Acorda Cidade - Dilton Coutinho

17 de Junho de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 09/06/2021 11h52.

Fernando Torres diz que Colbert 'persegue' vereadores, após exoneração de familiares

O vereador comentou sobre o cometimento de ‘estelionato eleitoral’ pela promessa de cargos na prefeitura, mas disse que os parlamentares não querem chegar à um impeachment para tirar Colbert do poder executivo.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Fernando Torres diz que Colbert 'persegue' vereadores, após exoneração de familiares
Foto: Paulo José/ Acorda Cidade | Presidente da Câmara Municipal, Fernando Torres

Com a exoneração de familiares de vereadores nesta quarta-feira (9), sucedida em virtude da aliança do vereador Ron do Povo (MDB) à bancada dos ‘independentes’ composta por dez vereadores e liderada pelo presidente da Casa, o vereador Fernando Torres (PSD) aproveitou a tribuna da Câmara ainda nesta manhã, para relatar a sua indignação pelos cargos demitidos no paço municipal.

De acordo com Fernando Torres, a exoneração de familiares dos vereadores é um exemplo de ‘perseguição’ do poder executivo aos parlamentares.

“O que nós, vereadores queremos, é que o prefeito atenda aos vereadores. Nós vereadores não queremos mandar recado, queremos falar cara a cara. O que nós escutamos hoje, é um exemplo de perseguição, foram currículos que vocês entregaram e ele acatou, mas porque não votou em determinado projeto dele, foi demitido. O que eu escutei, é que o irmão do vereador Ron foi demitido, só porque Ron ontem falou que era simpático ao grupo dos 10 e queria ingressar no grupo. A mulher do vereador Zé Curuca foi demitida também. Parece, que ele [Colbert] não gosta de família, mas ele vai logo na família para pegar a fraqueza dos vereadores”. 

O vereador comentou sobre o cometimento de ‘estelionato eleitoral’ pela promessa de cargos na prefeitura, mas disse que os parlamentares não querem chegar à um impeachment para tirar Colbert do poder executivo. 

“Deus, acima de tudo, está vendo as mentiras que contaram nas eleições prometendo empregos e não vamos se curvar a nenhum prefeito. Não queremos tirar ele impeachmado, mas é impossível ter uma convivência desta forma”. 

Ele concluiu dizendo que 134 requerimentos levados à prefeitura não foram respondidos, e pediu, diretamente ao prefeito, para que Colbert ‘acordasse’.  “Não estou falando mal da pessoa do prefeito, estou falando mal do prefeito de Feira de Santana. Foram 134 requerimentos levados à prefeitura, e nenhum respondido. Parece que não existe ninguém no paço municipal, a prefeitura está abandonada". (Por Maylla Nunes, com informações do repórter Paulo José).
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Otto defende R$ 1 bilhão por ano para revitalização do São Francisco
Política

Otto defende R$ 1 bilhão por ano para revitalização do São Francisco

O senador Otto informou ainda durante a sessão que já havia destinado R$ 900 milhões no orçamento para a r...

Criação de delegacia especializada em violência contra o idoso é proposta na Câmara
Câmara Municipal

Criação de delegacia especializada em violência contra o idoso é proposta na Câmara

O vereador frisou que se faz necessário implantar diversas delegacias nas principais cidades da Bahia para qu...

Vereadora Eremita Mota explica agitação na Câmara: 'ele disse que meteria a mão na minha cara'
Política

Vereadora Eremita Mota explica agitação na Câmara: 'ele disse que meteria a mão na minha cara'

Em conversa com o Acorda Cidade, a vereadora explicou o motivo pelo qual Correia Zezito se exaltou.

Vídeo

Prefeitura vai pagar mais de R$ 1,5 milhão para transmitir aulas da rede municipal pela TV Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quinta-feira 17.06:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram