Acorda Cidade - Dilton Coutinho

08 de Dezembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 18/10/2021 16h41.

Clubes dos comerciários têm público abaixo do esperado no dia da categoria

No clube do Sesc, a expectativa era que um público de mil pessoas comparecesse ao local, conforme permite o decreto municipal.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Clubes dos comerciários têm público abaixo do esperado no dia da categoria
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Laiane Cruz

O clube do Sesc, localizado no bairro Tomba, encerrou nesta segunda-feira (18) a programação de atividades recreativas e esportivas, em comemoração do Dia do Comerciário, com show musical do cantor Jean Santana.

A expectativa era que um público de mil pessoas comparecesse ao local, conforme permite o decreto municipal. No entanto, a quantidade de frequentadores não atendeu o esperado, devido ao fechamento da piscina, em obediência às medidas de enfrentamento ao coronavírus, determinadas pela prefeitura.

Foto: Paulo José/ Acorda Cidade

De acordo com a gerente do Sesc, Ana Siomara, o clube do Sesc tem seguido rigorosamente os decretos municipais, mas espera que haja a liberação das piscinas em breve, para que o público retorne.

“O nosso grande atrativo aqui na unidade é a piscina. Com a cidade muito quente, é uma fonte de lazer que realmente o público adere bastante. Como as piscinas ainda estão fechadas, o público não deu grande adesão, mesmo com a programação esportiva, educativa e cultural. A falta da piscina é um impeditivo para a vinda do público, especificamente das famílias, com crianças e idosos, pois mesmo com outras programações, quando chegam aqui, acabam indo embora”, afirmou.

Ela ressaltou que a queda do número de frequentadores traz perdas financeiras e prejudica também a produção cultural da entidade.

Foto: Paulo José/ Acorda Cidade

“Isso significa perdas em todos os sentidos, da nossa produção social, perda de receitas, do nosso grupo, a clientela preferencial, e o Sesc acaba sendo um grande espaço de lazer na cidade. Então estamos aguardando os novos decretos. Hoje nossa expectativa era de mil pessoas. Estamos sempre dialogando com o secretário, para ter uma ideia de quando esse decreto será publicado, e a expectativa é que no próximo decreto essa abertura já aconteça”, disse.

Mas, segundo Ana Siomara, apesar do número menor, a programação terminou com um saldo positivo.

“No momento da atração, o público compareceu e foi um show bastante animado, com Jean Santana. Seguindo o decreto nós poderíamos ter um público de até mil pessoas e estávamos com essa expectativa, com o fechamento das piscinas tivemos 350 pessoas no total. Com as piscinas abertas arrecadávamos em torno de 10 a 12 mil reais num feriado como este. Hoje ainda não fiz o fechamento, mas com esse público devemos chegar somente a 2 mil reais. Nossa expectativa era maior, mas como o dia está muito quente e ensolarado e a piscina não está aberta, o público acaba se retraindo”, avaliou.

Foto: Paulo José/ Acorda Cidade

No Clube dos Comerciários, localizado no bairro SIM, o dia da categoria também foi comemorado com diversas atrações, entre elas a banda Audácia Pura. Pela manhã, assim como no clube do Sesc, o movimento foi tímido, se intensificando mais a partir do meio-dia, com proximidade do horário do show e a abertura das piscinas infantil e adulto.

O presidente do Sindicato dos Empregados do Comércio, Antônio Cedraz, informou que tomou a decisão de abrir as piscinas, seguindo a recomendação do decreto estadual.

“A gente esperava mais comerciários, mas entendemos que o impasse do governo (municipal) não ter liberado as piscinas acabou prejudicando. A gente entendeu que deveria liberar seguindo o decreto do estado, e nosso jurídico orientou que o fizesse. Então liberamos e melhorou mais o clima, mas poderia ter sido melhor. Mas no próximo fim de semana vai estar tudo liberado e espero que o pessoal volte. Foi uma festa bacana e as famílias se divertiram. Todo domingo vai ter uma banda aqui, um som ao vivo. Tá todo mundo funcionando, então não tem lógica a gente ficar isolado de toda a comunidade”, justificou Antônio Cedraz.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Aberta chamada pública para boxes no Shopping Cidade das Compras
Feira de Santana

Aberta chamada pública para boxes no Shopping Cidade das Compras

Estão sendo disponibilizados boxes que não foram ocupados até o último dia 30.

Taxistas preferem não trabalhar utilizando Bandeira 2; tarifa é considerada como 13º salário da categoria
Feira de Santana

Taxistas preferem não trabalhar utilizando Bandeira 2; tarifa é considerada como 13º salário da categoria

Segundo o taxita Dilson, em anos anteriores, os períodos de São João e Natal, sempre foram os melhores mese...

Programa de abastecimento começa com a construção de novo atacadão
Feira de Santana

Programa de abastecimento começa com a construção de novo atacadão

O prefeito avalia que a construção do novo centro vai possibilitar melhorias e necessárias modificações n...

Vídeo

Corpo de Bombeiros explica como agir em caso de anéis presos em dedos Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta terça-feira 07.12:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram