Acorda Cidade - Dilton Coutinho

26 de Janeiro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Dom Itamar Vian

Todas as notícias
Publicado em 30/11/2020 10h22.

Você se conhece?

Conhecer e assumir o próprio lugar contribui para a maturidade pessoal e sua correta inserção na sociedade.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra

Há séculos, o filósofo grego Sócrates dizia: “Conhecer a si mesmo é a mais difícil de todas as artes e o ponto mais alto da sabedoria”. E Agostinho de Hipona constatava: “As pessoas viajam para conhecer cidades, países e montanhas, mas não conhecem a si mesmos”. Conhecer a si mesmo é o caminho para o sucesso na vida.

CONHECER o próprio lugar faz parte da sabedoria da vida. Uma auto-imagem exagerada ou uma auto-imagem muito baixa não ajudam a viver e conviver. Há pessoas que se imaginam como o centro do mundo e consideram invejosas as que não admitem isso. Outras, se julgam inúteis, sem qualidades, sem sorte, inferiores às demais. Conhecer e assumir o próprio lugar contribui para a maturidade pessoal e sua correta inserção na sociedade.

O POVO simples, em seu linguajar direto, proclama: “Quanto mais atrasada a tribo, mais o cacique se enfeita”. São as “máscaras” que colocamos para esconder nosso rosto. É muito comum a pessoa fingir o que não é. Isso significa não assumir a identidade real. E de tanto enganar os outros acabamos por enganar a nós mesmos. Valorizamos muito aquilo que os outros dizem e pensam de nós. Na verdade, eu sou o que sou diante de Deus.

HOJE, dominamos a técnica e sabemos tudo o que acontece no mundo, mas ignoramos o que está dentro de nós. A cada dia, milhões ficam conectados nas redes sociais. Seguimos, com emoção, os capítulos das novelas e o drama pessoal de cada personagem. Somos ativistas e nos sentimos culpados quando nada estamos fazendo. O silêncio nos assusta, pois temos medo de encarar a nós mesmos.

A VIDA está cheia de compromissos. Porém, cada um de nós tem o direito e o dever de compor a própria agenda e reservar tempos para si. No silêncio, na meditação, no encontro com Deus acabaremos por descobrir a nós mesmos, saber quem somos e qual é nossa verdadeira vocação e missão. Não adianta correr se não sabemos para onde vamos. E tudo acontece dentro de nós.

PORTANTO, as coisas materiais são importantes, as tarefas precisam ser feitas, mas temos direito de tempos de férias e isolamento. São esses tempos que acabam por dar sentido às coisas que fazemos. É, sobretudo, no silêncio que está Deus. Somente Ele pode dar significado à nossa vida. Deus é silêncio, Deus é paz. Deus é a chave para entender a nós mesmos, nosso pensar e nosso agir.

Dom Itamar Vian

Arcebispo Emérito

[email protected]

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Dom Itamar Vian

Por que sofremos?

O sofrimento constitui uma das experiências básicas da existência humana. Nascemos em meio à dor e morremo...

Dom Itamar Vian

Você vive alegre?

Uma das observações feitas hoje refere-se à perda da alegria de viver. A tristeza parece ser um dos mais s...

Dom Itamar Vian

Você tem esperança?

A palavra de ordem, talvez, mais usada, por bispos, pastores, pregadores e conferencistas, no início deste an...

Vídeo

Rodoviários não aceitam proposta das empresas de ônibus e paralisam as atividades nesta terça-feira (26) Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 26.01:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram