Acorda Cidade - Dilton Coutinho

19 de Abril de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Polícia

Todas as notícias
Publicado em 08/04/2021 15h08.

PF faz operação contra fraudes no auxílio emergencial na Bahia

Polícia cumpriu três mandados de busca e apreensão
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
PF faz operação contra fraudes no auxílio emergencial na Bahia
Foto: Divulgação/Polícia Federal

Acorda Cidade

Agência Brasil - A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (8) a Operação Última Barreira contra fraudes no auxílio emergencial, com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão em Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano. De acordo com a PF, os investigados cadastraram no aplicativo Caixa Tem pelo menos 45 contas em nome de terceiros para recebimento do auxílio emergencial.

Os valores depositados pelo governo eram transferidos para contas vinculadas ao grupo ou desviados por meio do pagamento de boletos bancários emitidos pelos próprios suspeitos. O prejuízo é de mais de R$ 27 mil.

A investigação teve início no ano passado e é resultado do trabalho da Estratégia Integrada contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, que, segundo a PF, tem o objetivo de racionalizar a apuração desses crimes, com foco na atuação de grupos, associações ou organizações criminosas e a desarticulação de fraudes estruturadas. Além da PF, participam da iniciativa o Ministério Público Federal (MPF), o Ministério da Cidadania, a Caixa Econômica Federal, a Receita Federal, a Controladoria Geral da União (CGU) e o Tribunal de Contas da União (TCU).

Além dos mandados, a Justiça Federal também determinou o bloqueio de valores das contas dos investigados, que poderão responder pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e associação criminosa.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado pelo governo federal para atender pessoas vulneráveis afetadas pela pandemia de covid-19. Ele foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Neste ano, o governo fará uma nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, com parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Ex-policial civil é preso durante operação contra o tráfico de drogas em Salvador
Polícia

Ex-policial civil é preso durante operação contra o tráfico de drogas em Salvador

Outras três pessoas também foram presas por associação criminosa em operação no bairro da Boca do Rio ne...

Comandante da 77ª CIPM morre em acidente grave na BR-116
Polícia

Comandante da 77ª CIPM morre em acidente grave na BR-116

A Polícia Rodoviária Federal fez o registro da ocorrência, mas não soube informar as circunstâncias que l...

26 estabelecimentos são fechados e 3 festas de paredão encerradas durante operação Toque de Recolher
Toque de Recolher

26 estabelecimentos são fechados e 3 festas de paredão encerradas durante operação Toque de Recolher

A Operação Toque de Recolher é feita pela Polícia Militar em conjunto com os órgãos municipais.

Vídeo

Idosos e acompanhantes se aglomeram em fila de vacina na UBS do Dispensário Santana Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram