Acorda Cidade - Dilton Coutinho

27 de Outubro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

São João

Todas as notícias
Publicado em 22/06/2021 06h15.

Por questões de segurança, população deve denunciar locais irregulares de vendas de fogos

A prefeitura de Feira de Santana autorizou a venda de fogos no Parque de Exposição João Martins da Silva, na BR-324.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Por questões de segurança, população deve denunciar locais irregulares de vendas de fogos
Foto: Rodrigo Sales/Folha BV

Laiane Cruz

Comercializar fogos em barracas improvisadas, sem qualquer item de segurança e alvará específico de funcionamento para esta finalidade, além de muito perigoso é ilegal.

A Defesa Civil de Feira de Santana informou que, caso a população tenha conhecimento de algum local que venda fogos irregularmente ou verifique algum tipo de risco, que faça a denúncia.

Leia também: Mesmo sem festejos juninos, comerciantes apostam nas vendas de fogos de artifício

Segundo a coordenadora da Defesa Civil, Ana Karolline Rebouças, o órgão municipal tem o papel de fiscalizar a fabricação e venda de fogos com o objetivo de evitar acidentes.

“Em relação à questão de venda de fogos, nosso município tem essa cultura de vendas de fogos em períodos festivos, principalmente São João e final de ano. A Defesa Civil nesta questão faz o papel de prevenção de como usar, para que evite o risco de acidentes. Na questão de fiscalizações, a gente faz uma ação integrada com outros órgãos, no período junino. Devido à pandemia, esses eventos não estão previstos para acontecer, mas há uma cultura no nosso município da compra desses fogos de artifícios”, informou Rebouças ao Acorda Cidade.

Foto: Ney Silva/Acorda Cidade
 

Segundo ela, não há informação de que no município já tenha ocorrido algum tipo de acidente grave, mas a Defesa Civil busca sempre alertar a população para não estocar fogos dentro de casa, por exemplo.

“A gente até já fez um simulado sobre o que pode acarretar fazer esse armazenamento e essa venda clandestina de fogos, próximo a residências, escolas, hospital. A gente sempre realiza nesse período uma fiscalização no sentido de orientar e fazer um papel de prevenção. Não existe o proibir a venda, o que a gente solicita é que os locais de vendas sejam autorizados, que sigam as normas, as leis do município, para que se tenha um distanciamento, uma forma adequada de se vender, então não é proibido, mas tem que ser uma forma legalizada e totalmente correta para a venda desses fogos”, esclareceu.

Prefeitura autorizou a venda de fogos no Parque de Exposição | Foto: Ed Santos/Acorda Cidade
 

A coordenadora da Defesa Civil informou ainda que em 2019 foi feito um decreto, que fixava um local para barracas venderem fogos no Parque de Exposição João Martins da Silva, na BR-324, por ser um local distante do centro, onde não há proximidade com casas, hospitais e escolas, por ser um risco.

“Quanto ao papel de prevenir, a gente solicita que quando for fazer a compra desses fogos, que comprem em locais autorizados, se certifiquem que aquele local está apto para vender, verificar validade dos fogos, modo de usar; crianças devem soltar os fogos recomendados para a idade junto com um adulto e caso aconteça qualquer acidente procurar os primeiros socorros.”

Com informações de Ney Silva do Acorda Cidade.
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Bahia registra 232 novos casos de Covid-19 e mais 3 óbitos pela doença
Covid-19

Bahia registra 232 novos casos de Covid-19 e mais 3 óbitos pela doença

O boletim epidemiológico contabiliza ainda 1.536.748 casos descartados e 236.545 em investigação

Prefeitura de São Gonçalo pode pagar multa de R$ 50 mil caso realize outro evento junino
Festejos juninos

Prefeitura de São Gonçalo pode pagar multa de R$ 50 mil caso realize outro evento junino

Evento estava marcado para ocorrer até este sábado (26).

Adelmário Coelho suspende live de São João após detectar reinfecção de covid-19
São João

Adelmário Coelho suspende live de São João após detectar reinfecção de covid-19

Anúncio foi feito nas redes sociais do artista, que é um dos principais forrozeiros da Bahia.

Vídeo

Após manifestação, trânsito fica congestionado no centro de Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta terça-feira 26.10:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram