Acorda Cidade - Dilton Coutinho

16 de Outubro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Moda e Beleza

Todas as notícias
Publicado em 15/04/2021 16h24.

Mancha no rosto? Pode ser melasma: saiba tudo sobre a doença que afeta principalmente as mulheres

Descubra as causas e os principais tratamentos para a melasma
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Acorda Cidade

Você sabia que no Brasil, cerca de 35% das mulheres adultas sofrem com melasma? Essa é uma doença que pode ser causada por diversos motivos, como exposição ao sol, hormônios, alterações inflamatórias e fatores genéticos.

Mas a boa notícia é que atualmente existem diversos tratamentos de melasma que podem devolver às mulheres a autoestima.

Mas o que é melasma?

O melasma são manchas escuras que aparecem principalmente no rosto, mas também em outras partes do corpo como axilas, mamilos, virilhas e linha do abdômen.

Os melasmas são divididos em três categorias para ajudar na hora do tratamento. O melasma epidérmico é quando há pigmento exacerbado na epiderme; o dérmico, quando há melanina ao redor dos vasos superficiais e profundos; e o misto, quando há excesso de pigmentação na epiderme, derme e em outras regiões.

E apesar de aparecer em ambos os gêneros, a doença é mais comum nas mulheres com idade entre 25 e 40 anos. O melasma também é mais frequente em pessoas que têm a pele morena e negra, por conta da pele produzir mais melanina.

O que influencia no melasma

Além do tom de pele, outros fatores podem influenciar o aparecimento do melasma.

Temperatura

No verão, é preciso fazer o uso contínuo do protetor solar para evitar que a exposição ao sol cause manchas na pele. A Dra. Juliana Toma, médica dermatologista da UNIFESP, explica que hoje já existem filtros solares com antioxidantes e clareadores de manchas, que ajudam a evitar o melasma. “Esse tipo de filtro atua em diferentes etapas, ou prevenindo a formação de novas manchas ou atuando nas já existentes”, explica a médica.

Porém, não é só o calor que pode causar o melasma! No outono e no inverno, tendemos a relaxar no uso dos protetores e ao nos expormos aos raios ultravioletas sem a devida proteção, aumenta o risco do aparecimento de manchas.

Além disso, as luzes - de casa e principalmente a do computador -, podem causar manchas. “Não importa o clima ou se você vai sair de casa ou não, o ideal é usar protetor solar todos os dias, com FPS de no mínimo 30 e reaplicá-lo a cada três horas”, alerta a Dra. Juliana.

Gravidez

Algumas mulheres podem desenvolver melasma durante a gravidez. Isso ocorre devido às mudanças hormonais, entretanto, ele pode desaparecer, em alguns casos, mas mesmo assim todos os cuidados precisam ser tomados.

O estado emocional também pode contribuir para o surgimento das manchas. “Isso acontece pois o estresse constante gera uma tensão oxidativa no nosso organismo, prejudicando o nosso corpo”, conta a Dra. Juliana.

Tipos de tratamento

O melasma não tem cura, mas há diversos tratamentos disponíveis no mercado para o controle da doença. Vale lembrar que é comum a pessoa ter melhoras e pioras no melasma dependendo dos cuidados.

De acordo com a Dra. Juliana, o primeiro passo, e um dos mais importantes do tratamento, é o uso diário do filtro solar com proteção UVA e UVB. “O protetor também precisa oferecer proteção infravermelho e contra a luz visível, pois mesmo essa tendo uma incidência menor, ainda assim pode causar manchas”, explica a médica.

Há ainda tratamentos estéticos, como laser, peeling químico e o microagulhamento que podem ser realizados para diminuir as manchas, mas eles sempre devem ser feitos com acompanhamento de um dermatologista.

Aqui vale lembrar que nenhum tratamento para melasma deve ser feito sem a orientação de um médico especialista. “Ao tentar resolver um problema, o paciente pode acabar piorando o que já tem, além de desenvolver outros, por isso é preciso ter cautela e procurar sempre um profissional da área de dermatologia”, alerta a Dra. Juliana.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Óleo de Rosa Mosqueta: hidratação profunda para a pele
Beleza

Óleo de Rosa Mosqueta: hidratação profunda para a pele

Com ácido trans-retinóicos o componente ajuda na pigmentação e clareamento das manchas de pele indesejadas...

Moda dopamina: entenda a tendência que deve bombar no pós-pandemia
Moda

Moda dopamina: entenda a tendência que deve bombar no pós-pandemia

Junção de conforto, bem-estar e cores é promessa para próximas estações

Guarda-roupa organizado: saiba como otimizar espaço para as roupas
Moda

Guarda-roupa organizado: saiba como otimizar espaço para as roupas

A personal organizer Márcia Regina Ritter Porto, ensina como deixar o armário funcional

Vídeo

Após revitalização, Parque Erivaldo Cerqueira deverá ser reaberto para até 200 pessoas, diz prefeito Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta sexta-feira 15.10:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram