Acorda Cidade - Dilton Coutinho

29 de Novembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Polícia

Todas as notícias
Publicado em 21/10/2021 14h59.

Mãe de recém-nascido encontrado em Humildes diz à polícia que não sabia que estava grávida

O pai do recém-nascido também foi ouvido pela Polícia Civil, mas de acordo com o delegado, ele também não tinha conhecimento da gravidez.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Mãe de recém-nascido encontrado em Humildes diz à polícia que não sabia que estava grávida
Foto: Divulgação

Gabriel Gonçalves

Na tarde da última segunda-feira (18), um lavrador encontrou um bebê recém-nascido no povoado de Pau Seco, distrito de Humildes em Feira de Santana.

A Polícia Civil já identificou a mãe que abandonou o bebê. Trata-se de uma adolescente de 16 anos.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o delegado Mauro Moraes, da Delegacia Territorial (DT) de Humildes, informou que tanto a adolescente, quanto a mãe da jovem já foram ouvidas.Segundo ele, a adolescente relatou que não tinha conhecimento que estava gestante e mesmo recebendo atendimento médico, não foi constatada a gravidez.

Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

"Ela alegou que passou todo esse tempo e desconhecia que estava grávida e quando ela sentiu as dores na região da barriga no próprio dia 18, a mãe dela, a levou até um posto de saúde, onde foi medicada, mas ninguém desconfiou da gravidez. Nós fomos em busca de mais informações, questionar com algumas colegas, amigas, porque muitas vezes, acaba da pessoa contar determinada situação para um amigo próximo, mas isso ela nunca contou para ninguém. Ouvimos também a mãe dela, que disse que em nenhum momento desconfiou da gravidez", explicou.

Para o delegado, no momento em que houve o parto, é provável que uma série de fatores pudesse ter tomado conta do psicológico da adolescente, fazendo com que ela abandonasse o recém-nascido.

"Ela contou que ao sentar no vaso sanitário para urinar, na linguagem como é dito, o bebê foi despachado e que segundo ela, só deu tempo colocar a mão e segurar, levando para um local, imaginando que alguém pudesse passar ali e encontrar. Mas uma série de fatores pode ter passado na mente desta garota em não saber que estava grávida, como o fato de: 'como é que vou explicar se eu não sabia de nada? O que eu faço?' E apenas um estudioso nesta situação poderá explicar melhor, pois o psicológico desta pessoa pode ser afetado com traumas, mas aqui eu não estou para julgar ninguém, as pessoas devem respeitar a dor dos outros e principalmente desta família, é uma família muito respeitada aqui em Humildes, uma família simples, trabalhadora e que mesmo que a mãe estivesse acompanhando tudo que se passava na vida da filha, infelizmente há fatos que não são detectados", destacou.

O pai do recém-nascido também foi ouvido pela Polícia Civil, mas de acordo com o delegado, ele também não tinha conhecimento da gravidez.

"Ele também foi ouvido, não sabia da gravidez, ele nos informou que os dois tiveram um pequeno namoro, se relacionaram, ela acabou engravidando, mas nunca soube da gravidez e jamais imaginou que poderia ser o pai. Agora nós já chegamos na parte burocrática que é colher os relatórios dos atendimentos médicos da criança lá no HEC, quanto da mãe no Hospital da Mulher, para que tudo seja encaminhado para a justiça, e lá sim, lá seja feita a justiça, mas no meu entendimento, são questões mais humanas do que policiais. Essa determinação de quem fica com a criança, será estabelecida pelo juizado, Ministério Público e o Conselho Tutelar, a gente sabe que muita coisa influencia, mas acredito que essa criança possa ficar sob a guarda da família", concluiu.

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

Leia também:

 

Lavrador encontra recém-nascido no quintal de casa no distrito de Humildes em Feira de Santana

Polícia Civil identifica mãe adolescente que abandonou recém-nascido em Humildes

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Idoso e homem de 33 anos são presos por estupro de adolescentes; todos são da mesma família
Polícia

Idoso e homem de 33 anos são presos por estupro de adolescentes; todos são da mesma família

Um terceiro envolvido nos crimes também teve a prisão decretada e está sendo procurado. Ele é o pai de uma...

Vídeo

Persistência: vendedor de água mineral passa em concurso da PM Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 26.11:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram