Acorda Cidade - Dilton Coutinho

24 de Junho de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 02/02/2021 10h16.

Não aceite o fracasso

O insucesso e o fracasso fazem parte de nossa vida. Nem sempre a intensidade é a mesma, mas sempre são dolorosos. E, muitas vezes, são convites ao desânimo. “Em minha vida nada dá certo”, argumentam alguns, e por isso, desistem. E justificam-se: o meu projeto caiu e esfarelou-se, assim como acontece com o vaso de argila.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

MUITA gente coloca nos outros a culpa pelos seus próprios fracassos. Culpa o esposo ou a esposa, os filhos, os colegas de trabalho, os vizinhos, o governo. Mas, ao se colocar como vitima de alguém, a pessoa não cresce porque: “Quem precisa melhorar para que a minha vida dê certo é o outro, não eu”. Essa é uma das formas mais fáceis de parar na vida. Pessoas assim não avançam enquanto no mudam esse pensamento. Atribuem seus fracassos, suas quedas e seus problemas a responsabilidade dos outros.

PRECISAMOS ser protagonistas da nossa vida. À medida que tenho consciência livre para decidir, devo também assumir as responsabilidades daquilo que me acontece. Claro que outras pessoas podem, também, me influenciar negativamente. Mas atribuir a elas meu fracasso, quase sempre, é algo exagerado. Os outros, em principio, não são responsáveis pelos meus fracassos.

NINGUÉM vencerá se permanecer na condição de vítima. Mesmo quem é muito ferido, enganado, explorado e caluniado consegue superar os desafios, quando tem noção de responsabilidade sobre sua própria vida. Sabe que a vida é difícil, sabe que os outros podem fazê-lo sofrer, mas tem forca interior para levantar e da a volta por cima. Sabe que precisa, por se só, levantar e andar.

A VIDA é uma grande corrida, onde os obstáculos são comuns e os tropeços acontecem. Ninguém esta livre de pequenos ou grandes fracassos. Muitos se resignam com o insucesso, mas outros, preferem recomeçar, dobrar o esforço e se erguem de fracassos afetivos, sociais e econômicos.

O APÓSTOLO Paulo, que teve fracassos espirituais, coloca, nesse contexto, a força da fé: “Tudo posso naquele que me conforta”. (Fl 4,13) o próprio Deus não considera nossos possíveis fracassos, mas a capacidade de continuar. Para Deus não a casos perdidos. E Jesus nos disse: “Coragem, não tenham medo, Eu estou todos os dias com vocês”. (Mt 28,20).


Dom Itamar Vian
Arcebispo Emérito
[email protected]


 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dom Itamar Vian

As perguntas de Jesus

Perguntar é uma forma de aprender o que não se sabe. Quantos "por quês?" faz uma criança? É assim que ela...

Dom Itamar Vian

Gesto Solidário

Estamos na Semana Mundial do Doador de Sangue. Para salvar um ser humano, que necessita de sangue, é, absolut...

Dom Itamar Vian

Tempos de Esperança

"Reacender a chama da Esperança". Com esse objetivo, e tendo como tema, "Igreja da Esperança" está acontec...

Vídeo

Prefeito de São Gonçalo dos Campos é conduzido para Delegacia após Forró Itinerante ser encerrado pela segunda vez Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quarta-feira 23.06:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram