Acorda Cidade - Dilton Coutinho

21 de Junho de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 09/02/2021 14h49.

Papa e os enfermos

O Papa, por ocasião do Dia Mundial do Enfermo - 11 de fevereiro - costuma divulgar uma mensagem referente à data. Ele deseja prestar uma homenagem especial às pessoas doentes e a quantos as assistem, quer nas famílias, nas comunidades e nos hospitais. Segue a síntese da mensagem do Papa Francisco:
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

“A EXPERIÊNCIA da doença faz-nos sentir nossa fragilidade e, ao mesmo tempo, a necessidade natural do outro. Torna ainda mais nítida nossa condição de criaturas, experimentando de maneira evidente a nossa dependência de Deus. De fato, quando estamos doentes, a incerteza, o temor e, por vezes, o pavor impregnam a mente e o coração.
A DOENÇA obriga a questionar-se: Qual é o sentindo da vida? Procura-se um significado novo e uma direção nova para a existência e, por vezes, não se encontra, imediatamente, uma resposta. Os próprios amigos e familiares nem sempre são capazes de nos ajudar nestas difíceis busca. Mas, a pessoa que tem fé, nunca deve sentir-se sozinha, na solidão e abandonada.
A ATUAL pandemia do coronavírus colocou em evidência tantas insuficiências dos sistemas sanitários e carências na assistência às pessoas doentes. A propósito, quero recordar a importância da solidariedade fraterna, que se manifesta concretamente no serviço, podendo assumir formas muito diferentes, mas todas elas tendentes a apoiar o próximo. «Servir significa cuidar dos frágeis das nossas famílias, da nossa sociedade, do nosso povo».
A PANDEMIA destacou, também, a dedicação e generosidade de profissionais de saúde, voluntários, trabalhadores e trabalhadoras, sacerdotes, religiosos e religiosas que, com profissionalismo, abnegação, sentido de responsabilidade ajudaram, trataram, confortaram e serviram tantos doentes e os seus familiares. O mandamento do amor, que Jesus deixou aos seus discípulos, encontra uma realização concreta também no relacionamento com os doentes.
ENTREGO a Maria, Mãe de Misericórdia e Saúde dos Enfermos as pessoas doentes, os agentes da saúde e todos os que sofrem. Que Ela, sustente a nossa fé e a nossa esperança e nos ajude a cuidar uns dos outros com amor fraterno. A todos e cada um concedo, de coração, a minha bênção”. (Papa Francisco).

Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dom Itamar Vian

Gesto Solidário

Estamos na Semana Mundial do Doador de Sangue. Para salvar um ser humano, que necessita de sangue, é, absolut...

Dom Itamar Vian

Tempos de Esperança

"Reacender a chama da Esperança". Com esse objetivo, e tendo como tema, "Igreja da Esperança" está acontec...

Dom Itamar Vian

A casa da Vida

Os calendários assinalam para 05 de junho o Dia Mundial do Meio Ambiente e da Ecologia, ou a Casa de Todos, a...

Vídeo

Manifestantes realizam nova manifestação contra o governo Bolsonaro em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta segunda-feira 21.06:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram