Acorda Cidade - Dilton Coutinho

20 de Outubro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 27/07/2021 10h08.

Infectologista alerta que variante Delta tem 60% a mais de capacidade de transmissão

O vírus já circula em dez estados do país.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Infectologista alerta que variante Delta tem 60% a mais de capacidade de transmissão
Foto: Divulgação/Secom PMFS | Médica infectologista Melissa Falcão

Gabriel Gonçalves

Até a última sexta-feira (23), o balanço do Ministério da Saúde apontava que 143 pessoas no Brasil, estão infectadas com a variante Delta do novo coronavírus.

Durante a coletiva de imprensa realizada pela prefeitura municipal de Feira de Santana, sobre o balanço da Covid-19 na manhã desta terça-feira (27), a médica infectologista e coordenadora do Comitê de enfrentamento à pandemia na cidade, Melissa Falcão, afirmou que mesmo ainda não tendo dados confirmados da variante Delta no estado da Bahia, todo cuidado é pouco, pois uma única pessoa infectada com este vírus, pode transmitir a doença para até seis pessoas.

"Uma preocupação que temos nesse momento, é a circulação no Brasil do vírus Delta. Já temos o vírus circulando em cerca de 10 estados, inclusive aqui na região Nordeste no estado de Pernambuco. Aqui na Bahia, não temos confirmação, mas por quê essa preocupação? De acordo com os dados, ela tem 60% a mais de capacidade para transmitir a doença, comparada com a variante do Reino Unido. Então se antes o outro vírus transmitia para duas, três pessoas, esta nova variante Delta pode transmitir até para seis pessoas, por isso que ela assusta tanto. Além disso, ela começa a ser detectada no paciente de forma mais precoce, então as pessoas sem sintomas podem estar circulando sem medo e até mesmo, contaminando outras pessoas. Não existe uma comprovação de que esta variante é mais letal e mais grave do que as outras, porém como ela tem uma capacidade de contaminar mais pessoas, essa situação pode se agravar", afirmou.

 

Leia também:

Feira de Santana registra redução de 50% em número de mortes por covid-19 e 58% em casos confirmados

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Fiocruz aponta estabilidade em casos de síndrome respiratória grave
Covid-19

Fiocruz aponta estabilidade em casos de síndrome respiratória grave

Infogripe destaca que nível estável estende-se por todas as idades

McDia Feliz ajudará Martagão a manter o programa de transplantes. Saiba como participar
Bahia

McDia Feliz ajudará Martagão a manter o programa de transplantes. Saiba como participar

Toda a renda obtida com a venda desse sanduíche será revertida, na Bahia, para a instituição filantrópica...

Pacientes retornam para casa sem realizar exames no Ceparh devido à superlotação
Feira de Santana

Pacientes retornam para casa sem realizar exames no Ceparh devido à superlotação

Cerca de 130 atendimentos estão sendo realizados por dia na unidade.

Vídeo

Com retorno 100% presencial, escolas e estudantes da rede estadual buscam se adaptar à nova realidade deixada pela pandemia Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta terça-feira 19.10:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram