Acorda Cidade - Dilton Coutinho

29 de Novembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Cultura

Todas as notícias
Publicado em 20/10/2021 19h53.

Nanismo é o tema da nova obra de literatura infantil inclusiva de Celina Bezerra

O pequeno grande Tião, o menino com nanismo integra a série Amigos Especiais da Editora InVerso
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Nanismo é o tema da nova obra de literatura infantil inclusiva de Celina Bezerra
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

Viver diferente do padrão é para os grandes. Em uma sociedade que ainda precisa avançar muito nos quesitos inclusão e respeito à diversidade, quem nasce com nanismo ou alguma outra condição que compromete o crescimento tem que aprender desde cedo a se enxergar além dos olhares curiosos e chacotas. O pequeno Tião, protagonista do mais novo livro de literatura inclusiva de Celina Bezerra, aprendeu rápido a lição.

Foto: Ana Ribas

“Gosto de, através das minhas histórias, quebrar paradigmas e contribuir para que as pessoas olhem, não para as deficiências, mas sim para as potencialidades do outro”, explica a autora convidando para o lançamento da obra, que acontece no próximo dia 23 de outubro, às 11 horas, no canal do Youtube da Editora InVerso.

O pequeno grande Tião, o menino com nanismo integra a série Amigos Especiais da Editora InVerso e tem ilustrações assinadas por Kitty Yoshioka. A baixa estatura não comprometia a felicidade de Tião, que vivia em uma cidade do interior com sua família. As peraltices eram as mesmas de toda criança, com a vantagem de que ele podia se esconder nos lugares mais inusitados onde mais ninguém cabia.

Nada o impedia de fazer o que queria. Em casa, seus pais adaptaram sua cama, os móveis, a pia e até o vaso do banheiro. Todos adoravam o pequeno amigo de coração enorme. Ninguém o tratava diferente por conta da sua altura.

Tião não sabia o que era Bullying até que precisou se mudar com a família para uma outra cidade, onde foi recepcionado por olhares curiosos, gargalhadas e até piadas. “Por ter sido criado em uma comunidade que o aceitava, Tião conseguiu enfrentar a situação. Se não fosse seguro de si, poderia se fechar para o mundo como acontece com muita gente”, avalia a autora.

Formada em Letras e pós-graduada em Educação Inclusiva e em Educação da infância com Ludicidade, Celina tem se destacado na cena literária pela escrita necessária dedicada às temáticas da diversidade e inclusão.

Tião, Bruna, Sabrina, Charles... Personagens até bem pouco tempo invisíveis na literatura infantil, protagonizam histórias de inclusão que brotam do imaginário da escritora Celina Bezerra. O livro de estreia foi Bruna, uma amiga Down mais que especial, lançado em 2017. Dois anos depois, Sabrina, a menina albina ganhava os holofotes. Em 2021, Charles, a estrela autista chegava ao mercado.

“Tenho 12 temáticas listadas para escrever. Estou lançando a quarta. Ainda pretendo lançar livros com personagens que representem crianças com deficiência auditiva, visual, paralisia cerebral”, lista a autora que já está finalizando a próxima obra que abordará a alopecia areata, uma doença autoimune que também pode estar ligada à genética, que causa a queda total ou parcial de pelos e cabelos. “A personagem não tem sobrancelhas, pelos, cílios. Também não tem livros, ainda”, conclui Bezerra.

Sobre a autora:

Educadora e escritora, Celina Bezerra é carioca mas mora na Bahia há mais de duas décadas. A inclusão é sua marca no universo literário infantil. Bruna, uma amiga Down mais que especial, Sabrina, a menina albina e Charles, a estrela autista são livros já lançados pela série Amigos Especiais, da Editora InVerso. Palestrante e idealizadora do curso Cultura e Literatura Infantil em uma Perspectiva Inclusiva, Celina Bezerra destaca a importância da representatividade. “A criança deve aprender a conviver com a diversidade, desde muito pequena. Quando ela aprende que o mundo é diverso, ela compreende o valor do respeito e, ao crescer, não praticará Bullying. Entenderá que zombar de um amigo por suas características individuais específicas não é engraçado e pode causar sofrimento. Com essa compreensão, a criança crescerá com o valor da inclusão”.

Serviço:
O quê?
Livro “O pequeno grande Tião, o menino com nanismo”
Quem? Autora Celina Bezerra com ilustrações de Kitty Yoshioka
Quando? Lançamento dia 23 de outubro de 2021, sábado, às 11 horas
Onde? No Facebook (www.facebook.com/editorainverso) e Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCYt-xbPvUGyMS37MIB22omA) da Editora Inverso
Como? Evento gratuito
Quanto? Os livros podem ser adquiridos por R$ 42,00 no site da editora (www.editorainverso.com.br).

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Filarmônica 25 de Março realiza novo projeto cultural e socioeducativo: o 25 Ensino Híbrido
Feira de Santana

Filarmônica 25 de Março realiza novo projeto cultural e socioeducativo: o 25 Ensino Híbrido

O projeto 25 Ensino Hibrido tem o apoio financeiro da Prefeitura de Feira de Santana através da Secretaria de...

14º Fenatifs divulga o resultado preliminar da primeira etapa da seleção
Bahia

14º Fenatifs divulga o resultado preliminar da primeira etapa da seleção

Confira os Espetáculos selecionados da Mostra Nacional

Prorrogado prazo para prestação de contas da Lei Aldir Blanc
Feira de Santana

Prorrogado prazo para prestação de contas da Lei Aldir Blanc

Pela terceira vez é concedido novo prazo para que artistas e representantes de espaços culturais

Vídeo

Persistência: vendedor de água mineral passa em concurso da PM Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 26.11:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram