Acorda Cidade - Dilton Coutinho

16 de Maio de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Educação

Todas as notícias
Publicado em 04/05/2021 17h55.

Com inscrições abertas, Universidade para Todos já beneficiou mais de 15 mil estudantes em Feira de Santana

Segundo a coordenadora, somente estudantes da rede pública do estado da Bahia, de todos os seus municípios, podem acessar o UPT.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Com inscrições abertas, Universidade para Todos já beneficiou mais de 15 mil estudantes em Feira de Santana
Foto: Divulgação/Uesc

Laiane Cruz

O programa Universidade para Todos em Feira de Santana (UPT/ Uefs) continua com as inscrições abertas para estudantes egressos ou que ainda estão em fase de conclusão do Ensino Médio e que desejam se preparar para o próximo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O UPT existe desde 2003, ao longo desses anos já beneficiou 15 mil alunos no município, e para o semestre atual já conta com 1.371 estudantes estão matriculados. Os interessados podem realizar a inscrição através do site www.upt.uefs.br. Lá o candidato encontra todas as orientações para efetivação da inscrição.

De acordo com coordenadora pedagógica do UPT/Uefs, Ana Maria Carvalho, o programa é promovido pela Secretaria de Educação do Estado da Bahia (Sec) e operacionalizado pelas universidades estaduais (Uneb, Uefs, Uesb, Uesc) e a UFRB. O objetivo do UPT é colaborar para o fortalecimento dos estudantes no processo de aprendizagem deles visando ao acesso ao ensino superior.

“Esse programa vem desde 2003 e tem contribuído bastante para que os estudantes do terceiro ano ou egressos da rede pública, possam aprofundar e se preparar para enfrentar o Enem.”

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Público-alvo

Segundo a coordenadora, somente estudantes da rede pública do estado da Bahia, de todos os seus municípios, podem acessar o UPT. São estudantes que são egressos ou ainda estão em curso no terceiro ano, ou também que já saíram da escola há muito tempo.

“Nós temos estudantes desde 16, 17 ou 18 anos àqueles com 30, 40, 50 anos, então está aberto a toda essa gama de estudantes que têm interesse de acessar uma universidade pública.”

Com a pandemia, os conteúdos estão sendo ministrados de forma virtual para os estudantes selecionados, entretanto, alguns materiais estão disponíveis na plataforma do programa no Youtube, que é acessível a qualquer estudante, seja da rede pública ou privada.

“Através do canal do Youtube do UPT, os estudantes podem acessar videoaulas, palestras e atividades do Giro das Profissões. As aulas que estão ocorrendo através da plataforma virtual do Google Meet é que é restrita aos alunos da rede pública. Os alunos do UPT têm a livre escolha, e como tivemos um ano bastante difícil, marcado pela pandemia, muitos não conseguiram realizar o Enem de 2020. Mas tivemos também muitos alunos participando do Enem e tivemos alunos com excelentes notas tanto em redação quanto nas demais provas, que levaram inclusive à aprovação para os cursos tanto da Uefs quanto de outras universidades.”

Avaliação do Ensino Remoto

Diante do cenário atual da pandemia em curso, Ana Maria Carvalho avalia como positivas as aulas virtuais do UPT, e mesmo com os desafios impostos em 2020, muitos alunos obtiveram bons resultados com o acompanhamento prestado.

“A nossa avaliação para este momento é que ainda estamos vivenciando de pandemia, a oportunidade de aulas através da plataforma do Google Meet, com os monitores que são alunos dos cursos da Uefs, tanto de licenciatura quanto dos cursos de bacharelado, a nossa avaliação é que tem sido muita boa a atuação dos monitores, muito bom o resultado dado à manifestação que há nas redes sociais no sentido da gratidão dos alunos do UPT que passaram. Porque nessas aulas os monitores se abrem para tirar as dúvidas dos alunos. Então, ainda que seja no mundo virtual, os alunos se sentem muito à vontade para perguntar, tirar dúvidas”, enfatizou.

A coordenadora pedagógica acredita, porém, que ainda há muitos desafios no ensino remoto, sobretudo com relação ao acesso de todos os estudantes às redes.

“O ensino de forma remota tem sido um desafio muito grande, porque os estudantes dependem de equipamentos, seja notebook, seja celular, para acessar as aulas. A grande dificuldade está no acesso às redes. Nosso público não está restrito a Feira de Santana, temos alunos de várias regiões próximas e, por exemplo, as chuvas trazem oscilações na rede. Então há esse tipo de dificuldade que nós não conseguimos contornar, porque isso implica todo um trabalho que é externo. Mas, as aulas têm ocorrido nos turnos do vespertino e noturno, e os alunos têm duas horas de aulas seguidas, com intervalo e depois mais aulas. E o resultado tem sido de fato muito bom. Eles elogiam bastante os monitores, que preparam slides, um bom material didático, motivam os alunos, e ainda é colocado na plataforma do Estude em Casa o estudo dirigido, que é trabalhado com questões do Enem pra que esse aluno pratique. Então, embora com as dificuldades próprias do ensino remoto, num país com as desigualdades sociais e econômicas que nós temos, nós temos conseguido manter as aulas funcionando”, salientou.

Além das aulas na plataforma do Google Meet, o UPT oferece também simulados para e atividades complementares através do canal do Youtube, como aulas de filosofia, e a orientação profissional através de uma psicóloga, que oferta orientações psicoemocionais, preparando esses alunos para o Enem.

Com informações dos repórteres Ed Santos e Maylla Nunes do Acorda Cidade. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Governo anuncia liberação de R$ 2,61 bilhões para universidades federais
Educação

Governo anuncia liberação de R$ 2,61 bilhões para universidades federais

Dinheiro foi remanejado de programas custeados pela regra de ouro

Prazo para entrega da documentação do Partiu Estágio termina na próxima segunda (17)
Bahia

Prazo para entrega da documentação do Partiu Estágio termina na próxima segunda (17)

Os 2.616 universitários selecionados precisam apresentar os documentos solicitados nos órgãos onde irão es...

Estudantes da rede estadual recebem sexta parcela do vale-alimentação estudantil
Bahia

Estudantes da rede estadual recebem sexta parcela do vale-alimentação estudantil

A ação do Governo da Bahia, para a qual foram destinados R$ 48 milhões nesta etapa, totaliza, até o moment...

Vídeo

Santa Casa de Misericórdia inaugura 8 leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram