Acorda Cidade - Dilton Coutinho

19 de Setembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Política

Todas as notícias
Publicado em 14/09/2021 15h27.

Por 12 votos a 7, Câmara Municipal derruba vetos do Governo Municipal em votação da LDO

9 emendas foram derrubadas pela bancada de oposição.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Por 12 votos a 7, Câmara Municipal derruba vetos do Governo Municipal em votação da LDO
Foto: Divulgação

Gabriel Gonçalves

O Governo Municipal sofreu mais uma derrota na manhã desta terça-feira (14) na Câmara Municipal de Feira de Santana, quando foi realizada a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Por 12 votos a 7, nove emendas do prefeito Colbert Martins foram reprovadas pelos vereadores de oposição.

Em entrevista ao Acorda Cidade, o vereador e vice líder do governo, Pedro Américo (DEM), explicou que o resultado já era esperado e afirmou que tentou convencer os outros vereadores afirmando que as emendas eram importantes para o município.

"Esse já era um resultado esperado, a gente tentou convencer os colegas, porque é importante que população saiba que esta votação da LDO, é a lei mais importante que tempos aqui neste ano para votar o orçamento, tentamos mostrar que os nove vetos feitos pelo prefeito eram vetos que garantem a legalidade da ação, mas ainda assim, não foi possível convencê-los", disse.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

De acordo com o vereador, uma das emendas, é que qualquer convênio que o município venha a fazer, será necessário que passe primeiro pela Câmara Municipal, para que seja aprovado.

"Um dos pontos mais importantes desta votação, é que uma das emendas diz que fica impedido que o município faça convênios com outras entidades e isso é um absurdo, porque eles querem que passe primeiro pela Câmara, até que se tenha uma autorização. Então imagine uma universidade que quer fazer uma parceria com a prefeitura, dando cursos gratuitos para servidores, a Câmara ainda terá que aprovar, ou seja, a Câmara está buscando um poder que ela não tem. O segundo ponto que venho destacar, é que obriga o município, obriga o prefeito, a qualquer mudança no quadro de detalhamento de despesas de verba suplementares. Por exemplo, um deputado federal, faz uma emenda e coloca para o município um milhão de reais para a ajudar no asfalto de um bairro, ele já coloca o dinheiro dizendo o que tem que ser feito, e agora com essas mudanças, para um deputado colocar um dinheiro aqui em Feira, será preciso pedir autorização da Câmara de Vereadores, então são esses absurdos, não era este o caminho e a Câmara quer controlar o executivo. Perdemos na votação, mas de fato, quem realmente perde na estrutura administrativa, é a população que vai ter dificuldades nas execuções dos serviços", afirmou.

Ao Acorda Cidade, o vereador e vice presidente da Câmara de Vereadores, Silvio Dias (PT), informou que não haverá empecilhos para que os convênios sejam aprovados pela Câmara e enfatizou que uma reunião foi realizada no dia de ontem (13), para simplificar todo processo de aprovação.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

"Um ponto muito polêmico é essa questão dos convênios, o prefeito foi a público dizer que não poderia mais conveniar com as entidades, mas isso é falso. Na verdade, pode sim, porém esses convênios passarão pela Casa e ontem aqui em reunião, estávamos discutindo uma forma para simplificar o trâmite dessas aprovações de convênios. Não haverá nenhuma perda do ponto de vista dos convênios e agora em diante, será discutido de forma mais ampla como é feito com todas as emendas", destacou.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

 

Leia também:


Prefeito Colbert relata preocupação em votação da LDO na Câmara; recursos para entidades estão entre as emendas

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Câmara de Vereadores de Feira de Santana articula CPI da Saúde
Irregularidades financeiras

Câmara de Vereadores de Feira de Santana articula CPI da Saúde

A iniciativa é do vereador Silvio Dias (PT) e o processo está na fase de coleta de assinaturas.

Nepotismo cruzado: vereadores discutem sobre cargos ocupados por familiares
Nepotismo Cruzado

Nepotismo cruzado: vereadores discutem sobre cargos ocupados por familiares

As discussões ocorreram durante sessão na Câmara na manhã desta quinta-feira (16).

Rui chama apoiadores de Bolsonaro de seguidores de 'seita da  irracionalidade'
Política

Rui chama apoiadores de Bolsonaro de seguidores de 'seita da irracionalidade'

O governador criticou o presidente em coletiva realizada nesta manhã (15).

Vídeo

Folheteiro e cordelista, Jurivaldo Alves reforça o papel da literatura de cordel para a história Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 17.09:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram