Acorda Cidade - Dilton Coutinho

23 de Outubro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Mundo

Todas as notícias
Publicado em 17/08/2021 11h00.

Haiti: tempestade diminui esperança de encontrar sobreviventes

Tempestade Grace chegou ao sudoeste haitiano
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Haiti: tempestade diminui esperança de encontrar sobreviventes
Foto: Reprodução/ Globonews

Acorda Cidade

Agência Brasil - Chuvas pesadas atingiram o Haiti na noite dessa segunda-feira (16), complicando os esforços de resgate e encharcando milhares de pessoas que foram desabrigadas pelo terremoto devastador do último sábado (14). A esperança de encontrar sobreviventes nos destroços dos prédios que desabaram diminuiu. O forte tremor, de magnitude 7,2, matou pelo menos 1.419 pessoas.

A depressão tropical Grace chegou às regiões do sudoeste haitiano mais assoladas pelo tremor, atingindo cidades arrasadas com ventos fortes e chuvas torrenciais e causando inundações.

O terremoto derrubou dezenas de milhares de edifícios do país mais pobre das Américas, que ainda se recupera de um grande sismo de 11 anos atrás, que matou mais de 200 mil pessoas.

O desastre mais recente veio pouco mais de um mês depois de o Haiti mergulhar em uma crise política devido ao assassinato do presidente Jovenel Moise, no dia 7 de julho.

Vários hospitais grandes foram gravemente danificados, dificultando a assistência humanitária, assim como os pontos centrais de muitas comunidades, como igrejas e escolas.

Ontem, autoridades haitianas disseram que 1.419 mortes foram confirmadas, e cerca de 6.900 pessoas ficaram feridas.

Enquanto a esperança de encontrar um número significativo de sobreviventes entre os escombros diminuía, a tempestade prejudicou os agentes de resgate na cidade litorânea de Les Cayes, que está localizada cerca de 150 quilômetros a oeste da capital Porto Príncipe e a que mais sofreu com o tremor.

Prevê-se que a tempestade deixará até 38 centímetros de chuva em partes do Haiti, criando o risco de marés, de acordo com o Centro Nacional de Furações dos Estados Unidos (NHC).

Agentes de resgate de todo o Haiti estavam escavando os destroços ao lado dos moradores, na noite de ontem, para tentar resgatar corpos, mas poucos manifestavam esperança de encontrar alguém vivo. Uma nuvem de poeira e corpos em decomposição eram vistos.

"Viemos de todas as partes para ajudar: do norte, de Porto Príncipe, de todos os lugares", disse Maria Fleurant, do Corpo de Bombeiros do norte haitiano.

Enquanto as chuvas intensas chegavam, agentes de emergência retiraram um travesseiro manchado de sangue dos escombros, seguido pelo corpo de um menino de três anos que parece ter morrido dormindo durante o tremor.

Pouco depois, os agentes suspenderam os trabalhos devido à intensidade da chuva.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Alec Baldwin diz estar cooperando com investigação policial após disparar com arma de fogo e matar diretora de arte em set
Mundo

Alec Baldwin diz estar cooperando com investigação policial após disparar com arma de fogo e matar diretora de arte em set

'Não há palavras para expressar meu choque e tristeza em relação ao trágico acidente que tirou a vida de ...

Emirados Árabes querem atrair empresas alimentícias brasileiras
Mundo

Emirados Árabes querem atrair empresas alimentícias brasileiras

Brasil já é parceiro importante para que não falte comida no país.

Internacional

ONU divulga recomendações para países minimizarem impactos da pandemia

Cerca de 1,4 bi de crianças e jovens ficaram sem atividades escolares.

Vídeo

Comerciantes dizem que podem voltar à Sales Barbosa se não houver diálogo com o prefeito Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 22.10:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram