Acorda Cidade - Dilton Coutinho

02 de Agosto de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 19/07/2021 14h24.

Marcelo Nilo classifica como 'injustiça' centralização política na Bahia em PT, PP e PSD

Marcelo Nilo, que é deputado há oito mandatos, reconheceu a importância política de nomes do PP e do PSD.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Marcelo Nilo classifica como 'injustiça' centralização política na Bahia em PT, PP e PSD
Foto: Rafael Martins/ Ag. A Tarde | Marcelo Nilo

Integrante da base aliada do governador Rui Costa, o deputado federal Marcelo Nilo (PSB) não concorda com o tripé PT – PP – PSD, que desde a eleição de 2018 vem sendo privilegiado na formação de chapa majoritária nas eleições e no governo. Segundo Nilo, a tendência é de que em 2022 os mesmos partidos estejam na disputa pelo governo e senado na Bahia. Para o deputado, essa centralização em três siglas não é justa.

“Não concordo com esse negócio de PT – PP – PSD, mas conheço política e sei que está decidido. A chapa vai ser Wagner e Otto. Se o PP aceitar indicar a vice, um deputado, um prefeito do PP. Está resolvida chapa de Jaques Wagner”, sugeriu Nilo em entrevista ao programa Isso é Bahia, da rádio A Tarde FM 103,9, nesta segunda-feira (19).

Diante da discordância, Nilo vai avaliar e dialogar com a presidente do PSB e também deputada federal Lídice da Mata sobre o apoio.

O argumento de Nilo é de que definir uma chapa majoritária por sigla é um erro e uma injustiça. “Não concordo, mas vou avaliar se eu aceito. Vou conversar com Lídice, conversar com o partido. Acho que não é justo, porque esse negócio de você decidir por partido não é justo. Acho que deveria ser assim: quem é que tá melhor nas pesquisas? quem é que tem história do nosso lado?”, ponderou.

Nas eleições de 2018 o PSB foi retirado da chapa majoritária do governador Rui Costa. Lídice, na época senadora, não pôde concorrer a reeleição ao cargo e então pleiteou, e venceu, a eleição para deputada federal.

Marcelo Nilo, que é deputado há oito mandatos, reconheceu a importância política de nomes do PP e do PSD. Citou como exemplo o senador Otto Alencar (PSD) e o papel que vem desempenhando na CPI da Pandemia, e também o perfil do vice-governador João Leão (PP).

“Otto tem um excelente trabalho na CPI, é coerente, está lá votando contra Bolsonaro. Aí vem o PP, o João Leão é trabalhador, tem um perfil forte na política, quer ser candidato a governador, mas todo mundo sabe que na hora da onça beber água o leão vai chegar e dizer: olha eu quero a vice pra fulano e presidência da Assembleia. e eu tenho certeza que Jaques Wagner vai dar, tá decidido, eu não sou menino amarelo”, concluiu o deputado. (Com informações do site Bahia Notícias)

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Além de José Ronaldo, Pastor Tom garante o apoio de ACM Neto
Política

Além de José Ronaldo, Pastor Tom garante o apoio de ACM Neto

O presidente nacional dos Democratas (DEM), já o garantiu como um dos candidatos do grupo.

Após ofender empresária, Vilas-Boas se desculpa: 'Conto com o perdão de todos'
Bahia

Após ofender empresária, Vilas-Boas se desculpa: 'Conto com o perdão de todos'

Durante conversa divulgada através de um aplicativo de mensagens com Angeluci, Vilas-Boas chamou a chef de 'v...

Ex-presidentes do TSE divulgam nota em defesa do processo eleitoral
Política

Ex-presidentes do TSE divulgam nota em defesa do processo eleitoral

Nota também é assinada por atual e dois próximos presidentes do TSE

Vídeo

UFRB ganha novos laboratórios para os cursos de engenharia em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta segunda-feira 02.08:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram