Acorda Cidade - Dilton Coutinho

12 de Maio de 2021
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 30/09/2020 09h20.

Começa remoção de barracas da Rua Sales Barbosa; são cerca de 800

Os camelôs estão sendo transferidos para o Shopping Popular Cidade das Compras.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Começa remoção de barracas da Rua Sales Barbosa; são cerca de 800
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Andrea Trindade

A Prefeitura Municipal de Feira de Santana iniciou na manhã desta quarta-feira, 30 de setembro, a remoção das barracas da Rua Sales Barbosa. Segundo levantamento da Secretaria de Turismo e Desenvolvimento Econômico de Feira de Santana (Settdec), o local tem cerca de 800 barracas. Os camelôs estão sendo transferidos para o Shopping Popular Cidade das Compras, localizado em frente ao Terminal de Central.

Ao Acorda Cidade, o secretário Municipal de Prevenção a Violência, Major Moacir Lima, informou que a previsão é de que até o próximo sábado o trabalho, tanto na Sales Barbosa quanto em outras ruas, seja finalizado.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

A operação na Sales Barbosa começou pelo final da rua, com cerca de 150 homens e o uso de guinchos, guindastes, gerador e retroescavadeira.

“Será um trabalho árduo, mas vamos vencer, há muito lixo. Vamos remover as barracas para dar uma nova cara ao centro da cidade, e para que as pessoas possam se alegrar a cada vez que vir aqui fazer suas compras, com segurança. Estamos com todo o aparato suficiente para realizar essa operação, com apoio logístico e participação de 150 homens. A operação ocorre de forma ordeira, tranquila e esperamos concluir sem nenhum problema”, afirmou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Alguns barraqueiros ainda estavam com suas mercadorias guardadas nas barracas, porém a equipe aguardou a chegada dos proprietários para fazer a retirada e iniciar a remoção.

“Não tem como negar que não sabiam da remoção porque foi amplamente divulgado. Todos estão cansados de saber que terão que sair, mesmo assim avisamos, e nos grupos deles foram avisados também. Algumas barracas ainda estão com mercadoria, a gente aguarda a pessoa chegar, e damos o apoio que precisa para retirar as mercadorias”, destacou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Reclamações

Marinalva Correia, vendedora de bolsas na Rua Marechal há 17 anos, acompanhou a remoção das barracas na Sales Barbosa e reclamou da ação. Ela disse ao Acorda Cidade que está preocupada com as dívidas que tem para pagar e que os oito meses de carência no Shopping Popular é apenas para os boxes, não foi suspensa a taxa de condomínio, 28 reais o metro quadrado. “Eu não tenho condições de pagar”, disse.

Proprietária de uma barraca na Sales Barbosa, Cláudia de Jesus,  disse em tom de desabafo que discorda da transferência para o Shopping Popular, neste momento.

“Eu não estou injuriada, mas estou decepcionada porque o shopping popular não está pronto. É mentira dele (proprietário do Shopping Popular) quando ele disse que a gente compra peça de roupa por 16 reais e vende por 45 reais”, afirmou se referindo às declarações do empresário responsável pelo empreendimento, Elias Tergilene, sobre as condições de efetuar o pagamento dos boxes pelo valor que está sendo cobrado.

Vendedora de confecções há 15 anos no local, Ana Cristina declarou que nunca foi contra a mudança, mas que ela deveria ser feita quando o shopping estivesse 100% concluído.

“É uma situação difícil porque o shopping não está totalmente pronto. Eu nunca fui contra a saída, mas sair da maneira que está sendo feita eu sou totalmente contra. Falta muita coisa e aquele shopping não chama a atenção de ninguém para entrar. Praticamente 30%, que é a parte do acabamento, não está pronta e a gente não sabe se vai ficar. Teria que terminar a obra, as escadas rolantes, deixar tudo bonitinho para a gente ir. Da forma como está sendo feito, nós estamos sendo obrigados a ir sem falar nada”, disse.

Leia também: Mais de 300 barracas já foram removidas do Centro
  

Fotos: Paulo José/Acorda Cidade

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Entidades culturais recebem alimentos arrecadados em ação solidária
Feira de Santana

Entidades culturais recebem alimentos arrecadados em ação solidária

Doações são destinadas aos segmentos ligados à Micareta

Eixo de carreta carregada com papel se desprende na Avenida Presidente Dutra e trânsito fica lento
Feira de Santana

Eixo de carreta carregada com papel se desprende na Avenida Presidente Dutra e trânsito fica lento

O fato ocorreu quando o motorista tentou fazer o retorno no viaduto do Cajueiro.

Abastecimento de água será suspenso temporariamente quinta-feira (13) em dois bairros e localidades da zona rural
Feira de Santana

Abastecimento de água será suspenso temporariamente quinta-feira (13) em dois bairros e localidades da zona rural

Os serviços devem ser concluídos no início da noite, quando o fornecimento de água será retomado gradativ...

Vídeo

Santa Casa de Misericórdia inaugura 8 leitos de UTI exclusivos para Covid-19 em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Podcast

Ouça o Programa desta terça-feira 11.05:
Veja mais PodCasts ›

Facebook

Instagram