Acorda Cidade - Dilton Coutinho

22 de Junho de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 16/02/2021 09h45.

Dialogar é preciso

Todos os anos, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), apresenta, durante a quaresma, a Campanha da Fraternidade que, neste ano, será ecumênica, isto é, participam diversas Igrejas cristãs. O tema deste ano: "Fraternidade e Diálogo: compromisso de amor" e o lema: "Cristo é nossa paz: do que era dividido fez uma unidade". (Ef 2.14).
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

O OBJETIVO Geral da Campanha da Fraternidade Ecumênica (CFE) convida famílias, comunidades e Igrejas a pensarem, avaliarem e identificarem os caminhos para superar as polarizações e violências através do diálogo, testemunhando a unidade na diversidade. “O mundo sem irmãos é um mundo de inimigos”. (Papa Francisco).

NESSA Campanha da Fraternidade somos chamados a redescobrir a força e a beleza do diálogo; Denunciar as diferentes violências praticadas e legitimadas, indevidamente, em nome de Deus; Comprometer-nos com as causas que defendem o meio ambiente; Contribuir para superar as desigualdades sociais e estimular o diálogo para possibilitar uma cultura de paz.

A PAZ passa, necessariamente, pelo enfrentamento das desigualdades sociais. O Brasil é um dos países mais desiguais do mundo. Como falar de paz, quando pessoas passam fome e não tem trabalho, nem terra, nem casa para morar? Como falar de paz, em tempos tão incertos como este caracterizado por conflitos, violências e outras práticas de ódio? Como falar de paz, sem denunciar injustiças econômicas, sociais e ambientais?

NESSE tempo em que o ódio e a intolerância, em relação a quem é diferente, só está crescendo, que bom podermos refletir juntos possíveis caminhos para o diálogo e a construção de pontes de paz que unem, em lugar de muros do ódio que nos separam e geram indiferença. Não há nada que justifique a inimizade e a anulação da diversidade. Somos quem somos porque Deus nos criou pessoas diferentes.

O DIÁLOGO é nosso melhor testemunho. Dialogar, é uma obrigação de todos os cristãos. Por isso, vamos dialogar mais nas famílias, nas comunidades e nas Igrejas. A fé nos lembra que Cristo é nossa paz e nos anima a prosseguir pelo caminho do diálogo buscando a unidade, na diversidade. Senhor, dá-nos tua paz!

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dom Itamar Vian

Gesto Solidário

Estamos na Semana Mundial do Doador de Sangue. Para salvar um ser humano, que necessita de sangue, é, absolut...

Dom Itamar Vian

Tempos de Esperança

"Reacender a chama da Esperança". Com esse objetivo, e tendo como tema, "Igreja da Esperança" está acontec...

Dom Itamar Vian

A casa da Vida

Os calendários assinalam para 05 de junho o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, ou a Casa de Todos, a...

Vídeo

Manifestantes realizam nova manifestação contra o governo Bolsonaro em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta segunda-feira 21.06:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram