Acorda Cidade - Dilton Coutinho

16 de Maio de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dilton e Feito

Todas as notícias
Publicado em 04/05/2021 12h16.

Sessão na Câmara é suspensa por uma hora após pedido de exoneração de assessor parlamentar

Situação ocorreu nesta terça-feira (4). O pedido de exoneração não foi adiante.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Sessão na Câmara é suspensa por uma hora após pedido de exoneração de assessor parlamentar
Foto: Ascom/ Câmara | Câmara Municipal de Feira de Santana

Após a publicação de uma informação política envolvendo o vereador Paulão do Caldeirão (PSC) em um blog de Feira de Santana, a Câmara Municipal, teve sua sessão legislativa suspensa por aproximadamente uma hora nesta terça-feira (4).

O vereador Paulão do Caldeirão usou a tribuna para pedir a exoneração do assessor parlamentar Fabiano Cerqueira, proprietário do blog onde foi publicada uma matéria criticando a legislação da Câmara e envolvendo o vereador. Com a suspensão, os vereadores discutiram a possível exoneração de Fabiano, mas não foi adiante.

Sobre o assunto, Fabiano Cerqueira, que é assessor do vereador Pastor Valdemir Santos (PV), destacou ao Acorda Cidade, que se sentiu ofendido com as palavras de Paulão ao chegar à Casa da Cidadania, nesta manhã (4).

“Deparei-me com o pronunciamento do vereador Paulão do Caldeirão pedindo a minha exoneração do cargo de assessor parlamentar do vereador Pastor Valdemir, porque tenho um blog que é separado da questão de assessor de imprensa, e neste blog eu fiz uma nota onde coloquei o título “Paulão cospe o prato que comeu” devido a fala dele insinuando que tinha pessoas da imprensa que vinha para a câmara atrás de vereadores pedindo dinheiro. Me senti ofendido pela questão de fazer parte da imprensa, e por isso publiquei isso no meu blog. Ele viu e achou que foi uma ofensa a ele como parlamentar”.

Fabiano concluiu dizendo que seu blog traz assuntos de interesse público e que não faz alusão à sua profissão, enquanto assessor na Casa.

“Devido também eu fazer parte da Câmara Municipal como assessor, fui surpreendido com essa declaração dele pedindo ao presidente da câmara a minha exoneração do cargo de assessor parlamentar. Não tem nada a ver, a questão do meu blog com a questão de assessoria na Câmara. Os vereadores se reuniram, acredito que viram que não tinha lógica, e retornaram com essa nova decisão de que manteria tudo normal como estava”. (Por Maylla Nunes, com informações do repórter Paulo José) (Por Maylla Nunes, com informações do repórter Paulo José).

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Prefeito Colbert Filho lamenta morte de Bruno Covas
Dilton e Feito

Prefeito Colbert Filho lamenta morte de Bruno Covas

Bruno Covas morreu de câncer depois de lutar muito contra a doença

Covid-19: secretário diz que irá avaliar pleito de profissionais de imprensa sobre prioridade na vacinação
Dilton e Feito

Covid-19: secretário diz que irá avaliar pleito de profissionais de imprensa sobre prioridade na vacinação

A declaração foi dada após o Sindicato dos Jornalistas da Bahia (Sinjorba) iniciar uma campanha em prol da ...

Vídeo

Santa Casa de Misericórdia inaugura 8 leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram