Acorda Cidade - Dilton Coutinho

05 de Dezembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Bahia

Todas as notícias
Publicado em 12/10/2021 08h56.

Aos 11 anos de idade, menino de Antônio Cardoso desenvolve a arte através de produtos recicláveis

No perfil do Instagram, Jhonatan já possui mais de 200 seguidores. Segundo ele, muitas pessoas se interessam pela arte através das publicações e realizam os pedidos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Aos 11 anos de idade, menino de Antônio Cardoso desenvolve a arte através de produtos recicláveis
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Gabriel Gonçalves

Nesta terça-feira (12), é celebrado anualmente o Dia das Crianças, período em que o comércio tem grande movimento na comercialização de presentes e principalmente, de brinquedos.

É neste momento, que muitas crianças ficam na expectativa em ganhar aquele produto tão desejado durante o ano. Na contramão deste pensamento, enquanto uns pensam no que ganhar, outros fabricam os modelos para comercializar.

Mesmo tão pequeno, Jhonatan de Brito Almeida, com apenas 11 anos de idade, morador da zona rural do município de Antônio Cardoso, já mostrou que tem talento quando o assunto é arte.

É através das redes sociais, que Jhonatan exibe os produtos que ele mesmo confecciona, através de materiais recicláveis. Em entrevista ao Acorda Cidade, o pequeno artista explicou que tudo começou quando já observava as panelas na cozinha de casa, e foi na curiosidade e no talento, que teve início com as produções.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

"Eu comecei a fazer esse material antes da pandemia, logo depois eu parei, mas retornei a construir. No início, algumas coisas saíam de maneira errada, mas foi tentando até acertar. Eu via as panelas da minha mãe, pegava algumas latas e começava a construir e quando minha mãe viu que estava ficando bonito, elas comprou as tintas para pintar e agora estou vendendo os materiais", explicou.

No perfil do Instagram, Jhonatan já possui mais de 200 seguidores. Segundo ele, muitas pessoas se interessam pela arte através das publicações e realizam os pedidos.

"Eu faço passarinhos, joaninhas, motos, carros, o kit de panela, que vem a panela de pressão, escorredor, cuscuzeiro, frigideira, e assim que estão prontas, eu posto no Instagram e as pessoas fazem o pedido. Eu até tenho um canal no YouTube, porém não posto muitos vídeos por causa da qualidade da câmera que não é muito boa", disse.

Ao Acorda Cidade, Jhonatan afirmou que pretende se formar como engenheiro, mas enquanto ainda não chega no período, continua produzindo as artes dentro de casa paralelo aos estudos.

A mãe do pequeno Jhonatan, Gisleide de Brito Almeida, confessou que logo no início do projeto, não apoiou bastante por conta da 'bagunça' que é feita. Mas ao perceber o grande potencial do filho, decidiu apoiar na produção.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

"Desde pequeno, tudo que ele via lá fora, ele pegava para reciclar, olhava as coisas aqui dentro da casa, e começava a construir. Foi algo inesperado, porque ele já vem desde cedo produzindo esses materiais, porém não imaginávamos que iria chegar tão longe. Logo no início eu não gostava porque era uma bagunça, eu brigava com ele, não deixava fazer, mas depois que veio a pandemia e ele ficou mais tempo em casa, eu fui deixando, vi que estava dando certo, compramos o material para pintar, postamos e está dando certo", explicou.

Para Gisleide, o mundo apresenta diversos caminhos a serem seguidos e nesse momento, se sente feliz e orgulhosa, em ver que o filho com apenas 11 anos de idade, já desenvolve a arte.

"Estamos vivendo em um mundo tão difícil e muitas vezes, as crianças já começam a caminhar por lados errados, já desde pequeno e eu me sinto muito feliz em ver meu filho com apenas 11 anos, pegando as coisas, reciclando e transformando em uma grande arte, isso me orgulha porque incentiva outras crianças. Eu espero que meu filho possa ter um futuro brilhante, um rapaz de bem, de boa qualidade e com Fé em Deus, porque primeiramente é Deus e depois que a gente vai lutar para ele ser um engenheiro como ele quer", destacou.

Ainda de acordo com Gisleide, mesmo utilizando produtos recicláveis, é necessário que seja feita a compra de uma tinta adequada para pintar o material. Segundo ela, a tinta tem um custo alto.

"As pessoas estão gostando muito do trabalho que ele vem desenvolvendo, porém a nossa dificuldade, são as tintas, pouco caras. É um tipo de tinta spray, então a nossa única dificuldade no momento é essa", concluiu.

Para entrar em contato com o pequeno artista Jhonatan, as pessoas podem acessar o Instagram: @jhonatan.britoo ou pelo telefone: (75) 99702-3603

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Abastecimento de água será interrompido nesta segunda-feira (6)
Bahia

Abastecimento de água será interrompido nesta segunda-feira (6)

A previsão é que o serviço seja concluído no início da noite do mesmo dia (6), quando o fornecimento de ...

Parte de ponte para passagem de pedestres em terminal marítimo desaba na BA
Salvador

Parte de ponte para passagem de pedestres em terminal marítimo desaba na BA

Terminal está desativado, mas seguia sendo utilizado por ser o único local de acesso de embarcações que fa...

Vídeo

Buracos e lama causam transtornos a moradores e comerciantes da Rua Tupinambá Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 03.12:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram