Acorda Cidade - Dilton Coutinho

23 de Outubro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 12/10/2021 08h50.

Mesmo com portões fechados, comerciantes se concentram no entorno do Centro de Abastecimento

Além dos comerciantes, os taxistas também estavam no entorno do Centro de Abastecimento aguardando passageiros para realizar corridas.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Mesmo com portões fechados, comerciantes se concentram no entorno do Centro de Abastecimento
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Gabriel Gonçalves

O Centro de Abastecimento de Feira de Santana não funcionou nesta terça-feira (12), feriado nacional, Dia de Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil, data em que também é comemorado o Dia das Crianças.

Mesmo com os portões fechados, alguns comerciantes montaram as bancas para comercializar os produtos no entorno do Centro, como é o caso de Hamilton Oliveira Almeida que há mais de 20 anos trabalha vendendo repolho.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Em entrevista ao Acorda Cidade, ele explicou que o movimento ainda estava fraco e afirmou que o entreposto deveria abrir, mesmo que fosse feriado.

"Eu já trabalho aqui há mais de 20 anos vendendo repolho e gengibre aqui no Centro de Abastecimento e hoje realmente é Dia das Crianças, quem tem seus filhos devem correr para o abraço, mas acredito que o espaço aqui deveria abrir e quem quisesse trabalhar, era só vim, quem não quisesse, ficava em casa descansando", disse.

Fotos: Paulo José/Acorda Cidade

Além dos comerciantes, os taxistas também estavam no entorno do Centro de Abastecimento aguardando passageiros para transportá-los.

De acordo com Reinaldo Santos, com a chegada das empresas de aplicativos na cidade, a categoria dos taxistas teve uma grande desvalorização.

"A praça continua na mesma situação e cada dia ficando pior. A gente sabe que tem bastante aplicativo aqui na cidade e os táxis estão ficando nos últimos planos dos usuários. A gente não tem condições de trabalhar da mesma forma como eles trabalham, nem por essa forma de táxi-lotação. Mesmo que ainda não seja permitido definitivamente, mas lembro que teve um período na greve dos ônibus, que a prefeitura nos autorizou a fazer isso, mas infelizmente quando eu cheguei em um ponto para fazer a linha do bairro Feira IX, um grupo de clandestinos me enquadrou e disse que se eu continuasse, teria os quatro pneus furados, então não tem como entrar nessa briga", destacou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Stpac vai assumir emergencialmente quatro linhas rurais da empresa Rosa
Feira de Santana

Stpac vai assumir emergencialmente quatro linhas rurais da empresa Rosa

SMTT solicita aos usuários que adquiriram créditos de passagem no cartão Via Feira que compareçam nos pont...

Viadutos serão interditados parcialmente no final de semana
Feira de Santana

Viadutos serão interditados parcialmente no final de semana

Medida é necessária para execução de serviços

Biblioteca de Bonfim de Feira ganha quase 2 mil livros
Feira de Santana

Biblioteca de Bonfim de Feira ganha quase 2 mil livros

Doações foram feitas pelo Rotary Club Portal do Sertão

Vídeo

Comerciantes dizem que podem voltar à Sales Barbosa se não houver diálogo com o prefeito Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 22.10:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram