Acorda Cidade - Dilton Coutinho

25 de Janeiro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Cultura

Todas as notícias
Publicado em 06/11/2020 08h42.

Cadastro Estadual dos Trabalhadores da Cultura reabre prazo durante dez dias

A reabertura do cadastro também é uma demanda de trabalhadores da cultura, vinda de diversos municípios que não conseguiram realizar o cadastro no período anterior.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Cadastro Estadual dos Trabalhadores da Cultura reabre prazo durante dez dias
Foto: Divulgação

Acorda Cidade

Está reaberto a partir da zero hora desta sexta-feira (6) até às 23h59 do dia 15 de novembro, novo período de inscrições no Cadastro Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Cultura. A inscrição na base de dados é requisitada para o acesso à renda emergencial da cultura. Entre 14 de julho e 06 de outubro, foram recebidas mais de 25 mil inscrições. Conforme regulamentação estadual da Lei Aldir Blanc (Decreto Estadual 20.005), a Secretaria de Cultura do Estado da Bahia poderia abrir novo prazo para inscrições em caso de disponibilidade de recursos e de prazo para execução orçamentária.

A reabertura do cadastro também é uma demanda de trabalhadores da cultura, vinda de diversos municípios que não conseguiram realizar o cadastro no período anterior. A plataforma, criada e gerenciada em parceria com a Secretaria de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) está disponível no site da SecultBA - www.cultura.ba.gov.br a partir das 00h.

Os recursos oriundos da Lei Aldir Blanc são direcionadas pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, o valor da renda emergencial é de R$ 600 e o pagamento terá cinco parcelas pagas de uma vez. Dúvidas sobre o cadastro podem ser encaminhadas ao e-mail: [email protected]

Programa Aldir Blanc Bahia – Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações são a transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura, e a realização de chamadas públicas e concessão de prêmios. O PABB tem execução pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, geridas por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias; e as suas unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural.   

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2021
Cultura

Prêmio Sesc de Literatura abre inscrições para edição 2021

As inscrições são gratuitas e os escritores podem concorrer com obras inéditas nas categorias Conto e Roma...

Escritor de Feira de Santana lança livro de filosofia
Cultura

Escritor de Feira de Santana lança livro de filosofia

O livro trata sobre os desdobramentos da relação entre o espectador de cinema com o filme, a fim de desenvol...

Bazar pretende arrecadar fundos para produção de espetáculos em Feira
Cultura

Bazar pretende arrecadar fundos para produção de espetáculos em Feira

Na loja virtual, estão sendo comercializados aventais, bolsas, canecas, entre outros produtos.

Vídeo

Operação conjunta da DTE e Cipe Litoral Norte resulta na apreensão de meia tonelada de cocaína Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram