Acorda Cidade - Dilton Coutinho

25 de Junho de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Política

Todas as notícias
Publicado em 11/06/2021 06h20.

Senado aprova criação de certificado para vacinados contra covid-19

PL visa promover volta à rotina das pessoas com segurança sanitária
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Senado aprova criação de certificado para vacinados contra covid-19
Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Acorda Cidade

Agência Brasil - O Senado aprovou ontem (10) um projeto de lei (PL) que cria o Certificado de Imunização e Segurança Sanitária (CSS). Esse certificado permitirá que pessoas vacinadas ou que testaram negativo para covid-19 ou outras doenças infectocontagiosas circulem em espaços públicos ou privados onde há restrição de acesso. O texto vai à Câmara.

Segundo o relator, Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), a ideia do projeto é conciliar a adoção de medidas restritivas de contenção do coronavírus com a "preservação dos direitos individuais e sociais". Para ele, o CSS vai ajudar estados e municípios a administrar e balancear as medidas restritivas de locomoção ou de acesso de pessoas a serviços ou locais, públicos ou privados.

Para Vital do Rêgo, o CSS traz como premissa o fato de que as pessoas imunizadas e as que testam negativo para a covid-19 representam baixo risco de propagação do vírus, desde que respeitadas as medidas profiláticas de distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos. Assim, na avaliação dele, não se justifica que essas pessoas permaneçam isoladas, impedidas de trabalhar, estudar e se locomover.

O certificado poderá ser utilizado para autorizar a entrada em locais e eventos públicos, o ingresso em hotéis, cruzeiros, parques e reservas naturais, entre outras possibilidades. “Dessa forma, garantiremos não somente o direito de circulação da população, mas também a diminuição dos efeitos nocivos do isolamento social prolongado, bem como a manutenção das atividades econômicas que não puderam se adaptar a sistemas remotos de oferta de serviços e produtos”, disse o autor do projeto, senador Carlos Portinho (PL-RJ).

* Com informações da Agência Senado

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Ministro diz que PF vai investigar deputado por falas sobre vacina
Covaxin

Ministro diz que PF vai investigar deputado por falas sobre vacina

Onyx Lorenzoni negou qualquer irregularidade na contratação da Covaxin

Bolsonaro sanciona lei com mudanças nos critérios de pagamento do BPC
Política

Bolsonaro sanciona lei com mudanças nos critérios de pagamento do BPC

Texto traz novo auxílio previsto no Estatuto da Pessoa com Deficiência

Após rejeição, Projeto do Fundeb retorna à Câmara Municipal para ser votado
Feira de Santana

Após rejeição, Projeto do Fundeb retorna à Câmara Municipal para ser votado

Para Ivamberg Lima, é necessário que algum representante do Governo Municipal esteja presente para sanar qua...

Vídeo

Prefeito de São Gonçalo dos Campos é conduzido para Delegacia após Forró Itinerante ser encerrado pela segunda vez Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quarta-feira 23.06:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram