Acorda Cidade - Dilton Coutinho

02 de Março de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Saúde

Todas as notícias
Publicado em 23/02/2021 18h30.

Lacen identifica variante peruana da covid-19 em circulação na Bahia

Desde que começou a realizar o sequenciamento genético do vírus Sars Cov 2, responsável pela infecção pandêmica que já fez mais de onze mil vítimas fatais na Bahia, o Lacen-BA já identificou 13 diferentes linhagens do vírus.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Lacen identifica variante peruana da covid-19 em circulação na Bahia
Foto: Sesab

Acorda Cidade

Mais uma cepa foi sequenciada e identificada pelo Laboratório Central de Saúde Pública da Bahia (Lacen-Ba).Trata-se da linhagem peruana C.14, que foi introduzida no estado a partir de um viajante que aportou em Salvador de navio, em fevereiro.

Desde que começou a realizar o sequenciamento genético do vírus Sars Cov 2 (Covid-19), responsável pela infecção pandêmica que já fez mais de onze mil vítimas fatais na Bahia, o Lacen-BA já identificou 13 diferentes linhagens do vírus em cerca de 1 ano, provavelmente vinculadas a múltiplos eventos de importações ocorridas simultaneamente e que justificam o alto número de infecções registradas no estado.

Os estudos indicam que o número de linhagens circulantes mudou com o tempo desde a identificação da linhagem B.1.1.162, a primeira confirmada por testes de sequenciamento genético em fevereiro de 2020, marcando a introdução primária de casos importados da Europa.

Em janeiro 2021 foram também detectadas no estado as novas variantes do SARS-CoV2 recentemente identificadas no Brasil, sendo elas a variante P.1 e P.2 isoladas pela primeira vez no Norte e no Sudeste do país.

“Os estudos foram realizados em genomas completos do Sars Cov 2 de 112 amostras de diversas regiões geográficas da Bahia, provenientes de indivíduos com sintomas clínicos característicos, como dificuldade de respirar, muito cansaço, SRAG e pneumonia”, explica Arabela Leal, diretora do Lacen-Ba.

Arabela reforça o que os epidemiologistas e infectologistas já vêm alertando em todo o mundo: a mobilidade humana representa um fator crucial para a dispersão do SARS-CoV-2 e das novas variantes. “Enquanto não houver vacina para todos, distanciamento social e medida de restrições ainda continuam sendo essenciais para a minimização da circulação deste patógeno no Brasil”, conclui.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Covid-19: mais 161 casos e 5 óbitos confirmados em Feira de Santana
Boletim

Covid-19: mais 161 casos e 5 óbitos confirmados em Feira de Santana

O boletim informa que 99 pessoas estão hospitalizadas no município. Veja a taxa de ocupação de leitos

Bahia registra 95 mortes por covid-19 e mais 2.020 casos de covid-19
Boletim

Bahia registra 95 mortes por covid-19 e mais 2.020 casos de covid-19

A existência de registros tardios e/ou acúmulo de casos deve-se a sobrecarga das equipes de investigação, ...

A cada três pessoas intubadas no Brasil com Covid-19, duas morreram
Saúde

A cada três pessoas intubadas no Brasil com Covid-19, duas morreram

Segundo o Uol, quase metade (46,3%) dos pacientes internados precisaram de ventilação mecânica.

Vídeo

Empresários participam de buzinaço contra o lockdown em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram