Acorda Cidade - Dilton Coutinho

26 de Janeiro de 2022
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 09/09/2021 09h55.

Paralisação dos caminhoneiros é encerrada em Feira de Santana

A paralisação teve início na noite de ontem (8).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Paralisação dos caminhoneiros é encerrada em Feira de Santana
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Gabriel Gonçalves

Depois de quase 12 horas de paralisação, os caminhoneiros que estavam estacionados na BR-116 Norte, decidiram seguir viagem após não ter uma representatividade no local.

Ao Acorda Cidade, o caminhoneiro Jorge Freitas, também informou que não há uma liderança para representar os motoristas no local e por isso, muitos se revoltaram e deram continuidade em suas viagens.

"Eu estou indo para Juazeiro e só estou aguardando a posição da empresa se eles me liberam, se retorno para empresa, porque muita gente já se revoltou aqui e furou o bloqueio. Inclusive, o pessoal aqui do posto hoje pela manhã já aumentou o preço dos combustíveis. O Diesel que era R$ 4,23, já colocaram para R$ 4,50, a mesma coisa a gasolina que estava de R$ 5,65, já foi para R$ 5,93. Infelizmente ninguém chegou aqui para dizer o motivo da paralisação, quanto tempo iríamos ficar aqui parados, então muita gente está indo embora", contou.

Foto: Paulo José

Outro caminhoneiro que também estava no movimento e não quis se identificar, informou a reportagem do Acorda Cidade que estacionou o caminhão no pátio do posto de combustível, mas destacou que não sabia o motivo da paralisação.

"Eu sou motorista de transportadora em geral. Estou indo para o município de Salgueiro e parei aqui ontem por volta de 20h30, mas eu não sei nem informar qual o motivo dessa greve e nem sei informar porque as pessoas estão desistindo da paralisação. Vou aguardar mais um pouco, mas daqui a pouco também irei seguir viagem", disse.

Retornando para Brasília, o caminhoneiro Dorivaldo Pereira de 69 anos de idade, informou ao Acorda Cidade que estava vindo de Salvador a serviço, e afirmou que é contra as paralisações que estão acontecendo no Brasil.

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

"Eu trabalho com frete há cerca de 30 anos e passo em média de 20 até 30 dias fora de casa. Agora mesmo estou vindo de Salvador para Brasília e não sou a favor dessas paralisações porque só trazem desgaste para os motoristas. Se fosse para baixar o diesel, a gasolina, aumentar o frete, reduzir o preço do frete, mas são outras picuinhas que não sou a favor, quem quiser que fique a vontade", afirmou.

Ainda segundo o caminhoneiro, um frete de Brasília até Salvador, custa em média de R$ 5.500, mas cerca de R$ 3.000 é para pagar o combustível.

"Hoje uma mudança de Brasília até Salvador, a gente cobra o valor de R$ 5.500, só que apenas de combustível, a gente gasta quase R$ 3.000. Fora manutenção de veículo, o que sobra é muito pouco", pontuou.

Com informações do repórteres Paulo José e Ed Santos do Acorda Cidade

Leia também:

Caminhoneiros avaliam que está faltando união da categoria em aderir à paralisação; muitos desistiram

Caminhoneiros paralisam em Feira de Santana

Caminhoneiros iniciam mobilização na BR-116 em Feira de Santana

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Prefeitura libera acesso de animais domésticos pequenos nos parques públicos de Feira de Santana
Feira de Santana

Prefeitura libera acesso de animais domésticos pequenos nos parques públicos de Feira de Santana

É exigido apenas que os animais usem coleira, acompanhados de seus proprietários, que ficarão responsáveis...

Entidades se unem e arrecadam toneladas de alimentos para vítimas das enchentes em Itabuna
Solidariedade

Entidades se unem e arrecadam toneladas de alimentos para vítimas das enchentes em Itabuna

De acordo com o presidente da Acefs, Genildo Melo, duas entidades filantrópicas da cidade de Itabuna serão b...

Moradores cobram pavimentação da Rua Caminho das Índias no bairro Gabriela II: 'Abandono'
Feira de Santana

Moradores cobram pavimentação da Rua Caminho das Índias no bairro Gabriela II: 'Abandono'

O que poderia ser uma rua completamente pavimentada, retrata um caminho da zona rural com muita vegetação na...

Vídeo

Proprietários de terrenos em Feira de Santana que permitirem descarte incorreto de lixo, serão multados Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quarta-feira 26.01.22:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram