Acorda Cidade - Dilton Coutinho

08 de Dezembro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 24/12/2020 06h58.

Com quase 30 mil lâmpadas, moradora de Feira de Santana enfeita casa para o Natal e chama atenção de visitantes

A residência de Débora que fica localizada na Rua Amaralina no bairro Sobradinho já é conhecida por todos. Neste ano, o tema para a decoração foi escolhido como "Um Natal Iluminado".
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Com quase 30 mil lâmpadas, moradora de Feira de Santana enfeita casa para o Natal e chama atenção de visitantes
Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

Gabriel Gonçalves 

Como forma de manter uma tradição familiar de três décadas, a agente comunitária Débora Borges, transforma a própria residência em uma verdadeira casa da "Mamãe Noel". O gosto pelos enfeites começou na infância, quando ela ajudava a mãe com a decoração. 

"Isso tudo começou com minha mãe há mais ou menos uns trinta anos. Eu sempre ajudava e sempre gostei do Natal. Ultimamente eu comecei aumentar as decorações, não só o presépio, mas também enfeitar toda a casa sempre renovando com os temas", destacou. 

A residência de Débora, que fica localizada na Rua Amaralina no bairro Sobradinho, é bastante conhecida. Neste ano, o tema para a decoração foi escolhido como "Um Natal Iluminado". 

Foto: Ed Santos/Acorda Cidade

"Toda casa foi enfeitada. Varanda, corredor, a copa, banheiro, uma parte da cozinha, quarto, e no quintal irei decorar para a noite de Natal. Na sala já tem um telão e no ano passado o tema foi 'Um Natal Brilhante' e neste ano é 'Um Natal Iluminado', principalmente nesse momento que estamos passando de pandemia, precisamos de muita iluminação para comemorar o Natal", afirmou a agente comunitária. 

Além da decoração em toda a casa, os visitantes que prestigiam toda a ornamentação, recebem lembrancinhas que são confeccionadas por Débora. Durante as visitas, há o controle de pessoas, bem como todos os cuidados sanitários são tomados. 

"Por ser agente comunitária, muitas pessoas me conhecem e recebo muitas visitas aqui, são os próprios vizinhos, ou indicação deles. As pessoas que vêm até minha casa eu presenteio com uma lembrancinha que eu mesmo confecciono, são centros de mesas, pesos de porta, encosto para cadeira, são muitas coisas que fabrico", explicou. 

Para colocar toda a decoração, Débora informou que levou 15 dias durante as noites e finais de semana. Ela afirmou que só irá desarmar depois do Dia de Reis, comemorado no dia 6 de janeiro. 

"Esse ano foram 15 dias durante as noites, finais de semana e tudo fiz sozinha. Aqui eu tenho piscas-piscas do comum, bolas, e já estou chegando a quase 30 mil lâmpadas, porque comprei mais 8.760 para colocar no quintal. Se eu for parar para contar, foi muito dinheiro investido. E como tradição só desarmo no dia 6 de janeiro que é o Dia de Reis e guardo todo o material em um quartinho que construir", finalizou.

Fotos: Ed Santos/Acorda Cidade

Com informações do repórter Ed Santos do Acorda Cidade. 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Natal: confira o horário especial do Comércio de Feira de Santana
Fim de ano

Natal: confira o horário especial do Comércio de Feira de Santana

As lojas estão autorizadas a funcionar aos domingos.

Aberta chamada pública para boxes no Shopping Cidade das Compras
Feira de Santana

Aberta chamada pública para boxes no Shopping Cidade das Compras

Estão sendo disponibilizados boxes que não foram ocupados até o último dia 30.

Taxistas preferem não trabalhar utilizando Bandeira 2; tarifa é considerada como 13º salário da categoria
Feira de Santana

Taxistas preferem não trabalhar utilizando Bandeira 2; tarifa é considerada como 13º salário da categoria

Segundo o taxita Dilson, em anos anteriores, os períodos de São João e Natal, sempre foram os melhores mese...

Vídeo

Força e determinação: professor da zona rural enfrenta o racismo e é aprovado em doutorado na USP Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quarta-feira 08.12:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram