Acorda Cidade - Dilton Coutinho

19 de Outubro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 14/10/2021 06h48.

Empresa abre vagas para marceneiros, mas enfrenta escassez de mão de obra em Feira de Santana

O ramo passou por uma enorme crise, mas durante a pandemia de covid-19, muitas pessoas passaram a procurar os equipamentos para brincar em casa.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Empresa abre vagas para marceneiros, mas enfrenta escassez de mão de obra em Feira de Santana
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Laiane Cruz

O comerciante Elias de Assis Dias tem enfrentado dificuldades para encontrar profissionais que atuem no ramo da Marcenaria. Ele é proprietário de uma fábrica de mesas de sinuca e outras modalidades de jogos e viu a demanda crescer nos últimos meses com o relaxamento das medidas restritivas contra a covid-19 e a reabertura de estabelecimentos como bares e restaurantes.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Elias de Assis atua nessa área já há 40 anos. Além das mesas de sinuca, ele costumava fabricar mesas para totó, tamancobol e vale sete. O comerciante alugava os equipamentos para estabelecimentos comerciais, porém com a chegada da pandemia, precisou se reinventar para continuar mantendo a sua empresa, situada na Rua Senador Quintino.

De acordo com o empresário, durante um período o negócio passou por uma enorme crise, mas diante do isolamento social por conta da pandemia de covid-19, muitas pessoas passaram a procurar os equipamentos para brincar em casa. E foi aí que Elias viu uma oportunidade para alavancar suas vendas.

“A pandemia fechou tudo, nosso ramo funcionava mais com bares. Os bares fecharam, então veio uma crise chocante. Mas aí as pessoas começaram a comprar o bilhar para jogar em casa, e com a tecnologia, a gente veio se aprimorando. E as pessoas conseguiam comprar a mesa para ficarem em casa brincando”, contou o comerciante, em entrevista ao Acorda Cidade.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade
 

De acordo com Elias de Assis, a empresa fabrica vários modelos de sinuca e os valores variam, com uma mesa nova custando entre R$ 2,5 mil a R$ 3 mil. Ele informou que atualmente conta com dois marceneiros trabalhando, e está precisando de mais dois.

“Agora está uma demanda alta porque os condomínios estão comprando mesas, reformando. Mas, está uma crise de mão de obra especializada, não só na marcenaria como em outros setores. O ramo até aqui enfrentou uma crise e está em recuperação, ascensão. E quem está no setor tem que continuar e estamos investindo.”

Ele destacou ainda que para fabricar uma mesa de sinuca é preciso comprar os materiais em outros estados, como São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. São eles o pano verde, o taco, a pedra, a borracha e o madeirite. “Esse material é comprado no Brasil, mas a Bahia não produz nada.”

O diretor da Casa do Trabalhador, Fábio Souza, confirmou em entrevista ao Acorda Cidade que está faltando profissionais de marcenaria no Mercado de Trabalho em Feira de Santana. Segundo ele, apenas 30 marceneiros estão cadastrados no município, desde 2020.

“Essa redução se deu por conta da pandemia. Há uma baixa procura porque, normalmente, são profissionais autônomos. Desses 30 registrados na Casa do Trabalhador, com experiência em carteira assinada, só temos três”, afirmou.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Você é marceneiro?

Pessoas que atuem no ramo da marcenaria e desejam buscar uma das vagas ofertadas pelo empresário Elias de Assis, podem entrar em contato com ele através do (75) 99147-5913 ou entregar o currículo pessoalmente na Locadora de Bilhares, Rua Senador Quintino, 1265 (Em frente à Arena Senador).

As informações são do repórter Ed Santos do Acorda Cidade.

 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Projeto oferece pigmentação gratuita do seio a mulheres que tiveram câncer de mama em Feira de Santana
Outubro Rosa

Projeto oferece pigmentação gratuita do seio a mulheres que tiveram câncer de mama em Feira de Santana

O tatuador Daniel Fernandes é o responsável pelo Projeto Rosas.

Feirenses utilizam últimas parcelas do auxílio emergencial para comprar gás e completar despesas básicas
Feira de Santana

Feirenses utilizam últimas parcelas do auxílio emergencial para comprar gás e completar despesas básicas

Com o saque de hoje, está concluída a fase de retirada da sexta parcela do auxílio emergencial.

Aos 58 anos de idade, dona de casa luta para encontrar registro de identificação: 'Só quero ser uma pessoa normal'
Feira de Santana

Aos 58 anos de idade, dona de casa luta para encontrar registro de identificação: 'Só quero ser uma pessoa normal'

Em entrevista ao Acorda Cidade, dona Marilucia informou que já esteve nos cartórios onde foi registrada, mas...

Vídeo

Princípio de incêndio atinge distribuidora de produtos automotivos na Rua Cristóvão Barreto Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta segunda-feira 18.10:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram