Acorda Cidade - Dilton Coutinho

18 de Setembro de 2020
Facebook Twitter WhatsApp
WhatsApp 75 98297 4004
Rádio Acorda Cidade

Coronavírus (COVID-19) - Feira de Santana

Feira de Santana

Todas as notícias
Publicado em 15/09/2020 11h15.

Professores da rede municipal e camelôs realizam manifestação unificada no centro da cidade

Devido a manifestação e as obras do Novo Centro, o trânsito ficou congestionado.
Mudar o tamanho da letra: Aumentar letra Diminuir letra
Professores da rede municipal e camelôs realizam manifestação unificada no centro da cidade
Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Rachel Pinto

Os professores da rede municipal de ensino que reivindicam contra o corte de salários e os camelôs que se opõem a serem transferidos para o Shopping Popular realizaram na manhã desta terça-feira (15), uma manifestação unificada no centro da cidade para reclamar das medidas e do tratamento do poder público municipal.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

Os professores alegam que desde abril estão com os salários cortados e tentando acordo com o prefeito, mas não têm sucesso e os camelôs dizem que estão sendo obrigados para mudarem para o centro comercial popular e que não têm condições de pagar as mensalidades dos boxes.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (APLB), a professora Marlede Oliveira, relatou ao Acorda Cidade que a manifestação unificada teve como objetivo chamar atenção da sociedade sobre os abusos do prefeito Colbert Martins da Silva e mostrar que a cidade é composta por professores, camelôs e trabalhadores em geral que não são respeitados pela prefeitura.

Ela comentou sobre a ocupação dos professores ontem (14) na Secretaria Municipal de Educação para reivindicar o pagamento dos salários e que o governo agora declarou que não há mais acordo e que não irá pagar os salários, somente após a decisão da justiça.

Foto: Paulo José/Acorda Cidade

“Essa manifestação é muito positiva. Ontem tivemos essa ideia de chamar os camelôs que estão sendo perseguidos pelo poder público municipal, assim como nós professores. Porque o que Colbert está fazendo aqui é uma perseguição aos professores quando cortou o salário em até 70% e agora com os camelôs porque entregou o Centro de Abastecimento ao capital privado e aos grandes empresários. Quem sofre é a população e nesse sentido, para a gente o mais importante, e o que nós vimos hoje é a unidade da classe trabalhadora. Quando a gente se une pode vencer aqueles que estão aí para perseguir e destruir os que constroem essa cidade. Porque não é o prefeito que constroí essa cidade não, essa cidade é construída no dia a dia por aqueles que são camelôs, professores, motoristas. Enfim, essa cidade é construída pela classe trabalhadora. Não tivemos reajuste, não tivemos enquadramento e o que tivemos foi corte de salários e Colbert desde abril que cortou os salários. Ontem passamos o dia ocupando a Secretaria de Educação para o secretário atual, dizer que agora não tem mais acordo e não tem mais nenhum documento que eles tinham proposto para a gente de devolver o salário. Que vai esperar a justiça. A categoria está passando necessidade”, afirmou.

Marlede informou que na próxima terça-feira (22) haverá outra manifestação unificada e a ideia é que seja feita uma agenda de manifestações todas as terças-feiras.

Devido a manifestação e as obras do Novo Centro, o trânsito ficou congestionado.

Com informações do repórter Paulo José do Acorda Cidade.
 

Comentários

AVISO: os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Acorda Cidade.
É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Acorda Cidade pode até retirar, sem prévia notificação, comentários ofensivos e com xingamentos e que não respeitem os critérios impostos neste aviso.



Mais Notícias

Feira de Santana ganha presente de 3 metros de altura com mais de mil balões
Aniversário da cidade

Feira de Santana ganha presente de 3 metros de altura com mais de mil balões

Os balões da Unifacs voaram pelos céus da cidade espalhando mensagens positivas para os feirenses.

Liminar suspende remoção de barracas do centro comercial de Feira de Santana
Feira de Santana

Liminar suspende remoção de barracas do centro comercial de Feira de Santana

A decisão publicada nesta sexta-feira (18) atende ao pedido de liminar movido por meio de uma Ação Popular ...

Feirense que luta contra endometriose severa, cria 'vaquinha online' para custear tratamento
Feira de Santana

Feirense que luta contra endometriose severa, cria 'vaquinha online' para custear tratamento

A endometriose é uma doença inflamatória que ataca o tecido do útero, os ovários, a bexiga e até o intes...

Vídeo

Força-tarefa remove cerca de 30 barracas nesta quinta-feira (17) em Feira de Santana Veja mais Vídeos ›

Facebook

Instagram