Acorda Cidade - Dilton Coutinho

01 de Dezembro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 21/09/2020 13h08.

Camelôs opinam sobre o primeiro dia de abertura do Shopping Popular

O Shopping Popular Cidade das Compras, considerado o maior do Norte-Nordeste, foi aberto ao público nesta segunda-feira (21) ao público com a maioria dos 1.385 boxes fechada.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Camelôs opinam sobre o primeiro dia de abertura do Shopping Popular
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Rachel Pinto

Atualizada às 15h

O Shopping Popular Cidade das Compras que abriu nesta segunda-feira (21) está dividindo opiniões de comerciantes sobre o movimento de clientes e também em relação a estrutura.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Alguns comerciantes que abriram os seus boxes hoje, avaliaram a realidade no primeiro dia de mudança.
O comerciante José Leandro afirmou que o movimento no centro comercial nesta segunda-feira é apenas de donos de boxes e de curiosos. Na opinião dele, o movimento está muito fraco e muitos boxes continuam fechados.

“Está tudo vazio como há um mês, tudo fechado. Não me surpreende. A internet, que está no contrato, ainda não temos acesso e precisamos da internet para trabalhar. As pessoas estão elogiando os boxes, mas o movimento de clientes ainda é fraco”, declarou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Luís Fernando Bezerra que é dono boxe de variedades está otimista com a mudança e relata que é preciso ter um pouco de paciência para que o público comece a frequentar e interagir no local.

“Na verdade o primeiro dia depende também dos lojistas. Não tem lojista, não tem cliente. Muitas lojas fechadas neste primeiro dia e não tem como dizer se está bom ou se está ruim. A expectativa é fazer crescer o shopping e oferecer o melhor aos clientes. O shopping está de parabéns, tudo organizadinho”, disse.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Júlio Luís de Jesus que tem boxe de confecções e cosméticos no Shopping Popular, reatou que antes trabalhava ao lado da Euterpe Feirense e que conseguia e que o movimento era razoável. Com boa expectativa com a mudança, ele comentou que acredita que o trabalho no Shopping Popular tem tudo para dar certo.

“Acho que aqui vai ser bem melhor do que onde trabalhávamos. Pelo menos aqui tem segurança, a estadia é melhor, sem chuva e sol e tem um estacionamento muito bom. E os oito meses de carência achei bom demais. Mas, precisamos negociar preço, porque por causa da crise, acho que é importante negociar a depender do movimento. Pago R$ 80 reais por metro quadrado, esse boxe tem cinco metros e vou pagar em torno de R$ 400. Com movimento dá para pagar, mas sem movimento fica difícil”, frisou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O comerciante Emerson Simões que vende calçados no atacado e varejo também está com as melhores expectativas para o trabalho no Shopping Popular. Ele defendeu que é preciso ter um pouco de paciência.
“Estou confiante porque é um lugar que vai acomodar bem os clientes, tem uma boa estrutura, segurança e estacionamento”, pontuou.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O secretário municipal de trabalho, turismo e desenvolvimento econômico Antônio Carlos Borges Júnior, considerou o Shopping Popular como uma grande conquista para Feira de Santana e como uma alternativa viável para o ambulante ter um local seguro, digno, com banheiros, estacionamento, estrutura de pânico e incêndio, localizado há dois quarteirões da Rua Marechal Deodoro e Sales Babosa.

“Os ambulantes estão vindo, estão arrumando os boxes. Sobre o acabamento, acho que o que passou muito na mídia foi goteira, mas notificamos o empreendimento para fazer o ajuste e se tiver outra pendência a gente notifica novamente. Quem trabalha com obra sabe como funciona, sabe que sempre tem que ter revisão, e acompanhar para que possa ajustar”, disse.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

O Shopping Popular Cidade das Compras, considerado o maior do Norte-Nordeste, foi aberto ao público nesta segunda-feira (21) ao público com a maioria dos 1.385 boxes fechada. Apesar da baixa adesão dos donos de boxes neste primeiro dia, quem abriu seu estabelecimento demostrou satisfação com a estrutura.

Leia também: Empresário diz que pessoas sairão de suas cidades para comprar no Shopping Popular: 'Será igual ao Feiraguay'

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Homenagens à Santa Bárbara são iniciadas com missa na Igreja Senhor dos Passos
Feira de Santana

Homenagens à Santa Bárbara são iniciadas com missa na Igreja Senhor dos Passos

Este ano, por causa da pandemia do coronavírus, a tradição religiosa teve que se adequar às regras sanitá...

Sinaleira cai no cruzamento da Rua Bacelar de Castro com a Papa João XXIII
Feira de Santana

Sinaleira cai no cruzamento da Rua Bacelar de Castro com a Papa João XXIII

Um vazamento na base da sinaleira pode ter ocasionado o desabamento.

PM desmonta central que monitorava a entrada da polícia no bairro Queimadinha
Feira de Santana

PM desmonta central que monitorava a entrada da polícia no bairro Queimadinha

Os policiais chegaram ao local após denúncias anônimas.

Vídeo

Sinaleira desaba no cruzamento da Rua Bacelar de Castro com a Papa João XXIII Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram