Acorda Cidade - Dilton Coutinho

25 de Setembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Educação

Todas as notícias
Publicado em 30/07/2021 10h17.

Novos cursos presenciais e a distância têm abertura autorizada pelo MEC

Mais de 21 mil vagas serão oferecidas em 14 instituições de ensino superior do país
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Novos cursos presenciais e a distância têm abertura autorizada pelo MEC
Foto: Divulgação

Agência Educa Mais Brasil

O Ministério da Educação anunciou a abertura de 36 novos cursos de graduação, presencial e a distância, em 14 instituições de ensino superior do país. A oferta gerou 21.380 vagas, em vários cursos, dentre eles Pedagogia, Direito, Administração, Publicidade e Propaganda, Gestão Pública, Farmácia, Biomedicina, Educação Física, Turismo, Nutrição, Engenharia Civil e Ciências Contábeis.

A maior parte das vagas (19.200) é para cursos na modalidade a distância. As demais (2.180) serão ofertadas na modalidade presencial. A Administração lidera em número de novos cursos autorizados, 31, seguido por Pedagogia com 26 novos cursos, Gestão de Recursos Humanos com 18, Direito com 14 e Psicologia com 12.

Neste ano foram autorizadas 126 mil novas vagas de cursos de graduação e tecnológicos, segundo o MEC, os quais 112.185 vagas são para a educação a distância (EAD) e 14.207 para o ensino presencial.

“Cabe ressaltar que, mesmo em tempos de pandemia, o Ministério da Educação tem feito todos os esforços necessários para o bom desenvolvimento da educação superior brasileira, tendo finalizado o primeiro semestre de 2021 com mais de oito mil atos autorizativos publicados no Diário Oficial da União, um recorde histórico em comparação aos últimos sete anos”, afirmou o secretário de regulação e supervisão da educação superior do MEC, Paulo Almeida.

Requisitos

Para ofertar um curso superior a instituição de ensino precisa estar credenciada pelo Ministério da Educação e encaminhar para a pasta um pedido de autorização por meio do sistema e-MEC.

O processo tem etapas que envolvem a análise de documentos como o projeto pedagógico do curso, o contrato do imóvel e o rol de docentes, além da realização de visita à instituição sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Caso a instituição seja aprovada em todas as etapas, a Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) publica ato autorizativo no Diário Oficial da União.

Segundo Almeida, “além de autorizar o funcionamento de um curso superior, cabe à Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres) também prezar pela avaliação de qualidade. Uma vez autorizados os cursos, eles vão passar por avaliações periódicas para verificação da qualidade. Se estiver tudo certo terão o seu reconhecimento e, de tempos em tempos, a renovação de reconhecimento do curso”.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Uefs realiza Feira de Graduação a partir de 28 de setembro
Educação

Uefs realiza Feira de Graduação a partir de 28 de setembro

Evento visa ainda promover um diálogo sobre as oportunidades de atuação profissional dos egressos de gradua...

Rui Costa visita prédio da Famfs, onde será construída escola com investimento de mais de R$ 25 milhões
Educação

Rui Costa visita prédio da Famfs, onde será construída escola com investimento de mais de R$ 25 milhões

Rui anunciou que irá implantar outros projetos para estimular a formação de mão de obra técnica no espaç...

Governo nomeia último grupo de aprovados em concurso para a rede estadual de ensino
Educação

Governo nomeia último grupo de aprovados em concurso para a rede estadual de ensino

Os nomeados poderão tomar posse imediatamente

Vídeo

Moradores da Rua Tupinambá reclamam de buraqueira e falta de drenagem Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 24.09:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram