Acorda Cidade - Dilton Coutinho

12 de Maio de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Mundo do trabalho

Todas as notícias
Publicado em 20/02/2021 16h05.

Especialistas indicam que recém-formados poderão ter dificuldade para entrar no mercado de trabalho em 2021

Após instabilidade na economia, empresas deverão ser mais criteriosas ao abrir novas vagas
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Especialistas indicam que recém-formados poderão ter dificuldade para entrar no mercado de trabalho em 2021
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

A geração Z, como são chamados os jovens nascidos a partir de 1996, deverá enfrentar uma situação mais difícil para conseguir oportunidades no mercado de trabalho. Os efeitos da pandemia ainda deverão perdurar por alguns anos, como a disputa mais acirrada em processos seletivos.

Com uma maior concorrência, é possível que as empresas ofereçam salários menores, de acordo com o alerta de especialistas.

O plano de fundo do mercado de trabalho, com crises econômicas e um número histórico de desempregados no país, junto à falta de experiência que muitas dessas pessoas possuem, deverá trazer frustração para quem acabou de se formar.

Experiência comprovada

Será necessário que os novos profissionais cheguem ao mercado já mostrando o talento e o desempenho. Exames de proficiência ou a prova OAB, para a área de direito, por exemplo, serão vistos como garantia do empenho dos candidatos e poderão ser um diferencial importante em entrevistas.

Intercâmbios e outros cursos voltados ao desenvolvimento de soft skills também podem representar algo importante para incrementar os currículos. Porém muitas pessoas que planejavam fazer essas viagens para estudar em outros países ou que tinham a matrícula para cursos presenciais tiveram de adiar seus planos, até que a situação da pandemia esteja resolvida.

Instabilidade econômica e empregos precários

Estudos da Fundação Getúlio Vargas mostram que a empregabilidade deverá ser mais difícil para a geração Z, empurrando esses jovens profissionais para a informalidade ou condições de emprego mais precárias.

Durante a pandemia, os jovens foram os brasileiros que mais perderam renda. Na faixa entre 20 e 24 anos, a média de perda foi de 26% do total da renda. Já entre 15 e 19 anos, faixa em que há maior informalidade, a redução ultrapassou 34%. O aumento do desemprego e o nível de ocupação dos jovens fará com que as empresas ofereçam vagas com salários menores em 2021.

Estágios e programas de trainee seguem como uma opção

Para quem ainda é estudante, buscar estágios na área de formação é uma maneira de aproveitar possibilidades de efetivação, além de incrementar o currículo. Para quem já está nos anos finais do curso ou quem já se formou, é possível se inscrever em programas de trainee, considerados excelentes oportunidades para aprender mais, com uma chance de boa remuneração.

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Trabalho em home office tende a continuar após fim da pandemia
Dia do Trabalhador

Trabalho em home office tende a continuar após fim da pandemia

Empresas avaliam que teletrabalho trouxe benefícios para todos.

Rotinas de aulas online e ferramentas para o trabalho remoto
Curso gratuito

Rotinas de aulas online e ferramentas para o trabalho remoto

As inscrições são gratuitas e realizadas através da internet.

Sebrae oferece programa de gestão eficiente para empresários de Feira de Santana e região
Programa de Gestão

Sebrae oferece programa de gestão eficiente para empresários de Feira de Santana e região

Durante seis meses, empreendedores de alimentação fora do lar terão 32 horas de consultoria individual com ...

Vídeo

Santa Casa de Misericórdia inaugura 8 leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 11.05:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram