Acorda Cidade - Dilton Coutinho

24 de Junho de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 09/06/2021 12h25.

APLB e procurador do município entram em picuinha sobre questão do pagamento de salários dos professores

Eles explicaram ao âncora do Acorda Cidade, o radialista Dilton Coutinho qual é a situação do processo e cada um trouxe a sua versão.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
APLB e procurador do município entram em picuinha sobre questão do pagamento de salários dos professores
Foto: Montagem/Acorda Cidade

A discordância entre o Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB) e a prefeitura de Feira de Santana sobre a questão do pagamento de salários dos professores da rede municipal de ensino parece não ter fim.

O sindicato divulgou ontem (8) que havia derrotado a prefeitura em primeira e segunda instância na justiça, enquanto a prefeitura divulgou uma matéria informando que o Tribunal de Justiça da Bahia (TJ), não recomendava o pagamento das horas extras dos professores. Ambas as notícias geraram confusão e para entender a situação, o Acorda Cidade ouviu na manhã desta quarta-feira (9), a professora Marlede Oliveira, presidente da APLB e o procurador do município, Carlos Alberto Moura Pinho.

Eles explicaram ao apresentador do programa Acorda Cidade, o radialista Dilton Coutinho, qual é a situação do processo e cada um trouxe a sua versão. Na verdade, o que acontece é que duas liminares foram concedidas à APLB, versus uma da prefeitura municipal. Ainda falta a justiça determinar a sentença final do processo e decidir de uma vez por todas se os salários serão pagos ou não.

Com os ânimos exaltados, entre as explicações sobre o processo, a professora Marlede Oliveira e o procurador do município, Moura Pinho, trocaram ofensas, ao ponto do procurador dizer que a professora assassina o português, é despreparada e APLB está mentindo ao dizer que venceu na justiça. Já Marlede Oliveira considerou a postura do procurador como desclassificada e com linguajar de baixo nível .

Depois de tanta discussão, cabe a população de Feira de Santana esperar os próximos capítulos e ver quem realmente vai vencer esta ação na justiça.  (Por Rachel Pinto)

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Capitania dos Portos realiza ações no Lago de Pedra do Cavalo
Feira de Santana

Capitania dos Portos realiza ações no Lago de Pedra do Cavalo

O capitão será recebido pelo prefeito Colbet Martins, por volta das 10h, na Prefeitura Municipal.

Ministro do STF determina novamente prisão de Daniel Silveira
Justiça

Ministro do STF determina novamente prisão de Daniel Silveira

Deputado deverá ser preso no Batalhão Especial Prisional da PM do Rio

CNMP divulga números de Augusto Aras na pandemia
Política

CNMP divulga números de Augusto Aras na pandemia

'O distanciamento histórico permitirá que a pandemia seja olhada com olhar mais crítico e menos emocional'.

Vídeo

Prefeito de São Gonçalo dos Campos é conduzido para Delegacia após Forró Itinerante ser encerrado pela segunda vez Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quarta-feira 23.06:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram