Acorda Cidade - Dilton Coutinho

24 de Janeiro de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Moda e Beleza

Todas as notícias
Publicado em 01/10/2020 16h41.

Tie Dye deve ser usado com bom senso, alerta especialista

Especialista em moda alerta para as harmonizações de cores e estilos da tendência do momento.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Tie Dye deve ser usado com bom senso, alerta especialista
Foto : Divulgação

Acorda Cidade 

Se você não tem, certamente já deve ter visto alguma peça no estilo Tie Dye. A moda pode ter vindo para ficar durante a quarentena, mas merece atenção no seu uso. É o que alerta o consultor de estilo João Freire.

“Limite e bom senso são sempre bem-vindos! Infelizmente não são tão frequentes como deveriam ser. O isolamento social intensificou a tendência, mas não o limite.”, enfatiza o especialista. Ele também explica o porquê da popularização do estilo e a influência da quarentena nesse processo.

“O Tie Dye nada mais é do que uma tendência que surgiu nos Estados Unidos com o movimento hippie. Desde então segue forte em vários elementos, não apenas no vestuário. E, sem dúvida, o isolamento social aumenta essa tendência. Tie Dye, em tradução livre, significa ‘amarrar e tingir’, ou seja, é uma técnica simples e antiga de tingimento de roupa. O isolamento fez isso ressurgir porque as pessoas estavam com mais tempo em casa, testando receitas, habilidades novas e limpando o armário”, destaca o expert em moda.

Onde não fica bem o Tie Dye?

O consultor de estilo alerta que para tudo relacionado a moda é preciso ‘bom senso e limite’. Ele faz alertas para o uso da estampa: “Em ambientes formais não cai bem. É uma tendência bem descontraída, deve ser usada em momentos de lazer e situações casuais. Além disso, quando o look é inteiro tie dye pode ser ‘perigoso’. Nem todo mundo fica bem, assim como nem todo moletom combina. O bom senso deve existir na hora de se vestir. Até rimou (risos)”.

João dá dicas para quem não quer errar: “Uma opção para não falhar é optar pelos tons neutros ou duas cores. Além de discretos, eles cansam menos. Optar por uma peça ‘ponto de luz’ também é uma boa. Misturar com jeans, por exemplo, fica incrível.”

E em acessórios, fica bom?

João Freire aprova o uso do tie dye em acessórios e relembra que tudo depende do contexto, mas quando bem executado fica lindo. “Combina em bolsas, chinelos, tênis, até em objetos de decoração”, destaca o profissional, que completa: “Uma boa dica para evitar erros é o autoconhecimento. Conhecer o seu próprio estilo e até seu físico é fundamental para uma boa imagem e postura. Tie Dye é a tendência que mais vemos no Instagram, mas isso não significa que combine com todo mundo ou em todo momento.”

Fonte: Redação Ibahia


 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Tendências do verão: jeans dos pés à cabeça
Moda

Tendências do verão: jeans dos pés à cabeça

O queridinho e multifacetado jeans volta a estar em evidência no mundo da moda e conquista até as famosas ...

Hidratação da pele no verão: cuidados pós-sol
Beleza

Hidratação da pele no verão: cuidados pós-sol

Cuidados após a exposição solar tratam o ressecamento e apoiam na recuperação da pele

Em se tratando de beleza, 2020 foi o ano da harmonização facial
Beleza

Em se tratando de beleza, 2020 foi o ano da harmonização facial

Entrevista com o Dr. Douglas Haddad Filho, cirurgião plástico, traz informações sobre o procedimento e sua...

Vídeo

Operação conjunta da DTE e Cipe Litoral Norte resulta na apreensão de meia tonelada de cocaína Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram