Acorda Cidade - Dilton Coutinho

12 de Maio de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 27/04/2021 14h34.

Direito de Trabalhar

Numa borracharia, junto à Estrada do Mar, é possível ler: "Aquele que é pago, deve trabalhar; aquele que trabalha deve ser pago". No Brasil, muitos podem ser enquadrados num outro ângulo: há os que ganham sem trabalhar e os que trabalham ganhando muito pouco.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

NO DIA PRIMEIRO de maio celebramos o Dia do Trabalho. Todos sabemos que o trabalho, o emprego e a justa remuneração, são necessários para que as pessoas possam sustentar dignamente a si e aos seus dependentes. Sem trabalho, a pessoa vai caminhando diretamente para a miséria e a fome. Sem trabalho, também, seus direitos sociais, como por exemplo, assistência à saúde e seu futuro, como aposentadoria, ficam prejudicados e afetam a dignidade do trabalhador.

QUANTAS pessoas hoje são vítimas do desemprego! Quando não há trabalho é a dignidade que corre riscos, porque, a falta de trabalho, não permite que levemos o pão para casa nem que nos sintamos dignos de ganhar a vida1. O trabalho não é um dom gentilmente concedido a poucos protegidos. É um direito de todos!

A ATITUDE de pedir emprego, muitas vezes, se assemelha a um pedido de esmola. O pedido é feito de uma maneira mais ou menos envergonhado como se fosse uma coisa errada, ou se a pessoa tivesse culpa de não estar empregada. Na realidade, ela está exigindo um direito fundamental, o direito de trabalhar.

AO TRABALHO corresponde um salário justo. Justo não quer dizer apenas o “estabelecido pela lei”. É justo quando for suficiente para si e para sua família. Por isso, está roubando aquele que não paga um salário justo a seu empregado. Mas, o empregado também rouba, quando não cumpre seu dever em tempo e qualidade. Sem trabalho e sem salários justos não há solução duradoura para a situação de milhares de famílias.

SÃO PAULO, estabelece uma lei dura: “Quem não quer trabalhar, também não deve comer”. (2 Ts 3,10). São Francisco de Assis aponta a preguiça como inimiga do corpo e da alma. O próprio Jesus quis ser um trabalhador manual. Passou grande parte de sua vida na oficina de São José. Por intercessão de São José Operário e de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, invocamos a proteção de Deus sobre os trabalhadores e suas famílias.

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dom Itamar Vian

Existe o mal?

Alguns acontecimentos que presenciamos, ou dos quais ouvimos falar, são de tal modo trágicos ou perversos, q...

Dom Itamar Vian

O que é ser mãe?

O próximo domingo, 09, é dedicado às mães. No Brasil, o primeiro Dia das Mães, foi promovido na capital g...

Dom Itamar Vian

Pandemia e nossa vida

A pandemia da Covid-19 é um sofrimento comum a toda a humanidade e tem favorecido importantes aprendizados. Q...

Vídeo

Santa Casa de Misericórdia inaugura 8 leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 11.05:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram