Acorda Cidade - Dilton Coutinho

18 de Abril de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 06/04/2021 17h36.

Cibercriminosos invadem evento virtual do Coletivo de Mulheres de Feira de Santana, expõe cenas de violência e fazem ameaças

Um boletim de ocorrência do caso foi registrado na 1ª Delegacia Territorial, nesta terça-feira (6).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Cibercriminosos invadem evento virtual do Coletivo de Mulheres de Feira de Santana, expõe cenas de violência e fazem ameaças
Foto: Arquivo Pessoal

Acorda Cidade

O tipo de ação criminosa que tem ocorrido em diversas reuniões online no Brasil aconteceu também em Feira de Santana. Durante a realização do 10º Seminário do Coletivo de Mulheres, em parceria com os Mulieribus, grupo de pesquisa de gênero da Uefs, piratas da internet ligados a grupos extremistas invadiram a sala virtual, expuseram uma série de cenas agressivas e fizeram ameaças. O episódio aconteceu dia 18 de março e um boletim de ocorrência foi registrado na 1ª Delegacia Territorial, nesta terça-feira (6).

Gritos, xingamentos, cenas de sexo e violência, fotos do presidente Jair Bolsonaro e do ditador nazista Adolf Hitler, ameaças escritas no chat e músicas em ritmo de funk, com letras ameaçadoras foram algumas das ações do grupo invasor, identificado como “Bonde do Javali”. O episódio foi considerado de terror pelas participantes.

“Ficamos muito assustadas, tendo em vista que nunca passamos antes por uma situação dessas. Demonstra nossa vulnerabilidade e a tamanha violência que sofremos. Nos preocupa como esses grupos odiosos têm poder e aparentam ser altamente financiados. Nosso temor é pela falta de segurança que esta ação faz transparecer, por eles saberem quem somos e onde estamos”, afirma Ideojane Melo, presidente do Coletivo.

Segundo ela, o que todas as integrantes do coletivo esperam diante do ocorrido é que a polícia identifique os hackers e eles sejam barrados e punidos, de modo que estes crimes não voltem a acontecer.

Matérias encontradas na internet mostram que o grupo identificado como “Bonde do Javali” já vem praticando ações semelhantes ao invadir, dentre outros, aulas online, seminários e defesas de dissertações com temas ligados a direitos humanos como questões raciais, causas feministas e LGBTQIA+.

Foto: Arquivo Pessoal

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Presidente do consórcio que administra o Shopping Popular diz que comerciantes precisam saber dialogar
Feira de Santana

Presidente do consórcio que administra o Shopping Popular diz que comerciantes precisam saber dialogar

Para Elias Tergilene, as pessoas que estão insatisfeitas precisam sentar com uma pauta definida.

Lockdown: apenas serviços essenciais funcionam neste fim de semana
Feira de Santana

Lockdown: apenas serviços essenciais funcionam neste fim de semana

O comércio de Feira de Santana estará fechado.

Veja a lista atualizada de casos de covid-19 por bairros e localidades
Feira de Santana

Veja a lista atualizada de casos de covid-19 por bairros e localidades

A relação foi elaborada pela Vigilância Epidemiológica

Vídeo

Idosos e acompanhantes se aglomeram em fila de vacina na UBS do Dispensário Santana Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram