Acorda Cidade - Dilton Coutinho

27 de Janeiro de 2022
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Mundo do trabalho

Todas as notícias
Publicado em 25/10/2020 11h02.

E-mails grosseiros de trabalho podem causar estresse e problemas de sono, diz pesquisa

Estudo mostra que há a grosseria ativa, envolvendo comentários humilhantes ou desrespeitosos, e a passiva, em que os e-mails não são respondidos.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
E-mails grosseiros de trabalho podem causar estresse e problemas de sono, diz pesquisa
Foto: Arquivo/Agência Brasil

Acorda Cidade

Com o aumento de pessoas trabalhando em casa por causa da pandemia, a comunicação remota se tornou essencial para a execução do trabalho. Mas uma pesquisa da Universidade de Illinois, em Chicago, nos EUA, alerta que a troca de e-mails com conteúdo grosseiro pode levar ao estresse prolongado para os trabalhadores.

Dois estudos mostram que e-mails rudes e indelicados podem afetar negativamente as responsabilidades de trabalho e a produtividade dos funcionários. As pessoas que lidam com essas trocas de mensagens também podem começar a sofrer de insônia, o que afeta seu estado emocional no dia seguinte.

“Dado o uso predominante de e-mails no local de trabalho, é razoável concluir que esse problema está se tornando uma preocupação crescente”, diz Zhenyu Yuan, um dos autores do estudo, em um comunicado da universidade.

Dois tipos de e-mails rudes

Yuan e a equipe entrevistaram 233 funcionários nos Estados Unidos sobre suas experiências no tratamento de e-mails com conteúdo grosseiro. Em seguida, examinaram os efeitos colaterais dessas comunicações sobre o bem-estar e os hábitos de sono dos funcionários.

Os autores descobriram que há dois tipos principais de e-mails rudes no local de trabalho. A grosseria ativa no e-mail envolve comentários humilhantes ou desrespeitosos do remetente ao destinatário. A grosseria passiva de um e-mail pode ser mais difícil de diagnosticar. Isso ocorre quando os e-mails de um remetente não são respondidos, fazendo parecer que uma opinião ou solicitação está sendo intencionalmente ignorada.

Os resultados revelam que a grosseria ativa tende a criar fortes emoções negativas nos destinatários. A grosseria passiva deixa os remetentes com mais sentimentos de incerteza e resulta em mais problemas de sono.

“Como os e-mails são armazenados com segurança, as pessoas podem ter a tendência de revisitar um e-mail perturbador ou verificar constantemente se há uma resposta solicitada, o que só pode agravar o problema da grosseria do e-mail”, explica Yuan.

Aprendendo a deixar ir

Os pesquisadores dizem que os funcionários precisam se “distanciar psicologicamente” após receber e-mails de trabalho negativos. Outra solução é desligar os dispositivos de trabalho após o expediente. O estudo também sugere que os gerentes devem definir padrões e limites claros sobre as expectativas de sua empresa para responder a e-mails de trabalho.

“Deve-se observar que os esforços para lidar com a grosseria do e-mail não devem ser interpretados como o mesmo que criar pressão para que funcionários e gerentes sempre verifiquem seus e-mails e respondam a e-mails”, destaca Yuan. “Pelo contrário, estabelecer normas de comunicação claras e razoáveis pode ser eficaz para ambos”, conclui.

Fonte: G1

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Empresas e trabalhadores devem ficar atentos às mudanças da NR 01
Mudanças

Empresas e trabalhadores devem ficar atentos às mudanças da NR 01

A NR 1 é o conjunto de normas técnicas direcionadas a saúde e segurança do trabalho, definindo as disposi...

Inscrições para o curso de desenvolvedor de sistema web e aplicativos no-code nesta segunda
Feira de Santana

Inscrições para o curso de desenvolvedor de sistema web e aplicativos no-code nesta segunda

Alunos que obtiverem nota acima de oito serão contratados como trainee.

Esgotamento emocional no fim do ano acende alerta para Síndrome de Burnout
Saúde

Esgotamento emocional no fim do ano acende alerta para Síndrome de Burnout

As consequências de uma prolongada rotina desregrada podem manifestar exaustão ou até mesmo problemas mais ...

Vídeo

Covid-19: com poucos funcionários, drive-thru da prefeitura gera longas filas na Ayrton Sena Veja mais Vídeos ›

Ouça Agora

Programa desta quinta-feira 27.01.22:
Mais áudios ›

Facebook

Instagram