novembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 22/10/2021 10h12.

Prefeitura considera manifestações como desejo de retrocesso em Feira de Santana

De acordo com a nota, as razões alegadas nas manifestações não têm fundamento e buscam impedir a modernização de Feira de Santana.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Prefeitura considera manifestações como desejo de retrocesso em Feira de Santana
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Acorda Cidade

A prefeitura municipal de Feira de Santana publicou uma nota considerando as manifestações realizadas nesta quinta (21) e sexta-feira (22), em Feira de Santana, como um desejo de retrocesso pela comunidade que participa dos protestos.

De acordo com a nota, as razões alegadas nas manifestações não têm fundamento e buscam impedir a modernização de Feira de Santana.

“Manifestações pela permanência de feirantes no centro da cidade, sob o pretexto de 'manter uma tradição' que chegou ao fim há quase 50 anos com a construção do Centro de Abastecimento; manifestação para manter o centro favelizado, incoerente com o desenvolvimento da cidade e o respeito à mobilidade urbana, contrariando inclusive recomendação do Ministério Público; manifestação contra o emprego da tecnologia no ordenamento e fiscalização do trânsito. São essas as razões alegadas nas manifestações que se sucedem, 'lutando' por uma Feira de Santana que retroceda 50 anos no tempo e que não avance para a modernidade.

O Governo Municipal entende que essas razões não se justificam, não têm cabimento, são incoerentes num município que se destaca no Nordeste pelo seu desenvolvimento”, diz a publicação.

Ainda conforme a Prefeitura Municipal, os protestos possuem ainda motivação política, sendo estimuladas por representantes de partidos da oposição.

“Estão mais do que evidentes, portanto, que os protestos são estimulados pelos opositores, principalmente o PSOL e o PT, que insistem em não aceitar o resultado democrático e soberano das eleições 2020. Isto fica muito claro com a participação nas manifestações de políticos da oposição, o que torna indiscutível que tudo não passa de política-partidária contra o Governo Municipal”, destacou.

Desde o início da manhã de ontem (21), comerciantes do Shopping Popular tomaram as ruas do centro da cidade, com faixas e cartazes, pedindo a redução das taxas cobradas pelo empreendimento.

À tarde, outra manifestação foi iniciada por motoristas de aplicativo e delivery contra a instalação de câmeras de videomonitoramento, que prevê a fiscalização do trânsito na cidade.

Por conta das mobilizações, algumas ruas e avenidas do centro comercial seguem com o trânsito congestionado.

 

Com informações da Secretaria de Comunicação Social de Feira de Santana

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Rua São Domingos fica repleta de lixo após final da Libertadores
Feira de Santana

Rua São Domingos fica repleta de lixo após final da Libertadores

A limpeza começou a ser feita hoje.

Veículo bate em poste e parte da Avenida João Durval fica sem energia elétrica
Feira de Santana

Veículo bate em poste e parte da Avenida João Durval fica sem energia elétrica

No chão há estilhaços de acessórios do veículo.

Canal de esgoto no bairro Jardim Acácia transborda e água invade residências
Feira de Santana

Canal de esgoto no bairro Jardim Acácia transborda e água invade residências

Em período de forte chuva, o canal transborda e toda água invade as residências.

Vídeo

Persistência: vendedor de água mineral passa em concurso da PM Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 26.11:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram